Seja bem-vindo ao novo Fazer um Homem Correr Atrás!

Mente Divina ou Mente de Franga?

Praquemestasofrendo

 

Quem assistiu ao vídeo de ontem, deparou-se com uma expressão curiosa chamada de “Divine Mind” que significa “Mente Divina”. É uma bela expressão, não acham? E onde será que ela está afinal? Como a acessamos?

Simples! Ela se encontra na mesma região cerebral que a nossa boa, velha e conhecida “Chicken Mind”, ou comumente chamada por mim de Cabeça de Franga. Ambas estão numa mesma localização e são acessadas da mesma forma.

Quer ver?

Pense numa coisa que você queira muito. Pensou?

Você viu uma primeira imagem em sua mente, certo? Um lampejo de imagem, do jeitinho que você quer, seguida por uma voz que diz “Isso é muuuuito difícil… não é pra você…. sabe quanto custa? Tá doida? Isso nunca vai acontecer. Você não tem capacidade nem competência. Ela é melhor do que você”.

É ou, não é? E por quê?

Porque as duas mentes estão localizadas no mesmo lugar! Porém aprendemos a apenas “escutar” a voz de franga intermitente. Ninguém aqui aprendeu a pensar com a mente divina! A mente divina nada mais é do que nossa criatividade sendo colocada em ação, num momento de criação íntima sua com você, dentro de você, só pra você, porque você quer assim! Só isso!

Dentro de você, dentro de sua mente, dentro do seu campo energético, você pode ser, ter, fazer, sentir o que você bem quiser, sem moral, sem certo, sem errado, sem ético, sem ridículo, sem absurdo, sem impossível. Você pode qualquer coisa!

Só que tem uma coisinha…

Para a mente, seja a de franga, como a divina, não existe “TEMPO”. Esse tempo que nós contamos, que nós conhecemos, simplesmente não existe.

Quer uma prova?

Afaste-se do planeta terra e o tempo que você conhece passará mais devagar. A isso os cientistas chamam de “Lapso de Tempo”. E se o tempo longe da terra não é como o nosso daqui, qual a diferença do meu pensamento criador aqui e lá? Nenhuma! Seu pensamento ocorre na mesma velocidade de um elétron!

Quer outra prova?

Olhe-se no espelho! Sim, no espelho.

Sabe essa imagem que você vê? Já foi! Não existe mais! Você está vendo algo que já está no passado, porque a imagem demora um “lapso de tempo” para ser captado por sua visão, chegar até o cérebro, esse a processar do jeito que ele “conhece e acredita”, traduzir segundo suas crenças e assim comprovar o que você chama de realidade. Antes dessa última parte chamada por você de “realidade”, a sua imagem no espelho nem existia para o seu “eu”.

O que eu quero dizer com esse texto confuso e complexo para uma terça-feira?

Que tudo o que você vê nada mais é do você criando o tempo todo. Que tudo o que você chama de realidade, aquela que São Tomé tanto prega, não existe antes de você dizer aí dentro que “EXISTE”.

E quanto mais você se dá conta disso, mais você olha para as suas coisas físicas, para a sua realidade, para as experiências. E então você compreende que em algum “lapso de tempo” passado, você se “identificou” com aquilo e esse “aquilo” passou de uma forma ainda desconhecida para nós, a ser bem possível de acontecer. E quando isso ocorre, sua mente cria sensações físicas, que criam vibrações específicas, que se sintonizam com vibrações iguais, criando assim coisas, situações, que justificam o que é “real” dentro de você.

E se eu tiver mais de um pensamento diferente? Posso criar diversas realidades?

Sim! Os cientistas chamam de “Universos Paralelos”. Mas eu vou parar por aqui porque já deve estar atacando a labirintite e a enxaqueca em todo mundo com esse papo…rsrsrs

 
 

Posts relacionados

  1. H Meirelles, 16 de maio de 2017 - 9:37

    Fernanda, eu não estou conseguindo entender o seguinte: como eu paro de vibrar a falta para vibrar o que eu quero? Eu penso no que quero o tempo todo, mas se não tenho o que quero, não estou vibrando a falta disso? Como vibro corretamente para as coisas que desejo se manifestarem? Acho que muitas de nós tem essa dúvida! Obrigada!!! beijos!!

    • Ana Deise, 16 de maio de 2017 - 12:00

      H Meirelles, desculpe me intrometer mas vc já esta dando a resposta para o universo quando você diz “não tenho o que quero”, vc pensa só que si no final vc vier com essa frase não vai ter mesmo.
      Querida foque no que vc tem e o que vc vai fazer quando tiver aquele desejo, que tal mudar a frase..
      Estou fazendo isso e muita coisa mudou por dentro o audio da mentalização guiada da Fe é muito bom …

  2. Lalá, 16 de maio de 2017 - 10:14

    Fer, vc poderia falar a respeito de repetição de comportamento familiar? Como isso afeta as nossas vidas. Tks! bj

  3. Renatinha, 16 de maio de 2017 - 10:30

    Bom dia.
    Santa Fernanda cientista.
    Te amo.
    Obrigada por explicar melhor o vídeo de ontem.
    Beijos

  4. Ludi, 16 de maio de 2017 - 10:31

    Gente,
    Preciso compartilhar isso! Ontem fui ver uma casa e estou treinando o meu leão a me orientar. De cara eu achei ela um pouco sombria, triste, energia densa, mas como o local era bom decidir entrar. Ao conversar com a dona e sua filha, disse me que queria alugar por dificuldades financeiras, muitas dívidas, etc. Papo vai e ela solta que boa parte de sua situação era em virtude da separação do canalha do ex marido. Disse que ele traiu pela primeira vez com a empregada doméstica, ficou louco e depois do almoço disse que ia deixá-la na casa com as crianças depois de 20 anos de casamento. Com isso teve que recorrer na justiça pelos seus direitos… Não sabia muito o que falar e concordei: se a Sra. tem direitos deve lutar por eles. E a filha falou: mas ela está há 37 ANOS BRIGANDO NA JUSTIÇA COM ELE. Naquele momento vi o motivo de toda aquela falta de prosperidade e sufoco: ela está presa nesse relacionamento todo esse tempo e a sua energia está bloqueada fechando os caminhos. Ela não solta está união que já morreu. A filha continuou: e essa briga não pára, toda hora ela encontra mais motivos para processar ele e todos os bens que ela já adquiriu, não consegue vender nenhum. Gente, essa situação ao vivo e a cores foi uma lição de vida para mim…Nao deu certo, agradeça a lição e siga em frente. Não podemos bloquear a força da vida seguindo o fluxo, por isso que a Fê fala tanto que devemos confiar. Óbvio que não vou ficar na casa, a energia tá muito pesada, meu leão já disse que não e falou: você só foi neste local para aprender esta lição…E continue a nadar… rs
    Rainha obrigada por vc existir, esse insight não ia acontecer nunca, jamais,sem você. Beijos a todas!!!

  5. Ana Deise, 16 de maio de 2017 - 11:12

    Caramba Fe, acho que tudo que ferra é as nossas criticas limitantes eu fui criada em um lar que dizia sempre q homens não prestam , acabei guardando isso e achava normal nao ser tratada como rainha era normal namorar homens bostas, na finanças tbm escutava tem q trabalhar duro pra ter algo, nasceu pobre vai morrer pobre , foi assim que m lasquei pq fiquei criando coisas q validava essas crenças..
    Pois depois que eu conheci vc eu fico indignada quando penso no que eu deixei entrar na minha vida mas não sou mais criança não acredito mais nisso dei o foda-se ( desculpe o palavrão) mas quando penso q poderia ser tudo diferente.
    Como vc sempre diz no seus audios”Tome posse do seu PODER ” ..
    Gratidão ! Anjo..

  6. Cris, 16 de maio de 2017 - 11:27

    Fer, a última vez que estive com o Gumer foi há 2 meses. Apenas nos afastamos. Estávamos naquela fase do “vai levando pra ver o que acontece” e nada aconteceu. Esse domingo ele mandou mensagem, conversamos um pouquinho, e ele diz que está com saudades… Pra que? Tava quase esquecendo o cabra… Agora, tô toda cagada aqui. Que inferno.

  7. Cris1, 16 de maio de 2017 - 12:25

    Fe, pra quem tá se recuperando há quase 2 meses é normal ainda ter se “forçar” pra ficar bem, ou já é tempo demais? Li no “Peça e será atendido” que com menos de 1 mês dá pra subir consideravelmente na escala de emoções. Tô me sentindo sofredora-mor, tem como imprimir velocidade nisso?

    • Maria Fernanda, 16 de maio de 2017 - 12:59

      Cris1

      É super normal sim! A coisa é um processo mesmo. A diferença é que com o passar do tempo, qd vamos conhecendo melhor a vida, as leis e até a gente mesmo, não demoramos mais para sairmos disso. Além do que, damos a devida importancia a cada coisa.

  8. Jana, 16 de maio de 2017 - 12:37

    1)Fêr,como não tenho a réplica lá do P.S,me responde só essazinha e eu prometo largar a merda desse assunto pra lá,se esse cara quiser voltar,que venha como HOMEM falar com todas as letras!Cansei!Hj ele pela manhã,ele mandou: “Minha mãe está aqui,vai ficar aqui até sexta.Se sua mãe puder ou quiser chamá-la pra ir aí um pouquinho,pelo menos sai do apto um pouco”. CRETINO! A questão é,nem eu e nem minha mãe quer essa palhaçada mais,só respondi um “Ok”,e não vamos chamá-la pra vir aqui,não temos essa obrigação.Grilei com esse cara,tmb tô perdendo a paciência de responder amigavelmente as msgs dele,posso ser monossilábica daqui p/ frente?
    2) Teria algo q eu pudesse fazer pra baixar a bola desse imbecil?

    • Maria Fernanda, 16 de maio de 2017 - 12:58

      Jana

      Vc quer ou não voltar com ele? Vc não percebe que o que ele quer é manter o contato, que está rodeando vc?

  9. Cafa Master, 16 de maio de 2017 - 16:25

    Fer, tudo bem?! Estou ouvindo o “Solte seu problema ao Universo” e percebi que há algum tempo soltei o problema. Quando o assunto surge corto na hora, me bate um cansaço, não quero ouvir e nem tenho energia para falar a respeito. É isso mesmo? E depois que a gente solta, quanto tempo leva para o Universo resolver a questão? Só acontecesse após eu colocar toda a energia de empenho no caso ou pode ocorrer durante o processo? Minha questão é exatamente a que você contou no áudio, achei incrível, a vida é mesmo perfeita. Gratidão, Diva! Que você continue nos ensinando tanto sempre!

  10. DU, 16 de maio de 2017 - 17:28

    durante essa semana aconteceu uma situação , que se repetiu demais:
    Eu estou em algum local publico e simplesmente um pedinte vem, pede dinheiro paras as pessoas que estaoo na mesa ao lado, proximas a mim, olha p mimnha cara e vai embora. a pessoa pede pra todos menos p mim. isso significa que eswtou passando uma vibração de não ter? sera q a pessoa sente que já nãqo vou dar mesmo e nem ousa? o que significa???

    • Maria Fernanda, 16 de maio de 2017 - 21:09

      Du

      Significa que vc não é “invadível”…Na verdade isso é muito bom!

  11. Carol B, 16 de maio de 2017 - 20:16

    Gente, to indignada. Não sei se to pensando errado ou finalmente to pensando certo. Fê, quero sua opinião e claro a das meninas. Tem um cara enchendo o saco pra sair comigo, eu não to a fim. Porém, minha mãe fica falando pra eu sair como amiga. Acabei de constatar que é furada. Vc acredita que o cara disse q vai me levar num lugar X, mas que só pode dia de semana, pq lá é mt caro e dia de semana é mais barato e tem promoção? Porra, me lembrei do meu ex. Senhor, a minha alma quer correr do meu corpo, pq sabe que é tamanha furada! Meninas, estou errada? Eu sinto q isso nao é o q eu mereço, na verdade, eu nao tinha nem q ter escutado isso!

    • Ci, 16 de maio de 2017 - 21:30

      Eu correria desse cabra! Homem querendo economizar logo no primeiro encontro é o fim da picada! Sobre sua mae, não é porque é mae que sabe de tudo… Siga sua intuição em relação a esse bofe.

  12. Manda, 16 de maio de 2017 - 21:47

    Fer,
    Quando as pessoas chegam perto só para criticar por que não estou namorando ,qual seria a melhor resposta para essas criaturas ? Falam que vou ficar encalhada .

    • Maria Fernanda, 17 de maio de 2017 - 9:04

      Manda

      “E a sua periquita? Tá em dia?”
      Se ela responder que sim….diga: “Engraçado..não parece…kkkk”

  13. Mermaid, 16 de maio de 2017 - 21:58

    Lala, a Fernanda já falou comigo a respeito dos padrões. Somos sim, influenciados pelos padrões do meio social em que nascemos (a psicanálise estuda bem isso), mas esses padrões podem ser (com vontade, foco e reestruturação do Eu) ressignificados. Ou seja, podemos nos libertar se não de tudo, pois nos forma, mas da parte que não serve para nós… Beijos!

  14. Rita, 16 de maio de 2017 - 23:55

    Olá, Fernanda!
    O site está muito bonito! Parabéns!
    Que prospere sempre 🙂
    Só passei para parabenizá-la e te perguntar, se for possível responder, sobre um negócio estranho que aconteceu comigo nesta semana. A minha vida profissional e financeira está indo muito bem, estou saldando as dívidas, economizando e fazendo planos. E a coisa está num embalo tão maluco que o meu salário foi depositado duas vezes! Quando ouvi o saldo por telefone não acreditei, mas depois que confirmei o erro do financeiro da empresa, eu tive a sensação de “alegria de pobre”. O que pode ser, Fernanda? Um dinheiro que “veio do nada”, mas que ainda não é meu? Foi o universo que bateu na trave nas minhas preces por mais dinheiro na vida? Beijos

  15. Elisa - A Original, 17 de maio de 2017 - 8:10

    Carol B
    Realmente foi muito indelicado da parte dele! Mesmo que essa seja a realidade dele não convém te falar! Talvez ele quisesse que vc pensasse: “Poxa…ele está se esforçando”. Mas mesmo assim pensamento super errado o dele. Não desfazendo da pessoa, mas vc merece um cara que tenha mais noção né, pelo amor de Deus!

  16. LUCIANA MACEDO, 18 de maio de 2017 - 11:07

    Fernanda por favor me responda. Estou numa fase estranha com meu Gumer, estamos afastados apesar de gostar demais dele. O cara ficou estranho de um dia pro outro. Não atendia minhas ligações, não respondia mensagens, começou a dar sumiços diretos. Acontece que tínhamos planejado uma viagem de férias. Tudo reservado: hotel, passagens aéreas. Minha dúvida é cancelo essa viagem? a passagem no nome dele não tem como trocar.. Estava tão empolgada com essa viagem! Agora não sei como fazer

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *