SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
Administrando nossos deslizes
jul 31st, 2014 by admin

ProsperidadeComprar6

Somos seres energéticos em forma física. E por estarmos na forma física ficamos a mercê do que aprendemos, do nosso ambiente, dos acontecimentos e “daquela” coisa em cima do pescoço que nem vou dizer o que é.

Pois então! Obviamente eu sei que muitas vezes é bem difícil permanecermos alheios a certos acontecimentos, sem que tenhamos essa ou aquela sensação ruim. Afinal somos humanos dotados de sentimentos e necessidades. Alguns deles nos pegam de calças curtas, fazendo-nos encarar o nosso pior lado ou até mesmo as piores sensações.

Comigo também não é diferente. Dependendo da situação ou da pessoa envolvida na questão, mesmo eu tendo plena consciência do funcionamento das leis que tanto falamos aqui, ainda assim, me vejo momentaneamente tendo pensamentos e sensações bem trevosas.

E o que fazemos nessa hora?

O mais normal é o tal do “pobre de mim” nos assaltar. É impressionante como somos condicionados a acordar para a síndrome de coitado frente à primeira impressão desagradável. Porém, já sabemos que o papel do “coitado”, nos coloca numa posição de atrair as piores coisas, afinal, o “coitado” é sinônimo de “lata de lixo” do Universo. E o que pode atrair uma lata de lixo, senão o próprio lixo?

O pobre de mim também me assalta? É claro que sim! E me vem ainda um coitado católico castrado. Chega a ser ridículo! E quanto tempo dura esse personagem dentro de mim? Hoje, apenas alguns segundos. Pois condicionei minha mente, que sensação de coitado no corpo, faz com que minha conta bancária acorde o diabo. Isso para mim funciona como um sino tocando desesperadamente dentro do meu peito. E então eu paro na hora!!

Logo após a expulsão do coitado, o personagem do “impotente” vem à tona com força total. E então provamos sentimentos de “mãos atadas”, “o pior para sempre forever”, “ que nada funciona para mim”, “que no meu caso nada tem salvação” e por aí vai.

O impotente é menos pior que o coitado, porém nos tira completamente o poder de ação e decisão.

Quanto tempo dura o impotente? Em mim hoje, alguns poucos minutos. Eu disse minutos e não segundos. Notaram a diferença? O “impotente” ainda é algo que durante cinco minutos ainda me paralisa!

Mas ainda bem que são cinco minutos! (risos)

Pois não é que em seguida, os esclarecimentos dos “porquês” me são trazidos sabe lá e onde?!!

Esses “porquês” trata-se justamente o que precisamos exercitar para nos tirar das sensações ruins. Resgata-nos de onde estivermos em nossa escala vibracional e assim nos coloca novamente no caminho de nosso fluxo de realizações.

No meu caso, sempre me pergunto: “Mas o que essa situação quer me mostrar? O que eu preciso despertar, ou desenvolver que ainda me anulo? O que eu preciso dizer Não e dar um basta? Quais ajustes preciso promover em mim para que esse tipo de situação não se repita mais?”

Então, essas simples perguntas, começam a cessar aqueles pensamentos nocivos ditos anteriormente, fazendo-me compreender que se aquilo ocorre, é porque eu de alguma forma estou trazendo isso para minha realidade. Não existe vilão nem vítima! Existe um ser energético, no mundo da matéria, trazendo propositalmente ou não, certas situações para sua realidade física. Logo, não sou vítima, coitada, impotente ou desgraçada! Sou apenas eu com meus recursos, ferramentas e acima de tudo com meu arbítrio, decidindo no que crer e no que jogar fora.

Assim pessoal, “deslizes e rateadas” todos damos. Pensamentos aprendidos são trazidos à tona sempre que estes são impulsionados por algo. É normal! Porém deixarmos dominar por essa “mente psica” que já cansamos de saber que não sabe nada de nada, é uma escolha pessoal.

 

ProsperidadeComprar

ConsultoriaComprar

Siga-me no twitter: @menruntoyou

O que acontece quando nos forçamos a certas situações
jul 30th, 2014 by admin

ProsperidadeComprar6

Vejo muita gente se forçar constantemente a ceder aos desejos e caprichos alheios. Ou ainda se forçam a aceitar certas coisas como se fosse natural apenas para não parecer isso ou aquilo outro, ou até mesmo para não se perder a mísera partícula que se tem.

Porém quais são os efeitos que isso provoca em sua vida? Será que pagar esse preço vale a pena?

Eu respondo: “Não! Não vale! Absolutamente!!”

Primeiro porque quando nos forçamos a algo ou a alguém estamos indo contra nossos instintos, valores e preferências. Só por aí, seu corpo automaticamente reage enviando sinais ao seu “ambiente” de que vírus e bactérias podem atacá-la. E porque isso? Porque quando você se coloca em posições contrárias a sua vontade, você se coloca exatamente numa posição contra você. E o seu sistema imunológico milagrosamente paralisa seus serviços de proteção e defesa.  Afinal, como você predadoramente se ataca todas as microcriaturas a atacam como se você fosse um cachorro-quente.

Além disso, colocando-se contra, você também se coloca contra o fluxo. E uma vez o fluxo de bênçãos cortado, o que será que virá para sua vida?

Por isso que quando alguém vem me dizer que as coisas não acontecem por mais que ela faça força e que está também se valorizando acima de tudo, mas que não sabe porque isso ou aquilo de desfavorável acontece, eu sei que na verdade tem “mutreta” por trás. Se olharmos mais profundamente e com transparência, a verdadeira postura interna frente aos acontecimentos demonstra claramente o resultado obtido. Não tem mistério! Não tem erro! Não existe engano! Existe posicionamento!

Quando você aceita uma situação que vai contra suas convicções e valores, apenas por medo de perder algo que na grande maioria das vezes você nem tem, você começa a criar em sua vida uma coisa chamada: Desgraça! Do gênero desgraça pouca é bobagem. Conhecem essa frase?

E então tudo o que se deseja, a resposta automática do universo é: “Não”.

Seus projetos não andam! Seu trabalho empaca! Aquele relacionamento não desenrola! Sua saúde fica um caco! E sua vida fica estagnada!

“Mas Fernanda, o fato de eu aceitar mesmo que em prol dos outros, pelo bem da humanidade terrena, certas coisas que aparentemente não gosto, vai me trazer também todas essas coisas ruins? Fernanda, afinal estou me sacrificando pelo bem do meu próximo!”

Ai que lindo! Espere um momento que vou abrir uma caixa de lenços para dar uma choradinha! Pare com isso! Quem você pensa que é? Jesus?Buda? Até Jesus quando fez algo contrário do que sabia, pegou uma cruz?! E você aí corintiana que faz chapinha vai querer salvar o mundo?

A gente não consegue nem organizar nossa gaveta de calcinhas! Quiçá salvar o planeta!  E quem paga a conta depois? Você! Quem fica com dor de garganta? Você! Quem fica infeliz? Você!

Não vale a pena! O preço é alto demais! E sua vida não é algo assim sem importância para ser desperdiçada desse jeito!

E na sua vida? O que você anda precisando dizer um NÃO bem sonoro?

 

ProsperidadeComprar

ConsultoriaComprar

Siga-me no twitter: @menruntoyou

GPS Humano
jul 29th, 2014 by admin

ProsperidadeComprar6

Você sabia que existe algo dentro de você, como se fosse um aparelho, que é responsável por guiar-lhe no caminho de seus desejos?

Aliás, eu falo entre outras coisas sobre isso no áudio da aula 6 do Curso Prosperidade e Realização.

Trata-se de um aparelho fantástico que funciona exatamente como um GPS. E o que faz um GPS? Um GPS tem a função de por meio de coordenadas de origem e destino, guiar-lhe por um itinerário “falante” até seu ponto final, certo? Ele vai dizendo a você, vire a direita a 100 metros, vire a esquerda a 50 metros, certo?

E o seu GPS interno o que faz? Ora, a mesmíssima coisa, porém ele “fala” com você por intermédio de suas emoções e sensações. Exatamente! O que significa dizer que se eu sinto alguma sensação ruim seja ela de angústia, medo, agonia, insegurança, indecisão, depressão, tristeza, raiva, ansiedade e etc, ele na verdade a está dizendo: “Oh Minha Filha, por aí não! Sentindo isso, você está indo contra aos seus desejos! Pare agora e retome sua rota sua maluca!”

E se você tem sentimentos de expansão, alegria, liberdade, conforto, paz, carinho, afeição, gratidão, amor entre outras desse tipo, então seu GPS diz: “Siga em frente. Seu ponto final está a 100 metros”.

Seu GPS não é brasileiro! Ainda bem! Ele é divino, espiritual, magnífico, infinito e, portanto criação do próprio universo. E não me venha dizer que o seu não funciona, pois se você continua tendo a capacidade de encher seus pulmões de ar, impulsionado pelo bombeamento de seu coração, proporcionando pensamentos que só uma cabeça “psica” como a sua pode criar, então é porque este aparelho está ai muito bem ativo e operante. Quer comprovar? Então afirme aí a você agora: “Meu GPS interno que me leva aos meus desejos é defeituoso e não funciona.”

Pense aí com você a frase acima e veja que sensação proporciona!

É um tipo de pensamento que fecha, dá a famosa “nhaca” dentro do peito, como se fosse algo desconfortável, sem sentido, errado. E por quê? Porque é um pensamento incorreto, oras bolas! É seu GPS dizendo: “Criatura, vou dar na sua cara se você ficar pensando cretinice”.

Já pensou se nosso GPS do carro falasse assim com a gente? “VOCÊ VIROU NA RUA ERRADA! EU DISSE 100 METROS E VOCÊ VIROU NA PRIMEIRA RUA QUE VIU! OLHA AGORA! VOU TER QUE ME REPROGRAMA INTEIRO PARA TE COLOCAR NO CAMINHO CERTO. VOU TER QUE AR A MAIOR VOLTA PORQUE VOCÊ NÃO ME ESCUTOU! SUA VAQUINHA DEBILÓDIDE BLÁ BLÁ BLÁ…..” (risos)….está em caixa alta porque a “voz” do GPS está aos gritos!

Fora as vezes em que a voz diz: “Oh cabeçuda, por aí não! Ali na frente tem um precipício! NÃO CRIATURA! PARE DEMÔNIO DO CÃO! AIIIIIIIII (é o grito do GPS)! SOCORRO! ELA VAI CAIR E EU JUNTO! Ahhhhhhhhhhh (você e ele caindo…)!

Em seguida escuta-se uma voz distante dizendo: “Preciso de um guindaste para tirar essa franga do fundo do poço. E lá vamos nós começar tudo de novo”.

Não seria mais fácil ter prestado atenção nessa voz? Não seria mais fácil ter confiado no que ela dizia? Com absoluta certeza, você já teria chegado ao seu destino e não estaria nesse momento sendo puxada por uma retroescavadeira até a superfície, não é mesmo?

ProsperidadeComprar

Siga-me no twitter: @menruntoyou

Prosperidade e Realização Aula 6 – Lançamento – Em Áudio
jul 28th, 2014 by admin

ProsperidadeComprar6

Comportamento primordial do primeiro mês
jul 25th, 2014 by admin

ProsperidadeComprar

Em nome de Deus, Ala, Ganesha, Yemonjá, Exu, Pomba Gira e Santo Antônio: No primeiro mês fique na sua!!!!

E o que significa esse “fique na sua”?

Significa para você deixá-lo conquistá-la.

Significa para você deixá-lo ser homem e fazer o trabalho que o compete.

Significa amarrar as mãos e de forma alguma mandar mensagens, curtidas ou ligações.

Está claro isso? Alguém tem alguma dúvida?

Sabe aquele ditado que diz que “Se beber não dirija”? Eu digo a mesma coisa! Se beber amarre as mãos! Porque mulher com álcool na cabeça pega o telefone liga e manda mensagem. É uma catástrofe! E no final coloca tudo a perder.

Mulherada, homem gosta de conquistar. O prazer deles está na conquista. Quando logo de cara, você simplesmente pula essa etapa, procurando, indo atrás, questionando, cercando, ele simplesmente perde o interesse.

Pois é, o mundo cresceu, a tecnologia evoluiu, porém Fidel Castro continua vivo, assim como a mente masculina continua se comportando da mesma forma que a três mil anos atrás.

Homem é homem! E homem gosta de escalar montanhas, lutas de espada, corridas de carro e conquistar o coração “daquela” mulher que os chamou a atenção.

Para a mulher, o fim é o relacionamento, para o homem é a conquista. O que para a mulher o jogo de gato e rato é torturante, para homem é o meio de realização. Não estrague esse prazer! Não tire dele essa felicidade! Deixe-o sentir que a está conquistando pouco a pouco. Tenha calma! Não se afobe!

E por favor, não cobre! A cobrança do jeito que for e porque for já demonstra importância. Em outras palavras, deixa claro que você está 100% envolvida, o que pra ele é o mesmo que “ela já está de quatro, pronta para o abate!”.

Afinal, vamos falar o que é verdade: Você vai exigindo algo de alguém que você nem sabe quem é? Como você quer amarrar seu burro em alguém que você nem sabe se é o maníaco do parque? É nessas que percebemos a real importância, cuidado e valor que você tem pra você.

Olha que armadilha!

Eu pergunto: Você se valoriza? Você se respeita?

Você enche a boca e responde: Sim!

Porém, basta um boy magia aparecer, que em quinze dias você já quer constituir família! Onde está o seu valor aí? Como que em quinze dias você já sabe se ele presta ou não? Ele pode ser até bonitinho e bom de cama, mas será que é alguém a altura de estar ao seu lado? Eu não sei! Você sabe?!

Portanto, pela décima milionésima vez: Deixe-o conquistá-la e mostrar quem ele é e do que é capaz. Não faça o trabalho que é dele! Afinal, você é uma princesa presa na torre e não um piloto de fórmula 1.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ConsultoriaComprar

Desabafo de seu Anjo da Guarda
jul 24th, 2014 by admin

ProsperidadeComprar

Seu Anjo da Guarda chegou ontem às portas do céu para fazer o seguinte comunicado:

“Prezado Senhor,

Venho por meio desta, solicitar meu desligamento do cargo de anjo da guarda da terráquea Fulana de Tal. Fiz o que podia. Tentei de todos os jeitos. Estropiei-me inteiro por tentar protegê-la, mas tudo parece estar sendo em vão. Prefiro ser anjo da guarda de um guerrilheiro da Al Caeda do que ficar ao lado dessa mulher.

Assinado: Anjo da Guarda”

Então começou o maior rebuliço no céu. Como assim? Um anjo da guarda abdicar do cargo de ser protetor de uma simples mulher, preferindo ir ao Afeganistão?!

Queriam apedrejá-lo! Queriam pegá-lo pelas asas! Pois acreditavam que ele era totalmente incompetente. Quando então ele começou a contar todas as vossas estripulias, entre elas:

1)      Ela não consegue se enxergar como se é. Continua acreditando que é uma coisa assim meio defeituosa;

2)      Em decorrência do item 1, por acreditar que é uma “falha da natureza”, se coloca numa posição de menos;

3)      Por consequência do item 2, por estar em posição de menos, vibra menos, vibra desvalor e atrai para si uma condição financeira sofrida e pior, um boy magia que a tratará com total falta de respeito e consideração;

4)      Como resultado do item 3, começa a se anular por completo, coloca o boy magia como centro de seu universo, esquecendo-se de quem é, o que veio fazer no planeta e de viver. Nesse momento, seu anjo da guarda ainda cita: “Ainda bem que o leão dela estava lá para fazer com que essa criatura continuasse respirando. Senão até isso ela esquecia!”;

5)      Por ela ter se deixado para trás, ela passou a se olhar no espelho e não se reconhecer mais, não consegue nem ao menos manter um contato ou um diálogo com ela mesma;

6)      Foi então que a direcionei a um site que tinha uma louca que ficava a todo custo tentando fazer as cabeludas entenderem qual é o mecanismo da vida. Inclusive, lá eles usam um tal de skype o qual minha protegida utilizou para conversar com essa doida varrida que escrevia uns textos diários e fazia umas palestras parecendo um demônio incorporado. Eu estava lá nesse dia! Eu disse a essa mulher o que ela precisava retransmitir, mas minha protegida parecia surda!!!

7)      Por fim, mesmo sabendo como as coisas funcionam de cor e salteado, na primeira oportunidade ela me vai e me faz tudo errado novamente. Coloca-se abaixo de todos, se trata como se fosse um lixo, uma pessoa sem valor, sem anjo da guarda, sem oportunidades. Eu não sei mais o que fazer!

Então o grande “Senhor” respondeu: “Mas você pediu ajuda anjinho?” E ele respondeu: “Sim, eu pedi! Chamei meu amigo Zezão, um Exu lascado para ir até ela transmitir uma energia de força e coragem. Mas que nada! A tal energia durou apenas um ou dois dias. Então Zezão largou de mão e foi auxiliar uma macumba na primeira encruzilhada que encontrou. Disse ainda que não tinha saco para ajudar mulher louca que não quer ser ajudada. Ele só quer quem já está pronta para receber essa ajuda.

Obviamente nesse momento ele foi ovacionado no Jardim do Éden! O aplaudiram com fervor, pois entenderam ali que todo o trabalho incansável pelo mesmo foi praticado.

Pobre Anjo da Guarda! Sentindo-se derrotado, derrubado, impotente, incompetente, totalmente vencido pelo cansaço.

Nesse momento de fundo de poço, o grande “Senhor”, ligou uma televisão 4k de 52 polegadas e apontou em silêncio. Eis que surge a imagem de você chorando e dizendo: “Eu cansei. Eu não aguento mais isso. Eu quero mudar. Eu quero outra vida. Eu quero dinheiro. Eu quero valor. Eu quero amor. Eu quero respeito. Eu quero dignidade. Eu estou pronta!”.

O anjinho chorou emocionado e pronunciou: “O Senhor ouviu as minhas preces”. E saiu correndo de volta para a Terra a procura de sua pupila.

A partir daí a atriz principal de nossa história passou a viver e a receber o que verdadeiramente merecia, ou seja, tudo o que intimamente desejasse com seu espírito.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ConsultoriaComprar

Dragão de Sete Cabeças
jul 23rd, 2014 by admin

ProsperidadeComprar

Você conhece o dragão de sete cabeças? Não? Claro que conhece, afinal ele é um visitante diário e assíduo. Ele costumar vir visitá-la justamente em seus momentos mais tranquilos. E o que ele faz? Rouba-lhe o sono, a paz, a tranquilidade e mais…Ele é capaz de fazer você literalmente colar as placas.

Não! Eu não estou falando com sua colega, estou falando com você mesmo. O menor dos problemas é transformado num “Rebu”! Coisas simples são transmutadas em energia atômica praticamente!

Eu um dia já fui assim. Entrava em pânico por nada e por tudo. Desesperava-me por uma situação simples qualquer e realmente acreditava que o mundo fosse desmoronar em cima de minha cabeça.

E não é que o tempo passou, aquela situação se resolveu eu sei lá como e eu ainda estou aqui, contrariando todas as afirmações desse dragão? Ele disse que eu não sobreviveria, que o abismo estava a minha frente, que eu ficaria sozinha, que eu não casaria, que eu não ganharia dinheiro, que moraria debaixo da ponte, que seria uma pobre desgraçada e encalhada. No entanto, nada disso aconteceu.

Eu já cheguei até a ter um pânico, um medo tão grande que a corda iria arrebentar, que eu simplesmente não dormia a noite. Afinal, o tal dragão tinha certeza absoluta e afirmava com tanta convicção que minha vida acabaria, que de fato eu não enxergava um palmo a frente do meu nariz.

E olha eu aqui! Rindo, conversando, explicando….O planeta terra não foi exterminado! Eu continuo de pé! Linda e loira!

Hoje quando olho para trás entendo quanto sofri por nada. O quanto descabelei a cabeleira por coisas sem qualquer importância. Por pessoas que hoje eu nem sei se ainda existem.

E o tal dragão? Ele continua aqui, vivendo happy together comigo. Porém hoje ele está domado. Hoje ao invés de fogo, ele me manda beijinhos carinhosos. Tem dias, em que ele acorda virado e que resolve se comportar como antes. Mas eu não permito mais isso. Eu não me permito entrar em pânico mais. Acho que já entrei em pânico por uma vivência completa!

E o teu dragão aí como vai? Dizendo que o mundo também vai acabar e você não vai sobreviver? Que você nunca mais será feliz nessa vida? Que você se endividará e que não vai honrar com suas responsabilidades? Que você vai pra debaixo da ponte? Que ficará solteira para sempre?

Que engraçado! Será que seu dragão é irmão gêmeo do meu? Será que eles foram educados na mesma escola?

Estou desconfiada que sim! (risos)

Mas o que eu quero dizer é que nada é tão desesperador assim. Nada é tão urgente assim. Se você não responder aquela mensagem, não ter aquela conversa, não resolver aquela coisa, não retomar tal assunto, nada vai acontecer. Se você não o fizer agora, poderá fazê-lo depois. Aliás, você pode fazer o que quiser, a qualquer tempo e a qualquer hora. Afinal, você é a dona de seu Destino.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ConsultoriaComprar

Eu não fico intimidade com nada
jul 22nd, 2014 by admin

ProsperidadeComprar

Essa foi uma frase que me chamou atenção ontem enquanto assistia a um programa de televisão, onde a socialite Beth Szafir falava de sua naturalidade e originalidade, principalmente em se tratando de “palavrões”.

Sem papas na língua, ela sempre disse o que pensa, toma uma posição e a sustenta, seja dentro de sua própria casa ou em rede nacional. E ainda fala com o mesmo linguajar sem se importar com quem está presente ou se a câmera está ligada.

Por diversas vezes inclusive foi notificada pelo tal apresentador que a tolhia constantemente quando tal fato acontecia. Mas você acha que ela se intimidava? Absolutamente! Fazia cara de “eu tenho mais dinheiro do que você e #$#$@-@# tudo isso aqui”.

Agora pense em sua vida e veja quanto você mesma se castra! Você se intimida por qualquer coisa besta! Um olhar mais “assim” e você já fica achando que a pessoa a odeia. E o pior é que a outra pessoa deve pensar o mesmo que você! Então fica uma franzindo a testa para outra sem nem mesmo saber o motivo.

Um cargo maior que o seu, um pouco mais de dinheiro, nem precisa muito a mais, um sapato, uma roupa, um cabelo, um bunda e você já se diminui, se coloca lá naquela posição de “Defeito da Natureza” e se trata como a criatura mais miserável desse Universo.

Então você assiste à televisão e pensa: “Bem que eu podia ser ela”.

Não podia! Não! Com essa cabeça de franga não pode! Não mesmo!

Olha a tua cabeça e olha a cabeça de Beth Szafir. Você acha que ela fica pensando na morte da bezerra? Que nada! Ela toca o “%$$@-&!” pra tudo e segue em frente! Afinal ela tem o que tem e você não tem! É uma pequena diferença (risos). São essas pessoas que você deve observar! Chega de ficar assistindo a vida de desgraça do infeliz doente e pobre do programa de auditório! Brasileiro adora um dramalhão televisivo! Oh tendência a se apaixonar pela desgraça alheia.

“Ah Fernanda, mas você não ajuda as pessoas?”

Ajudo! Em vários sentidos! Mas nem por isso eu sento na frente da TV e fico assistindo Dr. Dráuzio Varella com todo respeito que tenho por esse profissional, ficar contando com riqueza de detalhe sobre todas as doenças possíveis que você pode pegar e morrer! Eu tenho pavor só de ver a cara desse médico! Não posso nem olhar!

Um dos segredos das pessoas prósperas seja em qual campo da vida for, é não se deixar ser intimidada por nada. E eu vibrei na hora que essa socialite disse “Eu não me intimido com nada”. Pode vir quem for! Podem falar o que for! Ela continua a mesma! Original de fábrica! Você acha que ela deixa que façam seu ouvido de “confessionário”? Imagina! É bem capaz dela deixar a pessoa falando sozinha! Claro que com toda educação e delicadeza do mundo! Mas que ela não se permite ser sugada e usada, isso não permite. Eu pago pra ver alguém chegar nessa mulher e dizer alguma coisa que a insulte naturalmente. Não consegue! A energia dela é de “não me venha que você vai levar”. Ela sim, inibi as pessoas só com o olhar.

“Ah Fernanda, mas ela é fútil”.

Ah sim! Certa está você em pegar ônibus todos os dias e não ela que vai fazer compras em Paris. Não me venha falar igual pobre! Por favor! Não aqui nesse site! Se você quer continuar gritando aos quatro ventos que luta e sacrifício é lindo e rico é fútil, é uma escolha sua.  Se está ótimo pra você assim, ok! Siga em frente! Caso contrário, olhe em volta e observe quem é o que é, e porque é!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

Comprometimento com Você
jul 21st, 2014 by admin

ProsperidadeComprar

Essa semana você se dará uma nova chance. Mesmo que as coisas não estejam saindo como você esperava, ou que aquele home maravilhoso ainda não tenha aparecido, ou talvez aquele trabalho que você tanto sonha, ou até mesmo aquele concurso. Tudo bem. Está tudo bem.

Essa semana eu deveria coloca no ar o áudio da aula 6 do Curso de Prosperidade e Realização, mas ao contrário disso, eu resolvi aplicar uma pequena prova que você deverá fazer com você mesma.

Essa prova consiste em responder a algumas simples perguntas que a indicarão se você está no caminho de suas realizações ou fora dele.

São perguntas que devem ser respondidas somente com você, de forma clara, direta, sem rodeios, “floreamento”, ou sentimentalismo. Por favor, não se engane nas respostas. Sinta o que você vai responder. Responda com seu corpo, com seu peito, com seu espírito e não com sua cabeça. Essa última, já provei por A + B não sabe o que diz. É facilmente manipulável e confundida. Mas seu corpo não. Seu corpo sabe tudo sempre!

As respostas a essas perguntas são primordiais para a continuidade de sua mudança, afinal só quem pode verdadeiramente promovê-la é você mesma. Eu sou apenas um instrumento usado pelo universo, sou apenas o meio, mas Você é a responsável. É você quem decide 24 horas por dia o que vai ser, como vai ser, com quem vai ser e a que tempo. Você não está à mercê de terceiros, não tem ninguém decidindo por você, só existe a sua vontade, visto que o arbítrio é teu. Testes? Não existem. Caminho errado? Caminho certo? Também não existe. Só existe O caminho traçado por cada um de nós, moldado de acordo com nossas escolhas, de acordo com o que decididos acreditar como verdade, como real, como sólido.

Agora tire um momento para você e silenciosamente só aí com você responda as perguntas abaixo com a máxima sinceridade:

1)      Você consegue conversar com você? É uma conversa franca, amorosa, ou está mais para a briga do “tico e o teco”?

2)      Quando você se olha no espelho, você reconhece facilmente esse “si mesmo” que existe aí dentro?

3)       Você está conseguindo tomar decisões baseadas no que exatamente você quer?

4)      Você consegue se desligar da opinião, pensamento e língua alheia?

5)      Ainda continua deixando ser invadida?

6)      Você se sente bem sozinha? Ou precisa ligar a televisão, o rádio, para que sua cabeça não comece a fazer “barulhos”?

7)      Você continua se importando com a vida dos outros? Continua preocupada se a fulana da sua amiga está ou não agindo certo?

8)      Ainda se sente tentada a se curvar, a ir atrás, a pedir desculpas, a ligar para pessoas que não a tratam como você verdadeiramente merece?

9)      O medo toma conta de sua vida? Em alguns momentos? Quais? Por quê?

10)   Você acredita hoje que a vida é uma oportunidade espetacular de exercer o seu domínio sobre a matéria, com experiências incríveis com você mesma e com outras pessoas, ou está mais para “sopinha de legumes” sem sal?

É muito importante que você seja muito sincera. São suas respostas que trarão a chave para identificar exatamente o que você anda criando em sua realidade.

Gostaria de pedir que no texto de hoje apenas sejam colocados comentários sobre essas respostas para que eu possa avaliar cada um(a). É importante que eu saiba como estão se saindo para que eu possa direcionar a Aula 7. Sim, eu disse Aula 7. Uma Aula que será ao vivo. Faremos juntos! Porém é imprescindível que todos finalizem os áudios para que possamos executar a aula 7 com o máximo aproveitamento. Imaginem fazermos um exercício todos juntos??!! Imaginem a força??!! Uma mulher pensando já é quase uma bomba atômica, imaginem 5.000?! A gente vai parar o planeta! (risos).

Então semana que vem Aula 6 e na subsequente agendaremos a Aula 7 ao vivo no final de semana! Combinado?

Siga-me no twitter: @menruntoyou

Mente Automática
jul 18th, 2014 by admin

É impressionante ainda como as pessoas se guiam pela cabeça! Logo a cabeça? Essa coisa cabeluda que você usa para tomar decisões?

Ontem estava assistindo a um experimento onde um cientista americano comprovava que nossa mente consciente é facilmente manipulada e confundida.

O primeiro experimento consistia em colocar uma mulher sentada de costas para uma câmera que a filmava em 3D e ainda era colocada uma mascara nos olhos onde era passado em tempo real o que era filmado atrás dela.

Primeiro o cientista a tocava próximo ao pescoço várias vezes com a mão direita e fazia o mesmo movimento com a mão esquerda tocando a câmera.

Em seguida, ele pega dois objetos iguais e repete o primeiro procedimento, tocando com o objeto da mão direita fisicamente na mulher e o mesmo objeto na mão esquerda tocando a câmera.

Por último, ele pegou dois martelos enormes (de mentira) claro e disse a ela: “Esse martelo não é de verdade, toque para você ver. Ele é de espuma.”

Mesmo a mulher tendo plena e total consciência de que se tratava de um martelo de espuma, quando o mesmo movimento era feito para a câmera e para ela, a tal mulher ia com seu corpo inteiro para frente, como se tivesse de fato tomando a maior pancada com o tal martelo de mentira.

Então o cientista a lembrava novamente: “Lembre-se isso é mentira. Não vai machucá-la”.

Porém não adiantava nada, o corpo dela ia para frente involuntariamente e ela fazia sons como se estivesse de fato apanhando com um martelo gigante!

Já o segundo experimento consistia também com uma câmera que a filmava e a mesma mascara em 3D que transmitia as informações ao vivo. Colocaram um boneco tipo “manequim” de loja, só que do sexo masculino, ou seja, era um boneco de homem e não de mulher, inclusive para comprovar ainda mais a teoria de que a mente se confunde e se perde nas informações.

Em seguida outra cientista vinha e dizia a essa mulher: “Você está vendo esse boneco? Ele é um boneco de homem. Agora toque nele.”

E pegava a mão da voluntária e passava no boneco. Tudo isso sendo filmado e passado em sua mascara instantaneamente.

Em seguida essa cientista começou a passar mão pelo abdome da voluntária com a mão direita e com a mão esquerda no mesmo lugar do boneco homem.

Na sequência ela pega uma faca enorme e passa no mesmo local abdominal do boneco como se fosse cortá-lo, sem sequer encostar na tal voluntária.

Ora, mesmo assistindo a tudo e tendo plena consciência de que aquele boneco a sua frente não era ela, e pior era um boneco homem, o que não tinha nada a ver com ela, e mesmo não sendo tocada naquele momento, ao assistir a cientista com uma faca na mão fingindo passar no abdome do boneco, ela se curvou inteira para frente, gritou e levou as mãos até o abdome como se tivesse de fato levado uma facada!

O que foi concluído com esses dois experimentos? Que a mente consciente vê o que ela quer ver. Você sente aquilo que sua mente consciente pré-concebeu como verdade! Mesmo que você tenha o conhecimento pleno da realidade! Sua mente se confunde! Mistura tudo e se perde!

Em outras palavras: Sua mente não é de confiança. Ela é confusa, possui ideias aprendidas que funcionam como que no modo automático.

“E agora Fernanda o que será de nós?”

Eu já expliquei! Corpo! Você precisa tomar suas decisões pelo corpo e não pela mente!

Consegui convencer agora?

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ProsperidadeComprar

A arte do vácuo
jul 17th, 2014 by admin

Sabe o que fazer para deixar uma mulher feito louca? Acertou quem disse sumir do mapa por um dia. Basta um único dia para que passe tudo pela cabeça de uma mulher. Ela não consegue trabalhar, comer, se concentrar em absolutamente nada, porque ela vai ficar pensando em todas as possibilidades dele ter ficado “off” um dia inteiro, sem notícias, sem um mísero “bom dia”!

Agora eu pergunto: E porque você acredita que o oposto também não é verdadeiro?

Ele estava até meio desinteressado, meio vai não vai, meio mole meio duro, meio chove não molha, mas bastou você ficar “off” um dia inteiro sem atender a ligações, responder a chats pelo celular, skype ou facebook, para que você desperte o maior de todos os instintos masculinos: O Instinto da caça.

Sim minha cara, uma vez esse instinto despertado, o “animal” de fato vira um animal. Ele vai caçá-la. Ele não se conformará com uma ligação não atendida, uma mensagem não respondida, ou com um sumiço sem maiores explicações.

A arte do vácuo consiste em sumiços estratégicos, sutis e claro muito bem arquitetados. Após um sumiço, por exemplo, ele perguntará: “Onde você estava, porque não me atendeu, o que aconteceu, porque, porque, por quê?”

E você? Tranquilamente responderá:  “Eu fiquei em reunião o dia todo e quando chegou a noite estava tão exausta que dormi igual criança.”

E então mude de assunto sem grandes explicações. As frases precisam ser rápidas, diretas, sucintas.  Homem não rodeia, não floreia, não enrola. Não rodeie você também dando explicações por um sumiço momentâneo. Apenas diga a frase e ponto final.

Se ele estiver um pouquinho que seja interessado, sua cotação na bolsa subirá. Você não é mais aquela “mina” da balada de sexta. Você não é mais a “garota” da academia. Você não é mais “aquela” do trabalho bonitinha que todo mundo quer pegar. Você subiu de posição minha flor!

Ele agora tratará de se dedicar mais, de se fazer mais presente, de aumentar os contatos, enfim, ele tentará retomar a dianteira novamente.  Afinal, nenhuma mulher faz de besta aquele que a mamãe colocou talquinho.

Você consegue deixar alguém que você está totalmente apaixonada, no vácuo? Algumas são mestres nisso, sentem prazer, se divertem e claro conseguem o que querem. Outras usam aquela velha frase dita como “difícil…eu não consigo”, tornando-se previsíveis, manjadas, sem desafios, o que para o homem é o mesmo que a expressão “sem sal”.

Obviamente eles gritam aos quatro ventos que desejam uma mulher “boazinha”, companheira, que esteja sempre à disposição, que dê satisfações, que peça permissão, que se deixe ser controlada. Porém na prática, na prática mesmo, são pelos demônios que eles perdem a cabeça, baixam a guarda e se apaixonam.

Teoria? Eu não ligo para teorias! Eu vou à prática, a quente, no ferro e fogo, no mata mata.

A teoria do “diálogo resolve tudo” é linda! Mas na hora do vamos ver, um dia se sumiço, resolve rapidamente uma gama enorme dos problemas.  Além disso, já foi comprovado em um estudo realizado nos EUA, que os homens possuem 50% menos capacidade de escutar. Eles absorvem 50% menos! Convencida agora que falar não resolve?

Que tal experimentar?

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ProsperidadeComprar

Mensagem medíocre não se responde
jul 16th, 2014 by admin

Porque será que você não consegue deixar de responder a uma provocação? Ele fala uma frase totalmente esdrúxula, sem cabimento, sem nexo, concordância verbal ou nominal e você se dá ao trabalho de responder?

Deixe-me ensinar uma coisa a você: Mensagem medíocre não se responde minha cara.

Quando você responde a algo que você tem a plena consciência que é desrespeitosa, desconsiderável ou desvalorizável para sua pessoa, você desce ao nível de que o outro indivíduo deseja. É como se ele puxasse a cadeira da “desvalorizada” e você sentasse.

Veja, ele sabe que faltou com respeito. Ele sabe que a insultou. Ele sabe conscientemente que está tentando fazer com que você fique na exata posição que ele deseja quando age assim. Se você responde, você se rebaixa.

Mas então o que devo fazer se ele me tratar com desrespeito, falta de educação, grosseria, insulto, sarcasmo, desvalorização ou desconsideração? Silêncio absoluto! A melhor resposta é o silêncio.

O silêncio para o homem é como um tapa na cara. É como se você dissesse: “Eu entendi muito bem o que você tentou fazer, porém não permito esse tipo de tratamento comigo. Você, meu querido quadrúpede, não chegou nem perto de me fazer curvar.”

Ele entende! Na hora! Perfeitamente! Alto e em bom que só o silêncio é capaz de fornecer.

E se ele insistir? Continue sem responder! Até que ele retome a educação e o respeito habitual. Afinal, um homem precisa saber qual é o limite em que ele pode ir. E acredite, ele vai testando até que você o imponha. Ele não vai parar. Ele é igual bebê, lembra? Um bebê testa a mãe. Ele chora, grita, se joga no chão, sai correndo no meio da rua, vomita a comida, faz xixi na fralda sequinha, tudo isso para saber qual é o limite.

Com homem? A mesma coisa! Você dá o tom. Você rege a orquestra. Você dá as cartas. Você diz se serve ou não. Se gosta ou não. Se permite ou não. É você minha cara, não ele!

Ficar batendo boca, discutindo mediocridade não é para você. Você é prática. Você é direta. Você não rodeia. Você é certeira como um míssil. Ou ele dança sua música, ou está fora do salão!!

Você não tem que se submeter aos caprichos de terceiros. Você não tem que se sujeitar ser a outra, a segunda opção, o pneu reserva, a chave sobressalente. Não tem!!

Você não quer viver de couvert! Você quer a entrada, o prato principal, a sobremesa e o cafezinho! Você quer a ceia completa e não só ficar no pãozinho ou pior, nas migalhas!

Migalhas do Universo nunca mais!

Entendeu?!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ProsperidadeComprar

E aí gostou? Valeu a pena?
jul 15th, 2014 by admin

Ontem fiquei imensamente triste, pois minha personal de 68 anos faleceu. Ainda não sei qual foi o motivo, visto que aparentemente ela não parecia ter mais de 50 anos, tamanho era eu vigor. Mas foi algo que aconteceu que me fez pensar.

Primeiramente, deixei o choro de lado, pois convivendo com ela diariamente, acredito firmemente que agora é bem capaz dela já estar com roupa de ginástica pegando todas as pessoas que chegam lá “estropiadas”, “requenguelas”, “travadas”, e fazendo todo mundo alongar. Ela deve estar pintando e bordando, provavelmente já deve estar trabalhando numa “academia do astral”.

Mas o que eu quero passar para vocês é que a vida passa tão rápido que quando nos damos conta lá estamos nós mudando de planeta.

E sabe qual vai ser a primeira coisa que vão nos perguntar quando passarmos dessa para outra?

“E ai criatura? Gostou? Valeu a pena? Aproveitou bastante? Se divertiu? “

Agora imagine você com aquela cara de nada com coisa nenhuma, que só você sabe fazer, com aquela voz mole, falando fino, no maior dramalhão dizendo com voz de gato miando: “Ah sei lá. Eu sofri muito por causa de um boy magia, que só fazia molecagem e me tratava como se eu não tivesse importância. ”

Então o recepcionista “do além” perguntará novamente: “Mas então você desperdiçou toda sua existência, todo o plano da consciência cósmica para criar seu corpo físico, arrumar um lar de mesma frequência onde você pudesse nascer, todas as ferramentas e seu arbítrio que lhe foram dados, em decorrência de um único indivíduo, cujo nome é um tal de boy magia?”

Ok! Agora imagine a sua cara? Uma coisa assim meio marmota meio arataca, olhando para o recepcionista com aquele sorriso amarelo?

Aí o recepcionista grita: “Mais uma fada geleia Joãooooo….leve-a para a colônia espírita das fadas geleias”. Diga-se de passagem, João é o assistente dele mais conhecido como “Geléias Hunter”.

E então? Como vai ser agora já que estamos aqui?

Vamos aproveitar e abalar Bangu? Ou vamos passar a vida tendo medo de sermos quem somos?

Vamos fazer tudo que quisermos? Vivenciar tudo o que temos vontade? Curtir de verdade cada momento? Ou vamos continuar chorando por um diabo qualquer?

“Ah, mas lá do outro lado tem facebook Fernanda?”

Olha a pergunta!!!!

Tem querida! Astralbook! Lá tem tudo também! Internet, facebook, corrimento, chapinha, tudo minha flor! Não muda nada! Portanto nem adianta querer morrer, porque a coceira que você tem aqui vai junto com você. Só que tudo lá é imensamente mais forte! Portanto, não me morra, ok?

E então? Vou bom pra você viver aqui?

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ProsperidadeComprar

Prosperidade e Realização Aula 5 – Em Áudio – Lançamento
jul 14th, 2014 by admin

Vibração e as Doenças Parte II
jul 11th, 2014 by admin

Ontem a Parte I deu muita confusão. Até a gente aceitar que somos nós mesmos que provocamos os acontecimentos em nosso corpo leva um tempo. Eu mesma no começo não entendia, admitia ou aceitava.

Sou uma pessoa que não trabalha nos “achismos”. Não vou pela conversa de ninguém, nem por livros, nem por suposições. Em tudo em minha vida, utilizo o método científico, de identificação de atributos, elaboração de testes, análise e comprovação. Se não me comprovar, eu descarto.

Obviamente que se eu ficar, por exemplo, correndo numa esteira, encharcada de suor e em seguida for para frente do ventilador, mas é claro que no dia seguinte terei febre e dor de garganta. Afinal, o corpo estava numa determinada temperatura e de repente houve uma mudança drástica de ambiente.

Não foi isso que tentei explicar ontem!  Claro que se você comer uma comida estragada, seu corpo imediatamente reagirá colocando tudo pra fora. E quando não reage? Você dá entrada na UTI com infecção generalizada.

A questão toda é: Por que meu corpo que sempre me defendeu de milhares de bactérias e vírus que estão em contato conosco o tempo inteiro, de repente para de defender? Porque após uma determinada situação, em que tivemos o impulso de nos defender e de repente nos calamos e nos sentindo miseráveis por deixar tal fato acontecer, em seguida temos uma dor de garganta?

Claro, você não está acostumada a se observar! Você até então nem sabia que existia uma enorme diferença entre cabeça e corpo! Você está reaprendendo a se olhar, a se sentir, a se observar! Quantas vezes estamos passando por algo que nos é penoso e desencadeamos uma doença crônica, tosse, gastrite e etc e quando conseguimos nos livrar do encosto, a tal doença simplesmente vai embora. E olha que você já havia feito tudo quanto é exame, tomado todos os remédios e nada dava jeito!

“Ah Fernanda, mas então para que servem os médicos?”

Ora minha gente, somos seres energéticos em forma física. Sendo assim, a partir do momento que uma doença se manifesta nesse mesmo corpo físico, quem é que vai resolver? Os médicos, claro!  Afinal, de corpo humano eles entendem!

“Mas então eu poderia me curar apenas mudando o pensamento e sensações?”

Sim, poderia! Mas você consegue minha santa? Você não consegue nem parar de entrar naquele maldito facebook, vai me dizer que vai conseguir se curar de alguma coisa? Algum dia pode ser, mas hoje, nem pensar! Então minha querida, o médico é que vai resolver.

Agora, se você continuar com o mesmo tipo de posicionamento interno, obviamente, a tal doença vai voltar.

Eu não quero provar nada a ninguém! Mas desejo, que cada uma se prove por si própria. Em sua própria vida. Nos acontecimentos desenrolados ao longo dela. Desejo que você a cada sensação tente identificar, como seu corpo reagiu. A cada dor de cabeça, a cada gripe, que você tente identificar o que você sentiu dias antes da tal doença se manifestar.

Olhe para sua vida, observe você com muita atenção. Eu sempre achei que isso era obra do acaso, de uma loteria, de um jogo de azar. Depois que comecei a analisar friamente os acontecimentos de minha vida e das outras pessoas, identifiquei que tudo estava interligado. Tudo tinha um motivo , uma razão, um posicionamento anterior, um padrão adotado. E que bastava que eu mudasse de posicionamento para que as coisas não só a minha volta, como na operacionalização de meu corpo também fossem modificados.

Assustador? Com a mais absoluta certeza! Identificar que somos responsáveis por tudo o que nos acontece? Muito assustador! Traz-nos a responsabilidade por nossas vidas, por nosso destino, por nossas vivências sejam elas alegres ou dramáticas. Identificar que a tal “vontade de Deus” é o mesmo que o Universo dizer “Amém seja feita a vossa vontade”, ou seja, “A vossa”, “vossa”, “tua vontade”, nos causa apreensão, mas ao mesmo tempo poder.

Um poder que muda o curso de uma vida!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ProsperidadeComprar

Vibração e as doenças Parte I
jul 10th, 2014 by admin

Conforme me foi solicitado, farei o texto de hoje e o de amanhã para tratarmos da questão vibração e as doenças.

“Mas Fernanda, todas as doenças são resultado de algum estado nosso? Somos nós quem criamos as doenças?”

Sim! Exatamente! De unha encravada a câncer. Somos nós! É minha cara! O corpo fala!

Veja a primeira leva de doenças mais comuns:

1)      Cistite / infecção urinária

Dificuldade nos relacionamentos. Não é tanto o que a outra pessoa fez ou deixou de fazer, mas uma situação que você tem aquele pensamento “é sempre assim na minha vida”.

2)      Candidíase

Culpa. Normalmente a culpa vem do lado feminino do seu ser, podendo ser de ordem sexual ou maternal.  A pessoa se sente culpada de fazer algo, que mentalmente é tido como errado, imoral ou excessivo. Se é pra dar minha santa, dê com dignidade! “Lavou tá novo!”. Apenas use camisinha.

3)      Queda de Cabelo

O cabelo é considerado em nosso corpo proteção. Quando o excesso de controle ocorre por uma pessoa, onde ela acaba muitas vezes a deixar de ser quem é, para assumir um “modelo perfeito” para os outros, muitas vezes inclusive apegando-se a terceiros para exercer esse poder de proteção, os cabelos começam a cair. Portanto, comece a soltar a franga!!!

4)      Diabete

A pessoa não consegue se desprender de mágoas ou frustrações, sofridas por um período de suas vidas. Alguns se manifestam inclusive logo na infância, tal foi a forma que essa vivência ocorreu e a marcou de algum forma.

5)      Dor de cabeça

Como eu gosto de dizer, dor de cabeça, é o tico e o teco brigando lá dentro. Você tem fatos que são contrários aos que desejava a partir daí não se conforma, fica discutindo a questão e reagindo com resistência a tais acontecimentos. Solte o problema, solte a questão! Deixe que se resolva sozinha. Tem certas coisas, aliás a maioria delas, que bastando ficarmos quietos, para que tudo se resolva.

6)      Enjoo

Rejeição a fatos desagradáveis. Resistência ao que se desenrola ao redor. Vontade de mostrar sua contrariedade sobre certas circunstâncias. Como não o faz, o corpo reage literalmente “vomitando” tudo, a fim de colocar para fora certas “energias” nocivas ao seu corpo. Aproveite o ensejo e vomite no pé na pessoa que a está incomodando.

7)      Estria

A pessoa rompe com quem realmente é frente às pessoas que a cercam. Calam-se, não falam o que pensam, deixando-se de lado para não contrariar terceiros. Quando esse rompimento ocorre consigo mesma de maneira intensa, lá vem estria. Portanto, não segure mais sua língua, afinal “carboxiterapia” além de caro, dói pra burro!

8)      Gastrite

Preocupação excessiva com o que ocorre em volta. As dores de cabeça já não são o bastante.  A irritação ao que se passa ao redor é tão forte, que se desencadeia uma gastrite aguda, seguida como uma gastrite crônica, até culminar em úlcera e num futuro câncer de estomago. Está bom ou quer mais? Não está boa a situação? Então elimine! Mude tudo!

9)      Furúnculo

Reprovação de suas características, não se aprovar, não se aceitar, se julgar o tempo todo se colocando abaixo de todos. A pessoa nega o próprio jeito de ser. Francamente!

10)   Gordura / Obesidade

Refere-se à necessidade de defesa, de proteção, de tentar segurar o “espírito no corpo”. Sabiam disso? Que uma pessoa quando começa a engordar muito, é porque a reação corporal do leão é fazer a pessoa ganhar peso, para tentar segurar a vida em seu corpo físico? Olha que horror!! A que ponto chegamos!!!

Já a gordura quando é localizada, refere-se de uma forma geral a tolher sua livre expressão, sua criatividade, sua capacidade articuladora. A pessoa permite ser sufocada pelas regras da sociedade, da família, dos amigos criando dessa forma uma “barreira” de defesa inconsciente.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ProsperidadeComprar

Em que momento você apagou sua luz
jul 8th, 2014 by admin

Problemas e situações desagradáveis acontecem? Aos montes! Pessoas que odiamos e somos obrigadas muitas vezes a conviver? É igual banana, vem de penca! São namorados que nos decepcionam, são situações que nos jogam lá para baixo, são pessoas que destroem nossa autoestima e por aí.

Mas será que o que acontece em volta de nós tem a capacidade de apagar nossa luz? Ou será que somos nós mesmos que fazemos isso?

A mágoa está ai? Até está! Quanto tempo ela vai ficar? Depende. Não sabemos. Algumas em uma semana já se levantam outras dois anos, ou até mais.

Mas se tudo ocorre fora, se aí dentro você continua sendo você, intacta e intocável, porque você apaga sua luz? Porque você se abandona? Porque você larga tudo?

Claro que bem no começo não temos a vontade de fazer nada mesmo. Nossa única vontade é ficar na cama. Mas depois de um tempo nos parece que tem algo que insiste em nos impulsionar para cima e para frente.

Você acorda pela manhã e aquele maldito passarinho está cantando. O sol continua brilhando. O lixeiro continua passando. O mundo não parou! O Universo continuou se expandindo. E algo dentro de você incomoda, aperta, parecendo dizer “vai…vai…vai…”.

Mas você não quer ir. Você quer ficar. E na cama preferencialmente, toda coberta.

E então você percebe que a única coisa que você tem o controle, é de sua própria vida mesmo. O curso dela para direita ou para esquerda, para cima ou para baixo é seu. Você pilota! Você controla! E você muda a hora que quiser!

Engordou 10 quilos? Emagreceu 12? Desistiu de sua profissão, pois descobriu que odeia o que faz? Não vê qualquer perspectiva de felicidade? A vida perdeu a graça?

Não tem problema! Nada disso é problema! Sua alegria de viver pode voltar a qualquer momento. Imagine “Brad” vindo em sua direção e dizendo “I Love you, please come with me to Beverly Hills”. Ou Príncipe Harry dizendo “Grandma (ele falando para a Rainha) I’m falling love for a Brasilian Woman”. Imaginou? E ai? Qual foi a sensação? Dá uma coisa boa, não é mesmo?

O que comprova que mulher fica infeliz até a página dois. Ou melhor, até outro Cristo aparecer. Se aparece uma “carninha” igual, ou melhor, pronto! Problema resolvido!

O que eu estou querendo dizer é: Retome sua vida, segure as rédeas dela e de seu destino novamente. Deu tudo errado? Ok! Vamos fazer diferente então. Vamos mudar de emprego. Vamos mudar de área. Vamos mudar de homem. Mudar de casa. Mudar de cidade. Mudar de país. Você é a única pessoa que pode fazer alguma coisa por você. Eu posso até falar, explicar e dar o caminho das pedras. Mas o caminhar é só seu. A velocidade de suas passadas, apenas você poderá controlar. Eu sou apenas uma coadjuvante. Alguém que está dizendo que dá sim para mudar tudo. Que dá sim para deixar para trás todo o sofrimento, toda decepção e toda mágoa e criar uma nova estória. Vamos começar?

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ProsperidadeComprar

Prosperidade e Realização Aula 4 – Em Áudio – Lançamento
jul 7th, 2014 by admin

Como se comportar nas Redes Sociais
jul 4th, 2014 by admin

ProsperidadeComprar

Nunca uma ferramenta de internet foi alvo de tantas dúvidas, críticas, choros, desesperos e angústias. Sim, deles mesmos de que estou falando, o facebook, instagram e correlatos.

Quando se trata de rede social, desgraça pouca é bobagem, tanto para o que é postado como para quem de repente se vê presa em certas publicações duvidosas. Claro, pois de cara todos vivem num comercial de margarina, todos são lindos, peles e cabelos perfeitos, estão se divertindo horrores e a vida é uma festa. Quanta hipocrisia!

E os relacionamentos? Hoje fulana está com Sr. Beltrano dizendo que o ama, que o amor é eterno, mil fotos e blá blá blá. Declarações expostas, escancaradas, praticamente um filme pornô. Na semana seguinte, o tal beltrano foi rapidamente substituído pelo  Sr. Cicrano, com os mesmos tipos de fotos, declarações e mimimis. Simplesmente ridículo! Ora, se a pessoa tem toda essa necessidade de mostrar ao mundo o que “sente”, o que faz e com quem, só tenho uma explicação: Carência. A pessoa sofre de CAA (risos). Carência Afetiva Aguda!

E a mulherada então! Quanta besteira publica, se entrega nos comentários, arranca os cabelos por dessa ou daquela curtida de uma periguete. Mas que inferno é esse que vivemos? No que nos transformamos? Vivemos uma mentira diária e nos batemos inteiras por causa dessa palhaçada? Olha a que ponto chegamos!

Então resolvi expor algumas coisas para tentar ao menos manter a mulherada isenta de exposições e invasões de privacidade. Vamos lá?

1)      Para as que namoram

Não exagere! Curtir o que o namorado posta, fazer um comentário ou outro, ok! Mas ficar gritando aos quatro ventos que ele é o amor da sua vida, que ele foi a melhor coisa que a aconteceu, que ele é a coisa mais maravilhosa, ficar tirando foto de um guardanapo de papel do restaurante, do prato, do garçom, seguido por aquela foto da cabeça dos dois juntinhos com os talheres na mão estão fora de cogitação! Pare imediatamente quando tiver um impulso cretino desses!

Primeiro porque não se deve dar cartaz pra homem! Fica mesmo aí dizendo que ele é um “tudo”, para você ver a bordoada que vai levar. Segundo porque é patético, infantil e demonstra claramente o vazio que é essa relação.

 

2)      Para as que acabaram de terminar um relacionamento

Suma! Desapareça! Não entre em nada, não poste nada, não comente nada. Nada versus nada! Todos devem perder o seu paradeiro, principalmente ele!

“Ah Fernanda, mas aí não vão achar que estou mal?”

Não, pois ninguém vai saber o que você está fazendo, onde e com quem. Mantenha a dúvida! Qualquer tentativa de tentar mostrar que está se divertindo horrores será em vão, mesmo porque olha para tua cara de acabada agora. Você só chora, não dorme direito e nem as unhas está fazendo. Acha que vai convencer alguém de alguma coisa demônia?

Primeiro suma entre 15 e 20 dias, depois você pode voltar singelamente a curtir uma coisa ou outra.

Nem pensar em publicar textos sobre homens, términos, rompimentos, morte da bezerra, extermínio dos humanos, formas de suicídio ou orações e novenas.

Por favor, não entregue de bandeja o que você está sentindo!

 

3)      Para aquelas que estão ficando ou conhecendo

Não é para sair curtinho todas as 365 fotos e piadas que ele publicar. Curta algumas. Algumas quantas? Uma a cada dez! Já está de bom tamanho.

E cuidado com o que você publica. Seja discreta sobre sua vida. Hoje em dia não só possíveis pretendentes olham suas redes sociais, mas empresas também! Portanto seja cautelosa, quando o assunto é publicação.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ConsultoriaComprar

SaberDizerNaoComprar

FiqueporcimacomprarHomemComprarIIModusComprar
Defesas_Energéticas

Deixe que digam, que pensem, que falem…
jul 3rd, 2014 by admin

“Deixa que digam
Que pensem
Que falem

Deixa isso pra lá
Vem pra cá
O que que tem
Eu não estou fazendo nada
Você também
Faz mal bater um papo
Assim gostoso com alguém ?”

É com a letra dessa música cantada por nosso querido cantor brasileiro Jair Rodrigues que começo esse post, para dizer que hoje você está mais preocupada na sua existência em parecer ser do que exatamente ser.

Exatamente isso! Aí depois vem me dizer que está se esforçando, que está fazendo de tudo e não está adiantando.

Não está adiantando? Porque será, não é mesmo? Pense aqui um momentinho singelo comigo. Você vive com medo dos outros não aceitá-la como é? Tem medo de impor sua vontade e ficar sozinha? Tem dificuldade em decidir uma simples pergunta que a fazem? Permite que falem o que quiserem e escuta calada sem ter forças e nem forma para se defender? Permite ser invadida constantemente chegando ao ponto de não saber mais onde termina o outro e onde começa você? Não consegue ficar nem cinco minutos em silêncio em casa com você mesma, sem ligar televisão ou rádio? Você entra constantemente em redes sociais e grupos de bate-papo e se ofende quando não “curtem” seus comentários ou não os respondem? Você acredita mesmo que as redes sociais são como propagandas de margarina onde todos são belos, felizes com suas vidas perfeitas e só você está toda errada? Aliás, você acredita que seja um erro ambulante?

Bastou que você responda “sim” apenas a uma dessas perguntas que acabei de fazer, para que cheguemos a conclusão que você “pensa” aí na sua cabeça que está fazendo de tudo e se colocando em primeiro lugar, quando na realidade aí dentro você continua se largando inteira. Como acabamos facilmente de perceber, você não está! Basta uma olhadela nas situações que vem atravessando para sabermos que tem gato gordo na tuba.

Enquanto você continuar preocupada com o que acontece fora, ignorando você aí dentro, a coisa não vai, não anda, não rola, não flui, não acontece! Preciso ser mais clara do que isso?! Enquanto você viver no medo, seja qual medo for, medo de não casar, de ficar sozinha, de ficar sem amigos, de perder dinheiro, de não conseguir trabalho, de não agradar e etc, sua vida vai continuar limitada. Quer coisa mais limitante do que medo? Nós já conversamos sobre isso! E estou falando aqui principalmente sobre aquele medo das coisas ao seu redor. Olhar para dentro de você e se encarar de frente você nem se atreve, não é mesmo? Assusta? Tem medo de não gostar do que verás? Ok! Mas não tem jeito! Você vai ficar aí dentro por toda eternidade, então é melhor que passe a se olhar, se aceitar e se gostar como se é. Você é linda sim! Do seu jeito! Seu jeito único! Onde está alguém igual a você nesse universo? Não existe! Então que tal parar de se comparar com os outros, pois cada indivíduo é uma estória e começar a “bater um papo assim gostoso com alguém”? E se esse alguém em primeiro lugar seja você?

“Deixa isso pra lá, vem pra cá, o que é que tem?”

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ProsperidadeComprar

Desaparecimento: Técnica aprendida com o Diabo
jul 2nd, 2014 by admin

Acredito que essa técnica masculina aprendida no cursinho pré-reencarne fornecido pelo Professor Diabo chamado de “Como acabar com a vida de uma mulher”, o capítulo “Desaparecimento” é o que ganha de lavada dos outros desaforos.

Você quer ver uma mulher totalmente surtada, sem conseguir executar mais nenhuma tarefa, seja doméstica ou profissional, é desaparecer sem dar satisfações.

Por exemplo, homem que sai com uma mulher algumas vezes e de repente some por alguns dias. Ou some indefinidamente sem dar nenhuma explicação! Para mim é caso de pendurar o cidadão em praça pública e apedrejá-lo como fizeram com Maria Madalena!

Não gente! Vamos combinar aqui que essa é uma atitude de banir a criatura de sua vida. Deletá-lo! Excluí-lo! Passar reto na rua como se não o conhecesse! Nunca mais pronunciar o nome do infeliz! Acender uma vela preta pra Exu com um bode escorrendo, dez galinhas d’angola e um banquete completo! É ser muito palhaço, sem noção e sem escrúpulos agir assim.

Veja, quando um homem quer sair pela tangente, sua aparição começa a rarear. Como assim? Ele começa a inventar compromissos de trabalho, viroses já extintas no planeta terra, muito cansaço como se tivesse acabado de voltar da guerra, problemas familiares e por aí vai. Mas ele vai sumindo. Não é algo abrupto, mas pequenas desculpas até que suas aparições ficam para uma vez na semana e olhe lá. Mas o contato não é cortado.

Agora, quando está tudo bem e do nada o infeliz desaparece, só tenho uma única coisa a dizer: Corre minha filha, porque esse daí tem sérios problemas psicológicos, comportamentais, sociais, “pintais”, educacionais e mentais. Ora, ninguém faz isso!

Uma coisa é a relação estar totalmente estremecida, muitas brigas, traições, enfim, a coisa já está degringolada. Outra coisa diferente é estar tudo bem, vocês estão saindo, despediram-se normalmente, com sorrisos e o Cristo simplesmente vira fumaça e nunca mais liga!

Você precisa concordar comigo que isso não é uma coisa normal!

Muitos homens, os que fazem parte do time do “não quero nada com a hora do Brasil”, muitas vezes desaparecem por 10, 15, 20 dias e depois desse tempo aparecem novamente como se nada tivesse acontecido. Ora, ele não quer compromisso! E deixa muito claro quando age assim.

Ou seja, se você tiver um pouquinho de paciência, parar de olhar esse maldito celular (telemóvel para as portuguesas) e amarrar vossas mãos (para não cair na tentação de ligar), tenha a certeza que em algum momento, o discípulo do demônio vai dar um sinal de vida. Pois “sair para comprar cigarros e nunca mais voltar” é coisa de novela. Na vida real isso não acontece e se acontece, em algum dado momento, você terá notícias do traste. Não se preocupe com isso.

Mas o mais importante de tudo o que eu disse, vem agora: Nem pense em procurá-lo para perguntar ou falar seja lá o que for. Ir atrás de um homem que não se deu ao trabalho nem de dar um “tchau” é assinar o atestado de mulher que merece ser desprezada. Se ele agindo dessa forma “achou” que você não tinha valor suficiente que merecesse no mínimo uma simples mensagem instantânea de celular, se você for atrás, ele não achará, ele terá CERTEZA! Não se toma satisfações, não se vai atrás, seja pelo motivo que for! Não se rebaixe! Mostre a ele que você tem valor, tem força de convicção, tem dignidade e amor próprio! Mostre sua firmeza! Se segura menina!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ProsperidadeComprar

Do que você tem medo?
jul 1st, 2014 by admin

 

Olha o que o medo faz com a tua vida? Olha quão pequenininha você se torna quando teme algo ou alguém?

Primeiro que sua mente congela. Nada de bom a partir de um estado mental de medo pode surgir de uma cabeça “de frango”. Segundo que logo na sequência seu corpo parece endurecer inteiro, também pudera, ele se arma como se precisasse se defender de um predador feroz e mortal. E em terceiro que o medo faz uma coisa pavorosa em sua vida: O medo segura! O medo paralisa as situações, tranca seus caminhos, criando realidades pavorosas.

E tudo isso por quê? Porque apenas em sua cabeça você imaginou algo catastrófico. Veja, isso que você imaginou que poderia ser não existe, está apenas em seu plano mental, porém seu corpo trata a questão como sendo a realidade, armando-se inteiro.

Conheço pessoas que todas as suas decisões são baseadas no medo do que realmente gostariam de optar. Não vão por sua própria verdade, mas pela imaginação de algo irreal. Baseiam-se sempre pelo pensamento castrador alheio, no “achar ruim” dos outros, negando sua verdade, sua identidade e seus desejos.

Agora eu pergunto: Que futuro pode ter uma pessoa que age assim? Que tipo de situação essa pessoa está atraindo pra ela? Você acredita que seus desejos serão realizados ou negados? Ora, a resposta é simples e clara. Se ela vive negando sua própria verdade, negando-se em todas as situações apenas por medo de algo ou do pensamento de alguém, obviamente quando essa mesma pessoa pedir algo, a resposta do universo será “Não”.  Tudo o que ela quer é sempre “Não”. Ela faz, faz e faz, tudo por fora, para os outros, para parecer ser, enquanto lá dentro é um “Não” constante ao que ela realmente deseja.

E qual é o resultado disso? Desprezo, desrespeito, desamor, esquecimento, desconsideração, desvalor e etc. Ou seja, já que a pessoa se trata como um nada, como algo assim vazio e sem vontades, todos a sua volta também a tratam da mesma forma.

Portanto o principal medo do “medroso” que é “se eu fizer X fulano vai achar ruim e vai se afastar de mim” é totalmente infundado. Eu um dia enfrentei. Eu achava que se eu fosse pela minha verdade e me respeitasse ao invés de fazer a vontade do outro, que o mundo fosse desabar. Eu realmente acreditava nisso. Só que eu desafiei um dia e fiz exatamente o que eu queria. E para minha surpresa a casa não caiu! E aquela pessoa que eu acreditava que iria achar ruim, de fato a princípio não gostou muito, afinal, estava acostumada a não ser contrariada. Porém em seguida, essa mesma pessoa passou a me valorizar mais, a me respeitar mais, a me perguntar o que eu realmente queria, importando-se com minhas vontades e consequentemente com a minha verdade.

Tire hoje o dia para analisar seus medos. Eles têm fundamento? São medos reais? E se eles de fato acontecerem você terá que se virar com o que tem, não é verdade?  E daí se der errado? E daí se ele for embora? Você ainda vai continuar com você e por toda eternidade! Olha a responsabilidade! As pessoas, as situações, as coisas, uma hora vão embora, acabam, mudam, mas você, essa pessoa aí dentro, permanecerá aí dentro perpetuamente. Então é melhor o quanto antes fazer as pazes com você, não acha?

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ProsperidadeComprar

SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados