SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
Feliz Ano Novo!
dez 31st, 2014 by admin

Fotos Leiden
dez 30th, 2014 by admin

Mulherada

 

Seguem algumas fotos….morrendo de frio nessa terra linda de morrer.

beijos e saudades de vocês!

Hoje vou gravar aqui o vídeo de ano novo!

_LDN3831 OK

_LDN3836 OK

_LDN3882 OK

_LDN3889 OK

_LDN3912 OK

_LDN3873 OK

_LDN3895 OK

 

Vídeo Segunda-Feria
dez 29th, 2014 by admin

********************

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

MateaFadaGeleiaComprar

 

Mensagem de Natal 2014
dez 24th, 2014 by admin

O que você vê é real?
dez 23rd, 2014 by admin

Meninas e Meninos,

Esse vídeo é para fazer vocês pensarem….

Que valor é esse?
dez 19th, 2014 by admin

Modus2Comprar

Sabem o que mais vejo? Mulheres ótimas, inteligentes, espertas, esforçadas jogarem tudo isso na lata do lixo acreditando que devem se contentar com qualquer homem porcaria.

E não estou falando de qualquer porcaria. Estou falando da porcaria da porcaria! O Top 10 do lixo. Estou falando do burro, feio, pobre, vagabundo, grosso, sem noção, sem caráter, sem dignidade, sem vergonha na cara, tudo junto e misturado.

Então eu pergunto: “Você se valoriza?”

E a pessoa enche a boca para dizer: “Muito! Demais!”

Ótimo! Então porque você me procurou? Para eu ajudá-la a esquecer dessa fase patética e colocá-la no caminho?

“Na verdade Fernanda você vai querer me bater, mas eu o queria de volta.”

Não minha gente! Eu tenho que falar! Não consigo segurar! Quem não gosta de palavrão que pule a frase, ok?

PUTA QUE ME PARIU!

Como é que eu faço para explicar pra essa criatura, em 5 minutos, o que ela está fazendo com ela? Como eu mostro que ela está indo justamente no caminho oposto do que ela sempre sonhou? Como eu a faço pra ela enxergar que só pelo fato de querê-lo de volta, já demonstra o quão fora de seu caminho ela está! Quão cega e perdida ela se encontra. Afinal, quem se valoriza jamais desejaria que um agressor (pois é um ser doloso em todos os sentidos), retorne para sua vida.

Uma mulher que se valoriza, mesmo sofrendo, mesmo em prantos, não vai querer de forma alguma que um homem que a lesava emocionalmente, psicologicamente, humanamente e financeiramente retorne para sua vida.

“Mas eu amo Fernanda!”

Ama nada! Uma pessoa que diz amar um homem dessa espécie e se sujeita a viver num inferno, nem sabe o que é amor próprio, quanto mais cultivar o amor por um terceiro!!

E por mais que eu fale, que eu gaste todo meu repertório, a pessoa continua em círculos. Ela não sai daquilo! Ela repete insistentemente os 365 defeitos, maus tratos, traições, extorsões, humilhações, mas continua repetindo: Eu o quero de volta.

Então eu volto a perguntar aqui a todos: Que valor é esse?! Que amor é esse, que nem o próprio transparece?

“Mas eu quero ser feliz”

Quer? Quer mesmo?!

Então tenha a coragem de largar o que a faz mal! Tenha a decência de se respeitar a todo custo! Tenha dignidade o suficiente para não permitir nunca mais que ninguém com pinto ou sem ele, que a maltrate, humilhe e a faça de besta.

Olhe bem pra você hoje!

********************

 Meninas e Meninos, liberarei vários vídeos, um atrás do outro, para a equipe do Curso a partir de domingo. Semana que vem, será de tratamento de choque!

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

MateaFadaGeleiaComprar

 

Deixem de lado o Sentimentalismo
dez 18th, 2014 by admin

Modus2Comprar

Sentimentos e emoções todos têm. Mas desespero, descontrole emocional, pânico, seguidos da célebre frase “Fernanda me ajuda” chama-se sentimentalismo.

E o que é sentimentalismo? É justamente o que eu acabei de explicar e funciona mais ou menos assim: Eu assisti a vários filmes românticos, me introduziram a Branca de Neve e os Sete anões, Cinderela, Gata Borralheira e uma pitada de Alice no País das Maravilhas. Então eu cresci e assisti Avatar, Crepúsculo e li o livro 50 Tons de Cinza. Pronto! Ferrou! Receita perfeita para a desgraceira feminina.

“Ah o amor! O amor é sofrer Fernanda! Eu não sei o que eu faço de minha vida! O mundo parece desabar na minha cabeça! Ele está agindo como “se fosse” um estranho! “

Não minha linda! Ele continua sendo esse estranho! Você nunca o olhou como ele realmente é. Você apenas colocou uma roupinha, ou seja, um corpinho, naquele sonho da diarreia mental do príncipe gay de escova progressiva e luzes capilares, escutado em sua infância.

O cabelo dele é ruim, minha cara! Ali, nem escova progressiva resolve! Tem que fazer transplante de couro cabeludo, pra tentar salvar o miserável.

“Ah Fernanda, mas ele é muito decidido e orgulhoso.”

Não meu amor! Ele só cresceu em cima de vossa insegurança. Ele só virou esse monstro que cospe fogo, porque seu complexo de inferioridade feminina é tão deslavado, que você acredita que ele é mais alguma coisa, só porque ele não precisa sentar no vaso quando vai ao banheiro.

Ele nunca teve orgulho! Ele nem sabe o que é isso! Ele foi é muito mal acostumado! Primeiro pela mãe, que mesmo parindo um motoboy, repetia o tempo todo que ele era um príncipe dinamarquês. Depois a avó paterna, que gritava incansavelmente que ele nasceu para comandar impérios. E para arrematar a pornochanchada apareceu você, fazendo acreditar que a figura era a oitava maravilha do mundo, mesmo com aqueles dentes encavalados e aquele português “malacabado”.

Mas é bem feito para vocês três! Agora aguenta a peça! Ele acha que pode falar, fazer e aprontar qualquer coisa. Porque Príncipe Regente pode! Você camponesa maldita tem que calar a boca e aceitar! Senão a bruxa má do oeste (sua mente Sandy) vem e lhe joga uma praga que você será infeliz para sempre e SOZINHA. E que você nunca mais encontrará outro Peter Pan na vida! Que você está fadada a masmorra mais alta. Que sua vida acabou! Que…Que…Que…. “Fernanda me ajuda por favor…o que é que eu faço….estou desesperada!”.

Pronto! Voltamos para o começo do texto!

Que palhaçada hein! Olhem bem o papel ridículo que assumimos nessa vida! Que pouca vergonha! Como somos facilmente manipuladas pela cabeça. Como cultivamos sonhos irreais. Como idealizamos os Cristos e os colocamos em pedestais inatingíveis para meros mortais!

O que estamos fazendo conosco? Treinamento para ir pro inferno? Ou querendo transformar essa existência no próprio?

E chora…chora…chora…

Pare hein! Pode parar com esse circo aí. Isso aqui não é picadeiro. Tua vida não é máquina de moer carne. Teu coração não se parece em nada com uma cama elástica pra alguém ficar pulando.

Chega desse sentimentalismo. Assuma a mulher que existe em algum lugar aí dentro. Força, coragem, determinação, bravura! Levante essa cabeça! Ninguém vale tanta vela e tanto choro!

Deixe a fadinha e pegue o Jason! O facão é mais interessante do que a varinha! E de quebra faz um estrago maior!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

MateaFadaGeleiaComprar

 

Um homem quando quer…
dez 17th, 2014 by admin

Modus2Comprar

Anos 30. O Duque de Windsor, Eduardo VIII (James d’Arcy), é o primeiro na lista de sucessão da coroa britânica. Ele conhece e se apaixona por Wallis Simpson (Andrea Riseborough), uma americana casada. Quando Eduardo assume o trono passa a sofrer pressão para que não se case com Wallis, devido ao fato dela não ser inglesa e ter dois divórcios no currículo. Para ficar com seu grande amor, ele renuncia ao trono, que passa a ser ocupado por seu irmão Bertie (Laurence Fox). Em 1998, Wally Winthrop (Abbie Cornish) é obcecada pela história de amor entre Eduardo e Wallis. Ela trabalha na preparação de um grande leilão de objetos do casal e costuma fantasiar como seria a vida deles. Entretanto, na vida real Wally enfrenta vários problemas no casamento com William (Richard Coyle). (sinopse copiada do site www.adorocinema.com)

Então aqui vamos nós. O camarada me abdica do trono! Só isso! E não é do trono do banheiro de casa, minha cara! Estamos falando aqui do trono britânico! E por uma mulher que já havia sido duplamente casada! É um sacrilégio.

E o mais interessante dessa estória toda, é que ele resolve fazer isso justamente quando ela decide deixá-lo!

Fico aqui pensando: Seria Wallis uma cafa de carteirinha?

Sim, pois até então estava tudo ótimo! Ele Rei, ela casada. Nada a declarar.

Porém, bastou a figura dizer que não suportaria que o indivíduo foi lá e jogou tudo para o alto!

Portanto, o que quero dizer, é que um homem e eu já disse isso aqui, quando quer algo, vai até o inferno. Passa por cima de tudo. Larga qualquer coisa. Não existe empecilho. Não existe outro homem. Não existe um “mas”…Ele vai! Igual a um míssil.

Abaixo o trailer para quem quiser comprovar os fatos, que diga-se de passagem são reais, nos dois sentidos.

 

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

O amor dos outros é importante?
dez 16th, 2014 by admin

Modus2Comprar

A princípio você responderá afirmativamente com a cabeça, defendendo a ideia que o amor dos outros por você é extremamente importante e sem ele você jamais será feliz.

Mas eu vou provar a você que isso é uma grotesca ilusão. Quer ver?

Lembra-se daquele rapaz bonzinho, temente a Deus, que amava os animais, que honrava pai e mãe, que ajudava velhinha a atravessar a rua? E mais…que a enchia de presentes caros, dizia que você era a mulher mais linda do planeta, que Angelina passava longe frente a sua exuberância, que se preocupava com você, a protegia, era presente, a buscava e levava ao trabalho, a incentivava….está lembrando?

Vagamente?! E o que você sentia nessa época? Um vazio? Um nada? Uma insatisfação? E porque isso?

Ué, você não acabou de afirmar que o amor do outro é só o que importa? E que sem esse amor, essa consideração, esse carinho do outro, você jamais será feliz nessa vida? E que você será desgraçada se isso nunca acontecer?! Agora esse amor, essa paixão que aquele outro lá sentia por você não era suficiente e não preenchia?!

Mas não preenche mesmo! O amor, a consideração, o afeto do outro ou dos outros, nunca preencheu e nunca preencherá. Ele pode dizer dez vezes ao dia que a ama, que você é a pessoa mais importante do mundo, que ele não vive sem você, que não será suficiente! Parece que sempre vai faltar algo. Parece que esse alimento não enche a barriga. O vazio a consome e você se pergunta “qual é o meu problema Fernanda?”.

Mas o outro lá, o ex, aquele que a desprezou, aquele que não deu muita importância, que não queria compromisso, que não estava nem ali com a hora do Brasil, esse sim, você louca, nessa cabeça psica achava que iria ser o responsável por suprir todas as suas necessidades e fazê-la feliz, não é mesmo?

E porque isso? Porque você acredita nessa ideia ridícula de que você precisa do outro para ser feliz! E no cão em questão, você pegou o primeiro babaca que passou e transferiu essa carência a ele! E mesmo eu dizendo aqui você continua acreditando!  Você sempre acha que precisa de algo de fora, seja lá qual Cristo for, porque na cabeça aí você já elegeu um infeliz pra pato, colocando nele toda a responsabilidade e a expectativa para completar esse feito. Mas ele era só um quadrúpede babaca meu amor! Ele não tinha nem pra ele, quanto mais pra você!

Obviamente ele jamais conseguiria contentá-la porque afinal não existe mulher nesse mundo satisfeita. Mas aí você me diz “Ah Fernanda eu não sinto assim uma paixão por ele. O outro lá era mais homem, tinha mais tchan, mais pegada, não sei explicar.”

Mas eu sei explicar: Criatura presta atenção aqui na titia. Nunca teve nada a ver com nenhum outro que tenha passado em sua vida. A insatisfação que você sente é sua. A falta de amor que você tanto exige do outro, é o seu próprio que você não se dá. O carinho, que você reclama tanto que ele não te faz, é o seu carinho que você se priva. A consideração e o respeito, que você grita ai aos quatro ventos, nunca teve que vir do outro, mas de você mesma em primeiro lugar. Seu peito está vazio de você! E não adianta transferir essa carência, chamando de depressão e se entupindo de rivotril. Não vai resolver! Você pode até ficar assim meio tonta (mais tonta) por causa do remédio, mas não vai resolver a “SUA FALTA” e você vai continuar tentando arrancar desesperadamente do outro o que na verdade sempre foi SEU.

Que tal começar a se olhar, a se dar atenção, a se dar amor, carinho, afeto e a dizer a você mesma com toda estima “Eu te amo”!???

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

Lançamento Modus Operandi Masculino Volume II
dez 15th, 2014 by admin

Modus2Comprar

Já não era sem tempo! Haja assunto para esse tema: Homens e seu comportamento.

No primeiro áudio Modus Operandi Masculino, conversamos sobre o modo de pensar, tanto emocionalmente como fisiologicamente dos homens.

Nesse novo áudio Volume II, procurei focar mais no comportamento masculino no início de uma relação. Como eles se comportam quando algo lhe é interessante? Eles acordam um dia e pensam, quero me casar? Numa amizade colorida, de repente eles acordam e dizem “Táxi! Para o aeroporto!”? Eles separam bem o que é apenas sexo do que seria “A Mulher da vida dele”? Eles agem no começo sempre da mesma forma? O que faz um homem ver uma mulher como uma possível “esposa” e  uma “amiga que ele pegou”?

São tantas dúvidas! Tantas perguntas! Poderíamos ficar horas aqui conversando sobre a questão que tenho a impressão que não teria fim!

Que tal conversamos mais um pouquinho sobre o assunto e identificamos o que até hoje fizemos de errado que acabamos dando com os burros n’água?

Entre lágrimas, interrogações, indagações, inseguranças e muita tremedeira nas pernas a gente aprende! Ah aprende!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

Validar-se é fundamental
dez 11th, 2014 by admin

Muito tenho conversado com a mulherada ao longo das consultorias e uma falha recorrente tenho identificado no processo de valorização individual: o ato de validar-se.

O processo todas conhecem de cor e salteado. Mentalizam diariamente, pensam positivo, procuram se sentir bem, cuidam de si, mas deixam de fazer um item de extrema importância e que rege toda a orquestra da criação. Elas não validam suas próprias impressões ou sentimentos.

Elas sentem! E como sentem! Mas na hora H escutam a cabeça. E Universo, criação deliberada, realização de sonhos não é “cabeça”, não é certo ou errado, não é moralmente aceitável, aliás, a moral social nem existe! E obviamente agindo assim colocam-se na posição de desvalor automaticamente colocando a perder todo o processo que até então estava próximo da perfeição.

O escutar-se é fundamental! É mandatório! Tem a ver com confiança em si, com autoaceitação, com valorizar-se, com levar em total consideração as suas próprias impressões, é colocar-se acima de tudo e todos, é amar-se como a joia mais valiosa desse mundo!

“Fernanda não entendo o que você quer dizer com isso!”

Darei um exemplo bem prático e recorrente nos atendimentos:

Veja, você está saindo com um cristo novo. Aparentemente as coisas estão indo bem. Vocês saem, se divertem, ele parece interessado, liga, manda mensagem, se faz presente. Estão assim um mês mais ou menos. Tudo está no começo. Quando de repente você se depara com a criatura na balada com outra. Ou ainda visualiza uma foto dele com outra nas redes sociais. O que você sente?

“Ah Fernanda, eu fico chateada. Puxa vida!”

E em seguida, o que sua cabeça pensa?

“Que eu não tenho nada com ele. A gente não namora, então não tenho o direito de falar nada, nem achar ruim.”

Pronto! Olha aí a desvalorização completa!

Você sentiu, não sentiu? O peito doeu, não foi? Não interessa se foi certo ou errado sentir! Você sentiu caramba! E o que você faz? Desqualifica primeiramente você, alegando não ter direitos, em outras palavras, “não ter poder”. Em seguida, afirma que “nem pode achar ruim”, ou seja, o que eu sinto eu jogo na lata do lixo, porque o que eu sinto não tem importância pra mim e devo passar por cima de mim como um rolo compressor. E por último, desvalida suas sensações, impressões e sentimentos, validando dessa forma o que é “pseudo moralmente aceitável”.

Quem é você pra você? Um ser sem poder, sem escolha, sem valor, sem qualificação, sem confiança e sem respeito por si mesma.

Está bom pra você?!

Entende agora, onde é que você se coloca?

E o que o Universo entende? “Ela não tem valor, não tem confiança, não tem fibra, não se dá importância, se abandona na primeira. Então o que faremos? Vamos mandar a ela uns bofes que vão desvalorizá-la, traí-la, desconsiderá-la, abandoná-la, trocá-la, desrespeitá-la.”

A equação é perfeita! Você traz para sua realidade o que cultiva com você mesma! Preste atenção!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

O Pênis falante
dez 10th, 2014 by admin

Se mulher tem mil faces, homem é mais fácil: Só tem duas cabeças. A de cima e a de baixo. A de cima pensa de forma prática e pragmática. Já a de baixo bagunça, destrambelha, jura e desconjura.

E ele ainda fala! Claro que fala! E sabemos claramente quando ele fala com você.

Vamos aos exemplos práticos?

1)      Acabei de conhecê-la e …”Você é tão linda. Onde você estava que nunca a vi? Acho que estou apaixonado. Sou um homem um pouco a moda antiga, gosto de namorar, estar namorando, não sou de balada e procuro alguém legal para compartilhar minha vida nas nuvens de Zeus, dançar valsa e fazer jantares românticos. Ah eu adoro Paris! E quero me casar com você.”

Quem falou com você? O Pênis kamikaze, convertido ao hinduísmo que conhece a noiva no dia do casamento.

2)      “Estou com saudades” (após dez dias desaparecido). Em outras palavras podemos traduzir  como “Meu Pênis está se sentindo só, meio largado, carente e lembrei-me que você o tratou bem da última vez, então podemos repetir a noite?”. Tonta você se cair nesse papinho de “saudade”.

3)      “Você é especial. É uma mulher diferente. Mas não quero me comprometer agora”. Você é comível, então prefiro deixar você no banco de reservas para que eu possa papá-la em qualquer dia desses.

4)      “Sinto-me confuso. Mas mulher pra mim é só você.” Traduzindo: “Não sei se como você ou a torcida do Bragantino. Como estou na dúvida, então alimento uma esperança e a deixo aguardando ansiosamente o meu reaparecimento. A final, eu posso querer continuar comendo”.

5)      “Pode ser num futuro que a gente se encontre e então as coisas deem certo”. Na linguagem peniana seria “Pode ser que eu esbarre em você e possa querer traçá-la mais uma vez, então vamos deixar as portas (e pernas) abertas”.

6)      “Vamos deixar as coisas acontecerem naturalmente” = “Deixe meu pênis ser quem ele é e não fique criticando ou questionando senão me retraio”.

7)      “Vamos com calma” = “Deixe-me ir comendo até quando não tiver mais jeito”.

8)      “Não me deixe sozinho essa noite” = “Não deixe meu pênis alone. Ele está carente.”

9)      “Sou um cara romântico”. = “Sou el comedor come quieto”.

10)   “Sou um homem de uma mulher só”. = “Como você, sua mãe, sua tia e sua cadelinha Laika”.

11)   “Liguei para saber como você está”. = “Liguei pra saber se tenho chance de dar uma rapidinha sem compromisso”.

12)   “Deixa eu te ajudar?”. = “Deixa eu te comer?”

13)   “Eu me preocupo com você. Quero ver você bem.” = “Eu me preocupo com a fome mundial, principalmente com a fome peniana. Quero te comer.”

14)   “Vamos comer uma pizza?”. = “Eu pago a pizza, mas eu posso te comer depois?”

15)   “Tenho afeição por você”. = “Meu pênis gosta de te comer”.

16)   “Queria te ver”. = “Queria te comer”.

Fácil a compreensão? Simples, não é mesmo?! Então a partir de hoje, você já vai saber quem de fato está falando naquele exato momento. Só não vale falar com ele, olhando para baixo (risos). Afinal, ele pensa que está muito escondido, passando desapercebido, totalmente camuflado!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

Você é uma mulher ou cachorro amestrado?
dez 9th, 2014 by admin

Não existe um pouco de desrespeito. Ou se é respeitada ou não. Ou se é considerada ou não. Uma coisa é o jogo da conquista, outra é trata-la como algo sem valor. A diferença é tênue, mas fundamental.

Um homem que no começo sai com você, mas ficam alguns poucos dias sem ligar, ou hora liga, manda mensagem, hora dá umas pequenas desaparecidas dentro de uma mesma semana, está jogando. Mas um homem que diz “não quero um relacionamento agora, mas não é todo dia que um peixão assim cai na rede, então eu to na pista”, a está chamando de “coisa”, “objeto”, “um ser inanimado”.

Como assim?!!

Não quero nada contigo, mas posso te traçar? Não quero nenhuma responsabilidade, mas quero usufruir de seu corpinho? Você não significa nada pra mim, mas posso ir papando até enjoar? Como é que isso funciona??!!!

“Mas Fernanda, você não diz que um relacionamento demora até seis meses para se firmar?”

Disse claro! Mas não com esse tipo de tratamento. Não com esse tipo de frase. Afinal, ele acha que você é uma mulher de primeiro escalão, ou um cachorro? Ele acha que vai mandá-la brincar com o ossinho no quintal e você voltará dando cambalhotas?

Minha querida, eles até falam! Eles até jogam esse tipo de coisa! E trouxa você se aceitar! Não se passa por cima de você assim! Não se anula seus próprios instintos apenas para fazer a “bonitinha” para alguém. Não se sente vontade de mandá-lo para aquele lugar, mas se faz cara de que está tudo normal!

Em primeiro lugar vem o tato, o respeito, a consideração, a valorização e o cuidado com você. Se um home se acha no direito de falar e fazer qualquer coisa, “achando” em sua medíocre inferioridade de um verme  que você aceitará, algo grave aí está acontecendo e você nem está se dando conta. Que mensagem você anda passando? O que você anda dando a entender? Que visão tens sobre você mesma para se colocar nesse tipo de situação? Achas que assim será valorizada? Até pomba vai defecar na sua cabeça desse jeito!

E qual seria a melhor resposta?

Anotem ai no celular para quando precisarem:

“Fulano (ou grandessíssimo FDP, como preferir), acredito que houve um grande engano ou talvez eu tenha passado uma mensagem errada a você. Mas não sou quem você espera que eu seja. Agradeço sua sinceridade, sua proposta e o seu respeito por minha recusa. Você é um homem que merece o melhor. Mas o que você tem a me oferecer ainda é muito pouco. Espero que encontre o que procura.”

E como dizia nosso espirituoso Chacrinha: “Aaaaaquele abraçooooo…..”

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

Acontecimentos da Vida
dez 8th, 2014 by admin

Acontecimentos da vida, obviamente ocorridos por decisões nossas, sejam elas conscientes ou não, nos são trazidas para “experimentação” a todo o momento. Chamamos isso, de carma, provação, teste, desafio, castigo, seja lá o que for que você queira chamar. Mas são apenas situações. Situações, claro que não são muito agradáveis aos nossos olhos, mas garanto que são situações trazidas com algum propósito. Seja para mostrar o caminho errado que você está pegando, seja para alavancar um dom que estava adormecido, seja para despertá-la para algo maior. Mas esse propósito sempre existe!

Ninguém desistiu de você. Nada nem ninguém estão contra você. O Universo e as leis que regem nossa existência, não estão compactuando para aniquilá-la. Absolutamente! O que acontece hoje é apenas fruto de suas decisões, de seu arbítrio.

Mas já que aconteceu, já que estou tendo que experimentar esse mix de sentimentos e pensamentos, porque não passar por tudo isso de uma forma mais rápida?

Sim! A grande maioria dos nossos sofrimentos, arrisco aqui a dizer, todos, poderiam ter sido minimizados infinitamente, referente a tempo, espaço e importância, se soubéssemos de algumas coisas:

1)      Tudo responde ao que você é

Como já dito um trilhão de vezes, todas as situações e pessoas que estão hoje em sua realidade, estão porque você assim os criou. O que significa dizer, que se eu mudar minha postura interior, outras situações e pessoas começarão a fazer parte dela, enquanto outras desaparecerão por completo.

2)      Tudo ocorre por uma razão

Se você está passando por algum dissabor, não se preocupe tanto com a questão. Mas tente identificar quais “decisões”, ou seja, sentimentos internos você andou cultivando para criar essa realidade que você vê e não gosta.

Entenda, que tudo o que “está”, o está por alguma razão. Identifique essa razão.

3)      Eu posso minimizar o tempo do sofrimento

Esse é o melhor! Se eu vou sofrer uma semana ou um ano, depende somente de mim. Ficar um momento em silêncio com você, perguntando-se exatamente o que se deve fazer sobre determinada situação, lhe dará as respostas. Você não precisa perguntar a ninguém. Você tem as respostas. Mesmo que estas pareçam a princípio ridículas. Apenas confie!

Faça o que for preciso para resgatar seu bem estar. Não se importe se terceiros irão achar ruim, irão culpá-la, ou exercitar a língua sobre sua vida. Não importa! Antes eles se doerem do que você. Antes eles se incomodarem, do que você ficar pior do que já está.

Basta o primeiro passo na direção do bem estar, para que vários fatos comecem a acontecer buscando sua melhora.

Não faça nada por medo, insegurança, ou quando seu coração diz Não. Respeite você! Ao menos uma vez na vida!

4)      Não preciso passar por isso novamente

Uma vez que passamos por uma situação desse tipo, pra que passarmos tudo novamente? Não, não é mesmo? Aprendido está! Então mediante a isso, mude definitivamente os padrões comportamentais que a levaram a esse tipo de situação, eliminando dessa forma, qualquer resquício de sofrimento que possa voltar a ocorrer novamente.

Lembre-se: Você é o piloto de sua vida. E é você quem dá a direção, a velocidade e a altura que deseja voar.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

Efeito Bumerangue
dez 5th, 2014 by admin

Hoje vou falar de uma técnica masculina muito utilizada para “papar” as garotas desavisadas. Mas não é só “papar”! Ele quer “papá-la” sempre, até quando ele enjoar. E não é só isso! Ele quer papá-la com ketchup, mostarda e não quer enchimento de saco. Em outras palavras, ele quer traçar você e a delegação completa das olimpíadas, mas não quer cobranças, não quer ser questionado e você tem que calar a boca e aceitar a coisa como se é.

E como ele faz isso?

Simples!  Ele solta a pérola com cara de maníaco depressivo: “Sabe, você é uma mulher tão especial, num momento tão difícil da minha vida. Estou precisando ficar recolhido. Quieto. Analisar-me um pouco. Entender tudo o que aconteceu comigo nos últimos tempos. Não quero nesse momento embarcar num outro relacionamento destrutivo cheio de cobranças. Pois eu acabei de sair de um exatamente assim.”

Pronto! A isca foi jogada e você é o peixe. Resta sabermos agora que tipo de peixe você é! Se você é um Atum Azul ou uma pescadinha descongelada.

O que acontece com a maioria das mulheres é a tendência de fazer cara de dó, seguida por uma vontade imensa de dizer: “Tudo bem vamos devagar, sem pressa, sem cobrança. Vamos saindo.”

Por isso que o nome do efeito é “bumerangue”. Porque o infeliz lança o brinquedinho longe, para que você pense, ache-o um “cara legal”, afinal ele está sendo sincero e assim retorne justamente para a posição que ele tanto deseja: Sexo gratuito e descompromissado!

E então você continua saindo com ele, de terça, quarta, quinta e até sexta, mas sábado ele vai pra balada com os amigos. Você não gosta, mas não pode cobrá-lo, afinal você o compreendeu tão bem, não foi?

Porém um belo dia, você também resolve dar uma “sapeadinha” (do verbo “sapear”) com suas amigas na balada e eis que você encontra com a tal criatura sincera e doce simplesmente atracado com outra no maior beijo tipo desentupidor de pia.

Sua cara cai! Vai até o chão de volta! E pior! Ou ele faz cara de paisagem com sorriso amarelo cumprimentando-a normalmente, ou simplesmente a ignora.

E ai ai ai de você se ainda tentar perguntar algo: “Nós não somos namorados. Você é livre e eu também.”

E você então chora, se descabela e bate com sua cabeça na parede de ódio!

Mas você acha que para por ai? Que nada! Aposto que se ele ligar, você vai ceder tudo de novo, entrando numa condição de mais desvalor, mais falta de respeito e mais sofrimento.

A conclusão que chegamos aqui é que se ele vier com uma propostinha indecente e medíocre dessas, a resposta deve ser esta, sem pestanejar: “Entendo, mas eu não arrisco minha pele desse jeito. Em outras palavras, comigo só fica quem está preparado, pois só entra na minha vida quem eu permito. E nesse caso, eu não permito. Sinto muito. Agradeço sua sinceridade e o respeito por minha recusa”.

Sorria e “goodbye”.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

Você nasceu para viver num harém?
dez 4th, 2014 by admin

Você por acaso nasceu para viver num harém? Eu não! Eu sou filha única, mimada, egoísta e quero tudo pra mim! Não divido nada com ninguém! E se é para ser assim, então prefiro que não seja! Curta e grossa! Igual à música de Alcione:

“Não divido você com ninguém
Não nasci pra viver num harém
Não me deixe saber
Ou será bem melhor prá você
Me esquecer… “

E você? Encontrou com ele na “balada” com outra, atarracado numa situação esdrúxula e mesmo assim quando ele liga querendo mais um “repeteco” da dança do afogar o ganso, você cede, porque afinal “Fernanda eu gosto dele”?!

Que valor é esse que você tem com VOCÊ? Onde está seu amor próprio? O seu querer? O seu arbítrio? O seu coração? É esse o cuidado que você tem com ele? Seu coração por acaso tem formato de picadeiro? Tua vida é um circo onde qualquer desavisado faz palhaçada?

Olha bem o que você anda fazendo com você! E por favor, não me coloque a culpa no Universo! Ele nunca teve a ver com isso. Aliás, teus sensos de proteção até tentaram alertá-la, enviando sinais de aperto no peito, angústia e cheiro de desgraça no ar, mas foi em vão, pois a “marijuana” reinava em sua cabeça, fazendo prevalecer sentimentos de descaso e desvalor para com você mesma.

Ele não sabe se fica com você, com a vizinha, com a ex ou com a torcida do Atlético Paranaense? Ótimo! E você ainda diz ao salafrário “O que você quer?”, como se fosse um garçom com um menu de opções? E você é lá uma opção listada num cardápio de bar?! Não minha querida! É você quem escolhe o que será e não ele. Ele não tem querer! O querer é seu! E só seu! Não se coloque nunca mais numa posição de “disponível” para a vontade de um estrupício.

Se ele não sabe o que quer, então simplesmente não serve para ser o SEU homem. Porque o seu homem, minha cara, precisa ter a cabeça no lugar, precisa ter a vida resolvida, precisa ter a perfeita noção do que é dolo, traição e sacanagem. Nessa ordem!

Homem com ex-mulher no auge do quebra-pau, homem recém-separado na fase de “Balada”, em fase de passar o rodo, em período menstrual de “quero curtir com meus amigos” ou “não quero me prender a ninguém agora”, deve ser eliminado!

Chato? É! Mas antes chato, decepcionante, broxante, do que ser um drama na sua vida. Antes deletar agora, do que meses depois de muito choro, vela, pai de santo e Fernanda (nessa ordem).

Acredite: Quando você diz “Eu agradeço sua sinceridade e o respeito a minha recusa em aceitar uma situação assim”, nesse momento, ele entenderá perfeitamente que você não é qualquer uma. Que você sim tem um valor alto com você mesma. Que não permite bagunça em sua vida. Que não aceita mediocridade, muito menos relações pouco resolvidas. Que em sua vida, só entra quem você autorizar e que você coloca pra fora assim que perceber qualquer sinal de desrespeito. Afinal, uma pessoa que se respeita, não permite que um terceiro a trate diferente disso.

Harém? Tapete mágico? Sherazade?

Estou mais para “O Predador” do que “Ali babá e os 40 ladrões”

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

Sentimento x Pensamento
dez 3rd, 2014 by admin

“Fernanda eu me mato de mentalizar. Estou um ano mentalizando e nada parece mudar. O que eu estou fazendo de errado?”

Simples! O que você sente?

“Eu sinto que eu queria alguém bacana pra mim, mas estou sempre sozinha. Nada que vem é bom. Estou triste porque eu queria a companhia de alguém que não tenho. Não tenho ninguém! “

E o que você acha que está criando?!!

“Eu não sei Fernanda..eu não sei…me ajuda…” (choro com voz de Sandy)

Eu respondo: Falta!

Vejam: O que cria a sua realidade não é o pensamento. Mas sim o que você sente. É justamente aí onde a maioria erra!

“Eu quero o fulaninho”, você diz!

Ok! Mas o que você sente quando pensa no fulaninho?

“Sinto mágoa profunda, tristeza, raiva, revolta, vontade de raspar a sobrancelha de aranha daquele grandessíssimo filho da mãe!”.

Certo! E o que você está criando? Mais mágoa, mais tristeza, mais revolta, mais motivos para querer raspar não só  a sobrancelha dele mas da torcida do Corinthians inteira!

Percebem onde está o erro?!

Se o fulaninho te causa um sentimento sublime de amor, de carinho, de felicidade, expansão e bem estar, ótimo! Use o pinto do fulaninho nas mentalizações. Caso contrário, vamos pegar o pinto alheio. Vamos pegar o George, o Brad, o Mr. Grey, o carteiro, o açougueiro….

Só o que vale é a sensação! O pensamento serve apenas para alavancar a tal sensação no corpo. Somente isso! Seu pensamento não cria nada! Ele apenas inicia um processo.

Ele funciona como se fosse uma chave de um carro. Quando você vira a chave é como se tivesse o primeiro pensamento. Mas o que vai fazer o carro andar é o acelerador, ou seja, suas sensações experimentadas no corpo.

O cérebro já está comprovado, que não sabe diferenciar o que de fato é real, do que é apenas imaginação.

Quer ver?

Pense numa comida gostosa que você adore…

Veja como você imediatamente começa a salivar. E porque isso acontece? Porque para o seu cérebro você já está sentindo o cheiro da comida e o gosto. Ou seja, um processo químico já é iniciado imediatamente após o primeiro pensamento de degustação.

Com a tua realidade funciona exatamente igual!

Pensou, sentiu, criou. Essa é a ordem! Pensou e não sentiu? Não criou!

Certo? Então, bora pegar um pinto de algum cristo desavisado para criar o que queremos!!! O do George já é meu! Favor escolher outro!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

Sinto-me inferior a tudo e a todos
dez 2nd, 2014 by admin

Meninas voltei! Quanta saudade! Adoro conversar e saber que tanta gente presente neste canal coloca as minhocas mentais para pensarem juntas! Praticamente uma “catequização” de minhocas!

Hoje desejo falar sobre um assunto que acomete 100% da população mundial. Sim, você leu direito. Eu disse 100%! Até comigo isso acontece. Claro que hoje menos e de uma forma bem controlada. Mas continua acontecendo e continuará no futuro, porque tenho cabeça loira, psica, feminina pensante.

Querem ver?

Assistir as malditas paniquetes (assistentes de palco de um programa brasileiro) no domingo. Pronto! Já me sinto, falando português claro, o famoso “cocô do cavalo do bandido”, com aquelas miseráveis barrigas chapadas.

Quem sou eu nessa hora? A desgraçada, inferior que não tem aquela barriga “natural” (olha o veneno escorrendo).

Meu conhecimento, meus anos de estudo e todas as minhas qualidades físicas foram jogadas na lata do lixo, pois eu nesse momento me foquei numa barriga lipada.

Novamente, eu pergunto: Quem sou eu? A inferior!

E quem é a menina da televisão? Meu modelo de perfeição!

E você, onde o calo aperta? No que você se compara? Quem foi que disse que aquela barriga é a perfeita e não a minha, uma barriga normal de mulher que possui útero e ovário? Que ovula todo mês, inchando e desinchando seguindo-se o fluxo natural de nosso corpo?

Com o que você anda se comparando, para achar que o teu é menos e o do outro é mais? Que o teu tem menos valor porque o do outro está dentro de um padrão inventado não sei por quem do mundo fashion e que a cada dois anos muda?!! Que uma hora a gostosa é a de curvas exuberantes e no outro a tal das curvas é sinônimo de obesidade? Que tamanho 40 até então era considerado de uma mulher magra e agora 38 é considerada fora dos padrões!!! Que nos anos 80, 90 o peitinho normal era lindo e agora temos todas que ter peito grande e redondo? (esse último confesso que acho bonito…rs).

O que eu faço comigo agora? Fecho a cara e vivo a vida insatisfeita porque tenho 100 de quadril e o padrão fashion é de no máximo 90?! O que eu faço? Mando cortar fora? Ou vou gostar de mim do jeito que sou? Aceitando-me, amando-me, apoiando-me exatamente como sou e ser feliz assim?

Eu já fiz isso comigo e confesso que direto e reto, esse tipo de pensamento me assalta, pois como falei no início desse texto, sou mulher, assim como vocês!

A diferença é que quando comecei a me olhar no espelho e me achar lindinha, todo mundo também começou a me chamar de “lindinha”! E o meu valor próprio, puxou o valor de todos que cruzam meu caminho. Até os que me odeiam. Eles odeiam, mas odeiam valorizando e respeitando!

Tem jeito melhor para ser odiada nesse planeta? (risos)

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados