SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
Uma grande diferença
ago 31st, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula6Comprar

Estava ontem em meu momento fútil noturno, enquanto assistia ao filme Mulheres Perfeitas com Nicole Kidman ao mesmo tempo em que folheava a super instrutiva revista Caras, quando me deparei com uma reportagem com nossa eterna musa Bruna Lombardi.

Linda, olhar penetrante, confortável em sua pele, aos seus 63 anos. Aqui entre nós, se não a conhecesse daria no máximo 40 anos a essa mulher.

Lendo a reportagem, as perguntas, as respostas, não resisti e fotografei para vocês o seguinte trecho abaixo. Leiam e vejam se recordam de algo, ok?

Bruna1

Agora logo abaixo veja a foto também capturada da revista por mim e tire suas conclusões:

Bruna2

“As energias de minha vida e do Universo sempre guiam minhas escolhas em tudo”.

Lendo a entrevista na íntegra ela ainda afirma que todos estão conectados, não estamos isolados, que fazemos parte de um todo. Além disso, afirma que uma mulher por mais belos traços estéticos que tenha, se a “energia não for boa” não será tão bonita.

Alguma dúvida, do que ela sabe perfeitamente do que está falando? Alguma dúvida, de que ela conhece do que tanto falo aqui e exatamente por isso é essa beldade que é mesmo aos 63 anos? E você aí com vinte e poucos dando cabeçada?!

Claro que ela se cuida! Claro que faz yoga, musculação, tratamentos com laser e etc. Ok! Faz parte! Faz parte do se gostar, do se aceitar, do se cuidar, de cuidar desse casulo em que nos encontramos agora.

Mas pergunte a ela, se ela está assim se matando em 24 prestações para comprar aquela bolsa que custa os eyes of the face?

Perceba o semblante. Perceba a tranquilidade. Perceba o conforto de ser quem se é.

Então você pode pensar “Ah Fernanda, mas eu também com aquele olho também me sentiria tranquila e confortável. Mas eu, sabe, Fernanda, tenho isso e mais aquilo que não está bom, então não sou assim o modelo de perfeição.”

Mas minha linda! O que você não entendeu é que ela (A Bruna) se fez assim esse modelo de perfeição, a partir do momento em que ela se aceitou como é e passou a gostar dela assim! Claro que ela tem defeitinhos que ela guarda a sete chaves! Mas nem por isso se sentirá menos, inadequada ou defeituosa.

Ela é ela! Com o mesmo cabelo de 30 anos atrás! E não vai ao cabeleireiro! Simplesmente assumiu a juba de leoa e foi! E está tudo certo, não está? Todo mundo acha lindo o jeito dela! E está aí casada há mil anos! E olha que nem altura ela tem! (risos).

No entanto é feliz com 1,50! Soube aproveitar o que ela tinha de melhor, não deu ouvidos ao que diziam e transformou-se num ícone de beleza de várias gerações.

Palmas pra ela!

Agora é a sua vez companheira!

 

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Primeira
ago 27th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula6Comprar

Se lembra de quando você era criança e adorava dizer “Primeiraaaa”. Isso era pra tudo. Para brincar, para receber alguma coisa, para experimentar algo, para comer, você e suas amigas sempre diziam todas “Primeiráááá! Eu primeiro! Eu primeiro! Eu falei primeiro!”. Você corria o máximo que podia para se colocar como primeira da fila.

Ótimo! Impressionante como criança sabe das coisas. Mas então você foi crescendo e “emburrescendo”. Assitiu a uns filmes “cabeça”, viu a novela das nove e de primeira passou a última da fila.

Tudo primeiro para os outros. Os outros não podem se chatear, mas você pode. Os outros não podem se magoar, mas você se vê obrigada a fazer o que as pessoas querem apenas para não ficar chato. Você se anula completamente e miseravelmente porque senão ele vai embora. Ele é o primeiro lugar, você nem existe!

E o que você faz hoje com você?

“Pode passar. Passe na minha frente. Eu não me importo. To aqui com a maior pressa, mas finjo que posso esperar você pagar aquelas vinte três contas no caixa eletrônico no shopping. A colega da manicure ao lado pede meu esmalte emprestado na maior cara de pau e eu não tenho coragem de dizer não. Então claro! Pode usar!”

Pode usar é o cacete! Meu Dior é meu Dior! Eu não empresto! Aliás, não empresto nada de utensílios para cuidar das patinhas! (Detalhe: Isso de fato aconteceu…rsrs). E eu quero que se lasque o que a pessoa vai pensar. Eu não me importo. Eu não vou dizer “Não” pra mim para que a outra fique bem. Eu não vou me humilhar e fingir que aquele desrespeito dele é normal, se eu estou querendo trucidar o vagabundo.

Gostar a gente gosta claro! A gente quer que dê certo. A gente não quer perder. Mas se o preço for eu no último lugar da fila, eu nem quero saber! Eu primeiro! Meu RG em segundo! E Minha foto do Whats em terceiro!

Faça um exame aí em sua vida. Veja o quanto você se abandona, se larga, se perde! Olha quanto descaso com você a troco de outro corpinho. É só um pedaço de carne meu bem! Nem que fosse Brad! Se quisesse dar uma de esperto apenas diria alto e em bom som: “Go eat skeleton”. Traduzindo: “Vai comer esqueleto.” (referindo-me a Angelina).

Minha gente preste atenção aqui:

NÃO EXISTE ESSA COISA INSANA DE “MAIS EU GOSTO DELE FERNANDA”! ANTES DELE EXISTE VOCÊ. E ONDE ESTÁ VOCÊ?

VEM AQUI PARA FRENTE DA FILA COMIGO, VAI??!!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Errar
ago 26th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula6Comprar

Pra errar basta ser, basta estar, basta tentar, basta jogar. E erramos! Como erramos! E a notícia é que vamos continuar errando pela eternidade!

Mas e daí? Vai se sentir o animal mais errante da galáxia? Você não é nem mais nem menos um erro ambulante. Você só é igual a todo mundo. E eu continuo no jogo. Tem coisa que eu já sei e não erro mais. Outras arrisco ali, dou umas cabeçadas, tropeço mas sigo em frente.

“Ah mas vão me criticar. Vou passar vergonha.”

Deixa a titia aqui completar a sua frase:

Vão criticar, falar, aporrinhar, torrar, pichar, ridicularizar, com você errando, acertando e até ficando imóvel como uma estátua.

Aliás, experimente fazer sucesso. Faça o curso Despertando o Fascínio e comece a despertar inveja na mulherada. Vai…vai ver o que é bom. Está preparada? Está preparada para ser apontada na rua? Está preparada para ser criticada por qualquer coisa que você faça, fale, pense ou respire? Tudo tem preço. Fascínio também!

“Mas eu fiz tudo errado!”

Tudo bem! Faça certo agora! Que certo? Sei lá! O seu certo! Afinal o seu certo é o que vale, o resto é o resto. Não tem importância.

“Mas e se o que eu acho certo é o errado?”

Tudo bem também! O que vale é o agora. O que vale é decidir com o que você conhece por certo. É ir lá fazer tudo errado, voltar, chorar, e reaprender. E então acertar!

E não é tudo assim nessa vida? Quantas vezes caímos quando tentávamos aprender a andar? A andar de bicicleta? A andar de patins? Quantas vezes torramos na praia e voltamos igual um índio apache e trocamos de pele igual cobra (essa foi pra mim..rs)?

E qual a diferença da bicicleta para agora? Nenhuma! O processo é o mesmo. A vida é a mesma. Você ainda é a mesma. E ainda pode continuar ralando o joelho, dando topada, quebrando a unha, batendo a canela na quina da mesa de centro, falando umas besteiras, batendo o carro, dando uns foras, batendo umas bolas na trave e por ai vai.

Como canta Guilher Arantes “As pessoas sempre têm chance de jogar de novo e errar”. Mas o melhor é que podemos deixar chover, deixar a chuva molhar, pois no meu e no seu peito tem um fogo ardendo que nunca vai apagar.

Escute a musiquinha gostosa ai embaixo… e dê de ombros aos seus erros.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Ninguém passa por essa vida sem…
ago 25th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula6Comprar

Você é a mesma desde aquele acontecimento? Depois desse sofrimento todo, você ainda acredita que é a mesma? Que vê a vida da mesma forma? Que sente as coisas do mesmo jeito? Que as situações são seguras, que ele nunca irá deixá-la e que as ilusões mentais permanecerão aí para sempre?

A resposta é Não!

Sofrer por amor é como ir a uma guerra. Ninguém volta de lá igual. Assim como ninguém passa por uma dor assim sem se tornar outra pessoa. Faz parte do processo. Faz parte do kit reencarnação. E eu acredito que são nessas experiências, principalmente para nós mulheres, que a vida nos confronta, bate de frente, olha para você e diz: “E agora? O que você sabe fazer com você?”.

Você está sabendo o que está fazendo com você?

Fácil não é! Eu garanto! Mas o sabor pós-guerra é fantástico. Passarmos por uma batalha, sobrevivermos e termos histórias para contar não tem preço.

Eu já participei de algumas batalhas, umas internas outras externas, mas hoje eu afirmo que todas elas serviram de alguma coisa. Não foram em vão e me fizeram despertar para diversos dons e talentos nunca antes imaginados.

A vida, o Universo, Deus, tem uma forma estranha, peculiar de nos fazer enxergar certas coisas. Não é falando. Não é explicando. Não é explicitando. Mas fazendo você sentir, experimentar, vivenciar em sua própria pele. Hoje eu acredito que a natureza é sabia. Pois se não fosse assim você entenderia?

Você sozinha, por livre e espontânea vontade compreenderia e avançaria ao próximo passo?

Não! Você continuaria vivendo como um robô. Continuaria sendo usada e abusada, sofrendo as piores consequências por se abandonar, controlada pelas situações e pessoas, acreditando que não possui escolha, vontade própria, arbítrio e poder.

E por falar em poder, já usou o seu hoje? Já escolheu mudar de direção? Já optou em abandonar o que a faz sofrer, escolhendo o que a valoriza?

Difícil? Complicado? Falta força? Falta vontade?

Use a desculpa que quiser. Ainda assim, você está escolhendo. Escolhendo errado, claro! Mas escolhendo.

A vida tem formas estranhas de nos mostrar o que estamos fazendo conosco. Às vezes ela usa a família, outras um chefe medíocre, outras aquela criatura que você até então chamou de “amor”, mas que não passava de uma curva de rio.

Mas a verdade é que independente do sofrimento atual existe algo maior por detrás disso tudo.  Existe alguma coisa sendo sussurrada em seu ouvido que até então você se recusou a escutar. Mas que agora vem de forma escancarada, forte, de frente, atropelando, te pegando a força e te jogando contra a parede.

E agora? O que você faz com você?

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Despertando o Fascínio Aula 6 – Lançamento em Áudio
ago 24th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula6Comprar

“Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer”.

É com essa frase de Mahatma Gandhi que apresento a Aula 6 do Curso Despertando o Fascínio.

Não é uma aula normal. Diria até que se trata de uma aula prática bem dolorida, incomoda, porém essencial para que você se desprenda “daquela” antiga você e assuma seu real poder de manipular as coisas.

Desejo você tem, mas será que faz tudo o que está ao seu alcance para fazer com que sua vida ande? Será?

Aposto que você se pergunta: “Fernanda, eu não sei o que estou fazendo, mas as coisas não andam.”

Ou ainda: “Eu escuto aos áudios, falo com você no skype e fico muito bem. Porém basta uma pequena coisa para que eu me jogue lá no fundo do poço.”

Veja, como você por qualquer cisco, qualquer pensamento, qualquer comentário, vai lá pra baixo?!!  Tua vida é um eterno passeio numa montanha russa. Ora você está empolgada em promover as mudanças necessárias, ora entra em desespero por nada!

Montanha russa desperta fascínio em alguém? Só em masoquista! Mulher que se preza e que cuida do hair, nem chega perto dessa porcaria! E você? Está com o cabelo arrumado ou está parecendo uma doida varrida toda descabelada? Vai lá e se olha no espelho agora…

Se a cabeleira estiver parecendo um ninho de mafagafos, tome fôlego, passe a mão num pente e continue a ler esse texto dando uma tapa na peruca!

Mulher com cara de louca ok! Mas mulher com cabelo de louca nem por um decreto! Reservamos-nos o direito de sermos loucas, mas somos loucas com style! Gastamos mil Obamas naquele tratamento! Parcelamos em dez parcelas de trezentos e cinquentas Dilmas! Mas tá valendo! Ao menos o cabelo se salva!

Se for pra morrer de desespero, ao menos no caixão as pessoas dirão: “Puxa, mas ela tinha um cabelo tão lindo….”

Como esse não é o seu caso amiga, então voltemos à montanha russa…: Sua vida!

Prepare a pomadinha, pois acho que vai precisar. A mudança por vezes dói. Dói largarmos certas coisas que nos agarramos tanto durante tantos anos. Mas é a passagem para um novo ciclo de vida. Melhor que júpiter com Vênus em movimento direto em seu signo!

Mas a notícia boa é que começarei “batendo”, mas terminarei assoprando. Como?

Despertando em você uma energia de atração capaz de modificar inclusive processos químicos em seu corpo. E o melhor de tudo que você nem vai perceber quando eu estiver fazendo. Apenas perceberá na hora em que eu apontar a sensação que você terá em seu corpo físico.

Será uma experiência fantástica!

Ressalvas importantes:

1)      Exercício a ser executado em um local onde não será interrompida

2)      Esforce-se para se concentrar no exercício

3)      Lembre-se das palavras de Mahatma e mantenha firme seu propósito

4)      Não deixe de ouvir e assistir a Aula 5 antes de ouvir a Aula 6

5)      Sensações físicas são normais na execução do exercício. Procure manter-se tranquila e atenta ao que se sente.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Como uma onda
ago 20th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula5Comprar

Ninguém gosta muito de coisas previsíveis apesar delas nos transmitirem certo conforto. Mas será que nos relacionamentos afetivos essa previsão constante é uma qualidade?

Senão vejamos…

Ele age sempre igual. Vai sempre ao mesmo restaurante. Pede sempre a mesma comida. Bebe sempre o mesmo suco. Usa sempre aquela camisa, aquela calça e aquele velho sapato. Assiste sempre ao mesmo seriado. Liga sempre no mesmo horário. E te come sempre do mesmo jeito! Começa assim, vira assado e termina daquele jeito.

E ai? O que você sentiu quando leu o parágrafo acima?

Tédio, não foi? Uma mistura de Animal Planet com programa da Sabrina no sábado à noite.

Agora, porque será que você cria esse padrão de comportamento em seus relacionamentos?

Por que você está sempre lá? Por que está sempre disponível? Por que seus horários giram ao redor dos horários dele? Por que suas atitudes são sempre as mesmas?

Veja, ele já sabe como você se comporta, o que faz, como age, como questiona, seus horários, sua vida e até seu hemograma completo. Ele está seguro, calmo, tranquilo, sossegado.

E qual é a tendência do ser humano nesse caso?

O desafio. O diferente. A procura por coisas novas que o façam se sentir vivo. Você também é assim!

E qual a saída?

Agir como a série de ondas do mar. Ou seja, não estabeleça uma constancia, um padrão, não faça tudo direitinho, do mesmo jeito, não esteja lá sempre, não atenda sempre, tenha momentos só seus, tenha a sua vida, suas metas, aja de um jeito, depois aja de outro, recue quando for preciso, avance sem medo quando a calmaria se estabelecer, pule a onda, mergulhe e não se esqueça do protetor solar.

O melhor afrodisíaco numa relação é nunca sabermos o que nos espera. É pensar no que vai acontecer. Como o outro lado vai reagir. É ficar levemente inseguro porque ela resolveu aprender kung fu. É pensar: “Puxa, essa mulher cada hora inventa uma coisa. O que mais ela pode querer fazer agora?”.

E se o mar ficar revolto? Recue! Dê um passo atrás! Não tente dar braçadas como se estivesse atravessando o canal da mancha. Eu nem sei nadar! Muito menos dar uma de Cielo! Eu espero. Eu fico no rasinho. Dou uma molhadinha e saio.

Acalmou? Ok! Então agora eu vou onda por onda.

“Mas até quando eu tenho que ser e fazer assim?”

Forever! O jogo da vida nunca está ganho. Ele é jogado dia após dia. E agora mesmo você pode fazer tudo diferente!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Homem sem noção
ago 19th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula5Comprar

Já repararam como tem gente sem noção nesse mundo? Homem sem noção então é mato. Falam as maiores atrocidades, um festival de frases sem eira nem beira que muitas vezes nos deixam sem reação.

Mas o pior de tudo é que a grande maioria não tem no momento a presença de espírito de cortar a criatura não permitindo que o discurso esdrúxulo continue. A maioria fica lá com aquela boca meio entre aberta escutando palavra por palavra. E aquelas sílabas parecem ecoar no nosso aparelho auditivo feito cântico gregoriano. Parece que a fala do cidadão fica até em câmera lenta, o cérebro sacode e você tem um ímpeto de ou arrancar a língua do ser ou cair no choro. É ou não é?

Então depois você fica com aquela sensação de quem tinha algum paio meio passado naquela feijoada. O estômago embrulha e você fica lembrando daquele feijão uns 15 dias no mínimo. Você tenta repassar cada detalhe em sua cabeça, como foi, onde foi, porque foi e não consegue chegar à conclusão alguma.

“Onde foi que eu errei?”, você se pergunta.

O nó na garganta parece que não vai passar! E por que desse nó? Porque justamente você queria dizer o que pensava a respeito da mediocridade, do pinto pequeno, do vocabulário pobre, da falta de inteligência e praticidade na vida, porém segurou tudo na boca, engoliu a seco, empurrando para dentro de si toda aquela química outrora produzida.

Mas a boa notícia é que nunca é tarde. Você sempre terá essa oportunidade. Ela sempre vem em algum momento.

Não conseguiu dizer na hora? Sem problemas!

Diga quando tiver oportunidade.

“Sabe fulano, aquele dia em que você me disse x, que eu não era y, que você…Pois então, na época eu não disse, mas vou dizer agora….”

E então diga sem dó. Dê o recado com educação, elegância e caia fora. Não fique lá esperando a resposta. Não queira escutar o que ele tem a dizer. Se na época ele sequer se importou em escutar o que você pensava ou sentia, porque você agora irá fazer essa caridade?

O truque aqui para sair por cima é dizer e não escutar explicações. Não deixe que ele fale. Interrompa! Dê aquele tapinha “amigo” no ombro da desgraça, vire estilo Beyonce e vá embora sem olhar para trás.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Despertando o Fascínio Aula 5 – Lançamento em Áudio
ago 18th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula5Comprar

Quem é você afinal?

Você mal sabe! Perdeu-se totalmente de sua essência. Hoje você se transformou em algo “aprendido”. E por quê? Porque você caiu de paraquedas nesse planeta, passou pela atmosfera e nesse processo, perdeu a própria identidade.

Isso aconteceu só com você? Não! Aconteceu com todo mundo. Faz parte do kit reencarnação.

“Vai lá, caia lá, respire e se perca.”

Mas onde estou então?

Aí dentro! Bem aí dentro! Em algum lugar! Sufocada, escondida, apertada para ninguém ver. E se você está escondida, o que sobra no final das contas?

Ninguém!

E “ninguém” desperta o fascínio em alguém?!

Já viu alguma “ninguém” fazer algum tipo de sucesso? Ser notada? Ser diferente? Alguém quer copiar uma “ninguém”? E beijar “ninguém”?

Para que você possa construir energias adequadas ao que você deseja despertar nas pessoas, você precisa de cara se desconstruir. Você precisa aprender a construir e desconstruir esse corpo plástico. Precisa aprender a modificá-lo. Deixá-lo com outra “carinha”. Igual ao personagem da Aula 4 fez com as essências de perfume.

Não dá mais para você continuar vivendo como se você fosse uma vítima da vida, da sociedade, da família ou dos homens. Você tem o controle e sempre teve!

Nessa Aula em especial, além da palestra em áudio, trago uma série de mini vídeos que eu selecionei para que a ajude a compreender melhor o porque certas pessoas despertam o fascínio nas outras. Qual é a diferença? O que elas fazem? O que pensam? Como se comportam?

Não se assuste, mas eu acredito que você tomará um choque de realidade na hora que assistir a essas mulheres e em seguida lembrar-se de como você se comporta diante de sua própria vida.

Enfim, faz parte do aprendizado. Um dia também esse choque e mudei.

Será que chegou a sua hora também?

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Tem que desprezar?
ago 14th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula4Comprar

Eu não ensino ninguém a maltratar homem aqui. Eu não levanto a bandeira de que homem deve ser tratado no chicote. Muito menos ensino a pisar neles como se pisa em formigas. O que ensino aqui é o despertar da sua valorização, do seu amor próprio, da sua consideração e a importância que você tem pra você, o que de fato é bem diferente.

Mas, além disso, eu ensino outras “coisitas” mais.

Tem que desprezar?

Um minuto de silêncio…..rsrs

Tem certas coisas no inconsciente humano e quando digo humano quero dizer tanto do homem como da mulher que é unânime:

A gente sempre quer o que não se tem. E vou além….

O homem bonzinho que faz tudo por você, você simplesmente não valoriza e ainda diz que “não tem química”.

Para o homem ocorre a mesma coisa. Aquela mocinha boazinha, que faz tudo por ele, que sempre está lá pronta para satisfazer todas as vontades, dedicada….o que ele diz?

“Se eu pudesse escolher com quem me casar, escolheria Fulana Geleia, mas o que eu posso fazer se eu gosto daquela outra que me deixa louco de raiva?”.

E por que isso acontece?

Porque o mundo sofre de baixa estima. Isso não é exclusividade sua.

Logo, se você se sente uma titica de galinha e aparece um estrupício que é um verdadeiro capacho, que endeusa a sua figura, o que você vai pensar?

“Eu sou uma bosta. E se ele me idolatra desse jeito é porque ele é menos do que bosta. Logo, não dou valor, não me envolvo, não gosto, não tem química”.

E com ele? A mesma coisa!

“Ela é legal, é tudo o que espero de uma mulher, mas não sei, acho que não é bem isso o que eu quero. Mas eu vou levando em banho Maria, pois quem sabe eu posso querer depois, caso não encontre mais nada”.

Por isso que eu bato tanto na tecla de que você sempre precisa pensar: “Hei…vamos ver se você vale a pena mesmo. Vamos ver o que você tem a me oferecer. Será que esse daí está pronto mesmo para estar ao meu lado?”

Pois essa postura remete a outra posição. Você deixa de ser aquela coisa ansiosa e medrosa para uma mulher que está acima disso tudo. Logo, acima dele inclusive. E uma vez acima dele, é ele quem correrá atrás de você. Afinal, no inconsciente dele a mensagem recebida é de que “Você até se interessa por ele, porém está avaliando”. E “avaliando” não é ainda algo “conquistado”.

O ser humano não é binário. Existe muito mais “poréns” na cabeça de uma pessoa do que se possa imaginar ou compreender a luz da razão.

E a compreensão desses mecanismos mentais faz toda a diferença no sucesso ou no fracasso de seus planos.

Pense nisso antes de correr atrás de alguém!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Me humilhei. E agora?
ago 13th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula4Comprar

O que mais vejo são mulheres que foram humilhadas ou se humilharam por alguém, mas desejam desesperadamente reverter o jogo.

Primeiro precisamos notar que uma situação específica de humilhação nunca acontece isoladamente. Até o ato em si ocorrer, muitos outros fatos acontecerem antes sinalizando que o cume chegaria a um dado momento.

Por exemplo: Ele começa a preferir sair com os amigos. De repente fica sem tempo. Com muito trabalho. O que o “impossibilita” de encontrá-la ou de enviar uma mísera mensagem.

O que a fadinha faz? Começa a perguntar: “Você ainda gosta de mim? Tem outra? Você quer terminar? Estou com saudades, venha me ver!” E por aí vai…

O que esse homem faz? Afasta-se ainda mais. E por quê? Porque energia de gente carente, insegura querendo grudar dá vontade de sair correndo mesmo. E é isso mesmo o que ele faz. Reforçando ainda mais seu estado de carência, medo e insegurança. Nessa hora a fadinha chora, se descabela e diz “eu não tenho jeito mesmo, vou ficar sozinha para todo o sempre”.

E a Cafa? O que faz?

Some, recua, dá um passo atrás, fica indisponível, na primeira malandragem do camarada. Ela não fala, não dialoga, ela simplesmente some como um vendaval. É ela quem fica atarefadíssima ao ponto de não ter “tempo” para cobrar, falar, ou mandar uma carinha piscando no whats.

“Desculpe mesmo…mas olha…esses dias eu precisaria de 30 horas no meu dia para conseguir dar conta de tudo o que preciso…(risos sutis)”.

E o que acontece?

Aquele tonto que até então acreditava que iria dominar o jogo facilmente, agora é tomado por um desejo súbito de cercá-la, procurá-la, controla-la e roubar que seja um pouco de seu tempo.

“Mas e se eu fiz tudo errado, Fernanda? Me humilhei! Ainda tem jeito?”

Eu digo que sempre tem. Só que o pulo do gato está em você não fazer coisas visando que ele a veja de outra forma, mas sim, fazer de tudo e mais um pouco para que VOCÊ se veja de outra forma. Tudo gira ao seu redor. Logo, todas as suas coisas, inclusive a forma como os outros a veem e a tratam, são reflexo do seu modo de se ver e se tratar. Sendo assim, se eu mudo aqui comigo, o resto todo também muda.

“Ah Fernanda, então se eu começar a olhar para mim e me ver de outro jeito…me diga…em quanto tempo ele virá atrás de mim?”

Analisarei essa sua pergunta:

Então você está “achando” aí na cabeça que você está se olhando diferente, não porque você de fato se vê de outra forma, mas apenas para que “ele” volte rápido?

Ou seja, tudo continua girando ao redor dele! De um terceiro! Quando de fato deveria ser ao seu redor! Você só mudou a roupinha, mas o conteúdo continua o mesmo! Percebe isso?!

Tem jeito? Tem!

Só que a chave de tudo está em você! E não nas coisas que você precisa desesperadamente fazer para que ele volte.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Injustiça e dor
ago 12th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula4Comprar

Existe dupla mais perfeita? Injustiça e dor! E não será exatamente isso que sentimos quando o que nutríamos tanto resolve se desfazer?

Ontem eu li uma mensagem aqui no blog de uma menina que já está algum tempo vivendo na fase da “injustiça e dor”. Mas o que me chamou a atenção foi a seguinte frase: “Acho que você nunca passou por isso para saber o quanto dói…”. Algo desse tipo….

Ora, como eu poderia escrever sobre isso se não tivesse passado? E mais! Quem aqui na face dessa terra não passou por uma situação assim? Quem!?

Não adianta. Tem coisa que vem no kit reencarnação. A gente não passa nessa vida sem ter uma diarreia, pisar num coco de cachorro, tomar uma cagada de pássaro, quebrar um salto ou sofrer a dor do amor. Mas é claro que quando é conosco, acreditamos piamente que só a gente está passando, que todos estão mega felizes, viajando, com namorados e maridos perfeitos, limpos e atenciosos na porcaria daquele “feicibuqui”.

A revolta é brutal!

“Como eu me dediquei tanto, dei todo o meu amor, fiz de tudo e agora sou humilhada?”.

Claro! Queremos matar a criatura que nos fez sofrer! Não nos conformamos! E queremos que ele se lasque em gênero, número e grau com tudo que se tem direito. Queremos a criatura pobre, feia, medíocre, infeliz e com o saco no joelho. (Desculpem-me os termos esdrúxulos, mas eu preciso retratar bem vossos pensamentos).

Só que isso é um período. Dura algum tempo e depois se dissipa.

Mas quanto tempo?

Depende de você!

Você pode sofrer dois meses como dois anos. É você quem escolhe quanto tempo será.

E ai? Quanto tempo mais?

Por isso que eu brinco, eu faço piada, faço qualquer coisa para que a pessoa se sinta melhor. De algum jeito, seja colocando o ódio para fora, chorando ou rindo, ela vai reagir.

E esse “reagir”, o ato de se levantar, vai na velocidade da sua consideração, do seu amor, da valorização com você mesma. Se você se tem como algo muito, mas muito importante, você se levanta rápido. Chora, xinga, amaldiçoa, acende a vela preta, entrega pro diabo e enterra a questão. Por quê? Porque você é mais importante para você! Porque você confia na vida e sabe que independente do que esteja acontecendo é para o seu melhor. De algum jeito, do jeito estranho do Universo, mas é sempre para o seu melhor.

Seja para um grande salto, uma grande ideia ou um avanço financeiro. De um jeito ou de outro é para o seu crescimento!

“Mas dói crescer Fernanda….”

Dói sim! E nascer dente também não dói? O parto não dói? Deixar o traseiro duro não dói?!

Portanto meninas do meu coração que estão passando por esse momento prestem atenção aqui em mim:

Eu também passei por isso… e algumas vezes na minha vida…mas ainda estou aqui…e aprendi muito ao longo de todo esse processo. Aprendi sobre o meu valor, meu amor, minha mente psica, meus desejos, meus sonhos, sobre homem que vale a pena e homem de merda. Tudo sempre contribuiu para o meu crescimento e meu amadurecimento. Logo, afirmo aqui de carteirinha que vai passar. Essa dor, esse sofrimento, esse sufoco, essa angústia, essa sensação de que vai enlouquecer, vai passar! Vai! Vai sim!

Então comece agora mesmo a cuidar muito bem de você. Seja sua melhor amiga. Se dê seu ombro, sua mão e seu colo. Vai passar….

E só para finalizar: Tomara que o pinto dele caia….

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Sabonete não se aperta
ago 11th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula4Comprar

O que acontece quando você aperta um sabonete? De duas uma: Ou ele se desmancha ou escapa de suas mãos, certo?

E por que você tenta fazer exatamente isso com as situações ou com as pessoas?

Sabe que eu noto que 95% das pessoas? (sim, pois os 5% restantes já conhecem o mecanismo do fluxo do universo e não comete mais essa burrada)

Que o medo e a insegurança são dois fatores 100% presentes em vossas vidas. A tal ponto que qualquer pequeno cisco diferente do que manda o figurino, já é motivo para iniciarem o processo de “apertar o sabonete”.

Querem ver um exemplo típico?

Você começa a sair com um Cristo novo. Ótimo! Nos primeiros quinze dias a coisa vai bem. A terceira semana entra e você já começa a ficar nervosa. “Será que isso vai dar certo? Será que ele está se envolvendo? Será que tem outra na jogada?”. Começa o festival do “Será”!

Então bastou um dia em que ele não mandou mensagem, ou que resolveu encontrar os amigos ou preferiu ficar em casa dormindo, para o processo do sabonete correr solto.

É justamente nessa hora que o desespero toma conta e você pensa “Não posso perder esse Cristo que demorei tanto tempo para encontrar. Afinal, eu não me interesso por qualquer um. Preciso dar um jeito de amarrá-lo ao pé da mesa. Ferrrnnnannndaaaaaa preciso de uma consultoria urgente…..”

Só que você não percebe que quanto mais trabalha para tentar segurar a criatura, mais ele parece distante. Quanto mais você espera aquela mensagem, ai que ela não chega. Quanto mais você deseja que ele se aproxime, mais ele se afasta.

Que coisa sádica é essa Universo!!! Quando eu quero, ele não quer! Mas quando eu nem quero mais, ele aparece?!

O nome disso é sabonete minha cara!

Você apertou, cercou o frango, tentou segurar com unhas e dentes…e ele escapou…se desfez…acabou-se o que era doce.

Eita desgraceira! E dá-lhe choro!

Moral da estória: Sempre quando você começar a sentir os primeiros sinais de que “precisa segurar tudo com muita força para não escapar ou dar certo”, abra a mão, deslize o sabonete, faça espuma, coloque-o gentilmente no porta-sabonete para descansar e vá passar uma boa máscara reconstrutora nos cabelos.

Observação: Não fui eu quem inventou esse mecanismo sádico. Com certeza alguma entidade ou sei lá o que bem sarcástica que desenvolveu esse mecanismo do universo tudo ao contrário do que pensamos. Em todo caso, é assim que funciona, então vamos que vamos.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Despertando o Fascínio Aula 4 – Lançamento em Áudio
ago 10th, 2015 by admin

 

DespertandoFascinioAula4Comprar

Fascínio é algo manipulado, moldado, provocado. As que estão acompanhando desde a primeira aula, já estão notando as diferenças provenientes de reações até antes não vivenciadas.

Nas três primeiras aulas executamos técnicas de reconexão, realinhamento e mudança de campo energético, nessa ordem. Apenas com as três primeiras aulas, a mudança já foi notória.

O feedback que obtive nas últimas semanas, principalmente pelas consultorias Skype foi extraordinário. Afinal, quando nos é devolvido o poder de atração, de decisão e de amor para conosco, nossa vida passa a ter outro sentido. Como é bom ser notada, vista, apreciada e até invejada novamente! Há quanto tempo você estava escondida aí dentro?

Mas agora a partir da Aula 4 é que a coisa fica séria. Bem séria eu diria!

Ao longo de muitos anos me dediquei a compreender as técnicas de fascínio, manipulação da mente humana, mais precisamente da mente masculina. Aprendi desde então muitas delas, testando as mais variadas formas de indução e influência humana.

Mas uma delas foi um divisor de águas em meus estudos: A alteração da forma como os outros percebem e visualizam nosso campo energético. Com a manipulação dessa percepção, podemos modificar a forma como as pessoas nos veem, nos percebem e nos sentem.

Por isso que eu falo tanto que pouco importa a sua aparência física. Isso na prática nunca foi mandatório no seu poder de atração. E eu justamente tive a prova quando apliquei essa técnica.

Começaremos essa Aula 4 despertando o último elemento primordial para a consciência plena de seu campo de energia. Faremos isso juntas, por intermédio de uma indução feita por mim. E na sequência darei início as instruções iniciais teóricas e explicativas do funcionamento, culminando na aplicação prática em sua vida.

Não é a toa que psicopatas do mundo inteiro a praticam tão bem, ao ponto de enganar até mesmo as pessoas mais espertas e experientes do setor. Quando assistimos a entrevistas das vítimas sempre escutamos “ele me pareceu uma pessoa tão decente… tão sincera…”, ou ainda “jamais poderia imagina que aquela criatura com um semblante tão ingênuo pudesse ser capaz de…”.

Claro que meu intuito aqui não é transformar ninguém em uma psicopata doida e desenfreada. Mas sim, ensinar através de técnicas específicas, formas de despertar o fascínio nas pessoas.

As técnicas repassadas nesse curso, em nenhum momento tem a intenção de promover a maldade, muito menos em transformar mulheres em tiranas. Apesar de que uma “maldadezinha” às vezes, cair bem…(abafa….).

Portanto critério, bom senso e amor no coração são muito bem vindos, na hora de escolher um Cristo para testar o procedimento, combinado?

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Vaso ruim não quebra
ago 7th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula3Comprar

 

Quem nunca ouviu essa frase? Vaso ruim não quebra! E não quebra mesmo! A pessoa toma uma rasteira, tentam derrubá-la, vai até parar na UTI, faz uma visita rápida a São João na porta do céu, bate na trave e volta. Afinal, coisa ruim é dura na queda, é carne de pescoço, é tinhosa, é teimosa e ninguém se mete a besta.

Já viu alguém se meter a falar besteira ou se meter na vida de gente ruim? Não! O pessoal tem medo. Afinal, todo mundo tem medo de gente ruim e louca.

Louca? Opa! Tocamos no ponto crucial. É ótimo ser louca. Com louca a gente pisa em ovos, diz ”por favor”, pede desculpas por existir, estende o tapete vermelho e é só sorrisos.

É ou não é? Você trataria Britney Spears igual trataria Duquesa Kate? Claro que não! Uma é louca a outra é Cafa (No bom sentindo claro! Deixe-me esclarecer antes que a Rainha me mande cortar a cabeça igual o antepassado dela fazia com as wifes).

Louco a gente não trata igual! Louco tem privilégios, pode falar qualquer coisa, fazer qualquer coisa, que o povo ainda acha engraçadinho. Todo mundo sorri pra louco. Aquele sorriso meio com medo, se tremendo inteira de medo, mas é incapaz de vir com aqueles papos de “sabe o que eu acho….”. Louco manda enfiar o “acho” você sabe muito bem onde.

O que você anda ganhando sendo a boazinha, boa samaritana, espartana, ponderada, comedida, espiritualista budista apostólica umbandista romana? Conta aqui pra tia?

As pessoas a respeitam ou passam por cima como se você não existisse? Escutam o que você tem a dizer ou a cortam no meio da frase? Chegam até você com passos trêmulos ou peitando como Ronda Rousey?

Será que não está na hora de você deixar vir para fora quem de fato você é? Será que não está no momento exato de virar a mesa?

“Ah, mas Jesus mandou dar a outra face….”

Que face? A minha tratada no botox e na vitamina C é que não vai ser. Quer dar a sua? Ok! Vá em frente. Continue levando..levando…levando…e o povo aproveitando…sugando…arrancando tudo o que pode.

Olha minha gente, eu vou falar a verdade aqui: Eu já tomei muita pancada nessa vida. E as coisas pra mim só começaram a mudar quando deixei de ser a coitadinha, bonitinha, que as freiras pregavam que eu deveria ser. Quando deixei de lado esses pensamentos de tenho que parecer “normal”, tenho que estar dentro dos padrões aceitáveis, tenho que contentar a todos, tenho, tenho, tenho, tenho…..é que comecei a ser feliz e ganhar dinheiro.

Eu prefiro ser um vaso ruim, espinhento e venenoso, porém feliz e rica do que uma violetinha debaixo do sol do meio dia.

Bora todo mundo virar cacto!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Retardar Alarme
ago 6th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula3Comprar

 

Hoje de manhã foi triste para eu acordar. Desliguei o alarme do celular três vezes antes de me levantar.

E na terceira vez que fiz isso percebi uma coisa: Quantas vezes fazemos isso com o alarme da vida?

Quantas vezes paralisamos no tempo, nos enraizamos em determinadas situações, nos agarramos em pessoas de modo que nossa vida permaneça estagnada?

Escuto muito isso aqui! “Minha vida não anda. Minha vida não vai pra frente. Nada acontece. O que eu faço?”.

Onde você parou afinal? Em que ponto foi? Por quem foi? Há quanto tempo ainda está ai? E vai ficar até quando?

Vejo meninas jovens marcando passo em relacionamentos vazios e que só as fazem sofrer. Ah se elas pudessem ver as coisas com meus olhos. Ah se elas pudessem identificar que podem mudar tudo o que sentem de um minuto para o outro! Mas infelizmente, cada uma só vê, ouve, sente com seus próprios sentidos. A natureza foi imensamente sábia quando deu a cada um as ferramentas necessárias para sentir e criar. Cada um é responsável por si e só por si e por tanto com o arbítrio garantido pelo Universo, pode assim direcionar o rumo do próprio destino.

Pra que adiar o inadiável? Pra que continuar no mesmo lugar, se você pode calçar seu tênis de corrida e bater em retirada rumo à vitória com toda a sua potência? Afinal, de uma forma ou de outra, o tempo passa. E passa para todo mundo. Aliás, o fator determinante para a realidade é o “tempo”.

Olhe um carro em movimento em uma estrada. Agora tente acelerar essa imagem do carro em movimento o máximo que puder em sua mente. Sabe o que acontece? O carro desaparece. E sabe por quê? Porque é o tempo, que determina a existência dele. Louco isso, não é mesmo?

O que significa dizer que se você acelerar o estado, a imagem mental que você possui aí nessa realidade em que vive, você pode simplesmente fazer com que essa realidade miserável desapareça e dê vazão a uma completamente diferente.

Eu sei que esses conceitos são novos para você. Logo você que faltou na aula da teoria da relatividade!

Mas o que eu quero que você pense com esse texto de hoje, é quantas vezes na sua vida você retarda o alarme e continua dormindo. Sabe, naquele estado meio acordada, meio dormindo? Fora, quando você não erra o botão, e seleciona o “desligar” alarme ao invés de apenas dormir por mais 10 minutos. Então acorda de repente desesperada porque perdeu hora. Aí o tempo já passou, você perdeu a hora, perdeu momentos preciosos, perdeu oportunidades, perdeu, perdeu, perdeu….

E então, o que vai ser? Vai continuar perdendo? Ou vai se levantar ativamente rumo ao seu sucesso?

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Não está acontecendo nada
ago 5th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula3Comprar

 

Olhe em volta. Está acontecendo alguma coisa? Agora nesse momento? Um meteoro vai se chocar com a terra no próximo minuto? Tem alguém com uma ponta de faca na sua barriga? Não. Não está acontecendo nada.

Agora observe a sua cabeça. De meteoro a vou ficar sozinha morando de baixo da ponte forever está bem ali. Tudo acontece dentro dessa cabeça. Novelas são escritas, dramas, tragédias, catástrofes, o mundo vai acabar e você não comprou aquele sapatinho desejado porque o saldo do cartão de crédito se esgotou. É um turbilhão de pensamentos por minuto.

E agora? O que fazer com a cabeça?

A resposta é nada! Nada, simplesmente porque cabeça é isso mesmo. Ela sempre vai pensar o que não deve. Ela sempre por um motivo ou outro acessará partes de sua memória que desencadeará pensamentos e sensações.

O que fazer então?

Não embarcar nos pensamentos! Tenha o discernimento para compreender o que é apenas “cabeça” e o que de fato está acontecendo.

Quer fazer uma experiência?

Observe aí esse pensamento totalmente sem pé nem cabeça que a está corroendo nesse momento. Agora deixe a cabeça de lado e olhe em volta. Está acontecendo alguma coisa? Não!

Você não irá para trás das grades porque não pagou a fatura do cartão, você não chorará o término daquela relação para sempre, não vai ficar sozinha até o fim dos tempos, nem morrer vítima de uma avalanche. Não! O ebola não vai te pegar! Já tem até vacina! Por via das dúvidas, não vá para Serra Leoa! (risos). Afinal, o que você faria em Serra Leoa? Por acaso tem alguma loja da Victoria Secrets para você comprar hidratante?

Olhe aí! É só mais um dia, uma manhã, assim como foi ontem. Hoje mesmo você pode decidir mudar a cor do cabelo, o corte, o estilo de se vestir, de pensar e de viver a vida. Você pode mudar tudo de um segundo para o outro apenas escolhendo o que deseja ou não pensar.

Mas como faço para parar a cabeça?

Ela não vai parar! Não vai! Mas a forma como você lida com esses pensamentos é que faz toda a diferença.

Quer acreditar que você é uma azarada, que nada dá certo na sua vida, que sua área afetiva não tem solução? Ok! É uma escolha.

Mas que tal escrever uma estória nova a partir de agora? Que tal largar de mão aquela estória do “retorno do que nunca foi”? Que tal dedicar-se ao que de fato interessa?

Sua vida!

Chega dessa conversa de que fui injustiçada, porque mentiu, enganou, fez, aconteceu….Ficar repetindo o filme para todo mundo escutar e opinar só reforça essa coisa ruim que você sente aí dentro.

Ao contrário disso, foque sua atenção em algo que a alimente, a acalme, a anime, a deixe leve.

Não! Não é pra contratar o PCC para acabar com a vida daquela curva de rio!

Mas uma velinha pretinha…pretinha….tá liberado…(risos).

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Homem sofre?
ago 4th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula3Comprar

 

Homem sofre? Sofre! Igual a uma mulher? Claro que não! Mas que sofre, ah isso sofre! Mulher sofrendo solta a língua. Homem se fecha num casulo.

E homem chora? Off course! Igual à mulher? Quando ninguém está olhando, igual a uma criança. Afinal, por incrível que pareça e por mais que o diabo tenha tentando ensinar no Curso Como deixar uma mulher louca, esse “step” foi em vão. Nenhum deles conseguiu aprender corretamente. Se o tivessem aprendido, não teriam inventado a célebre frase “Homem não chora”.

E o que faz um homem sofrer?

Pense aqui comigo:

Homem é prático. Se algo coça, então será coçado. Se algo está fora do lugar e incomoda, então deve ser ajeitado (estou falando das bolinhas de gude). Está com sono? Nem Shiva o fará ficar acordado. Se ele quer, ele vai, ele faz e então quer “conversar”. Se um sapato aperta, então ele será encostado no fundo do armário, será doado ou mesmo jogado no lixo. Ele não voltará a usá-lo apenas porque custou caro, está na moda, ou porque combina com aquela saia de chamois com taxas, linda e caríssima que você comprou.

Se dói? Jogará futebol, pegará onda ou vai saltar de paraquedas. Não falará de seus problemas, não pedirá opinião e fará uma música ganhadora do Prêmio Multishow.

Algo do tipo: “É o amorrrr. Que mexe com minha cabeça e me deixa assimmm. E faz eu….” ou ainda quem sabe “Você não vale nada mas eu gosto de você. Não vale mas eu gosto de vocêêêê. Tudo o que eu queria era saber por quê!”.

E por que calcinha preta?

Acho que a própria música responde:

“Eu quero ver você sofrerrrrrr
Só pra deixar de ser ruim
Eu vou fazer você chorar, se humilhar
Ficar correndo atrás de mimmmmm..”.

Ficou claro? Sábias palavras!

Será sendo boazinha, com dozinho que você conseguirá algo nessa vida? Vai ser respeitada por acaso deixando qualquer desavisado passar por cima de você?

Não!

Como disse na referida música do compositor Dorgival Dantas você tem é que ter “sangue de barata e boca de vampiro!”, roubar-lhe o coração e fazê-lo se acabar na mão!

Que letra sublime!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados