Seja bem-vindo ao novo Fazer um Homem Correr Atrás!

Ele está se afastando

DespertandoFascinioAula6Comprar

O bicho sumiu, desapareceu, escafedeu-se. Vocês tiveram um último encontro ótimo, ele já havia até apresentado aos amigos, as coisas pareciam estar indo muito bem obrigada, mas de repente assim do nada ele pareceu recuar. Mais do que isso! As mensagens ficaram escassas, os encontros parecem rarear, o trabalho dele parece que ficou mais intenso ao ponto que não permite que vocês se encontrem mais com tamanha frequência.

Que desespero hein! A sensação que temos é querermos segurar aquilo de todo o jeito. Ficamos perdidas sem saber como agir.

Mas o caminho nesses casos é um só: Fique na sua. Quietinha.

Não se afobe. Não tente apertar o sabonete com as mãos. Não tente conter a água, pois ela vai encontrar um buraquinho entre seus dedos para escapar. Apenas fique na sua. Inerte.

Você inerte?

Piada não é mesmo? Quer ação mais difícil nessa vida do que ficar inerte? O teu impulso inicial é procurá-lo, mandar uma mensagem, convidá-lo para algo ou ainda pior: Questioná-lo pelo afastamento. Isso quando ainda vem com aquelas perguntinhas batidas como: “É comigo? Você não está mais afim?”

Nunca faça esse tipo de pergunta! Mesmo porque ele não irá dizer a verdade. Ele dirá que é o trabalho, os estudos, as provas, um problema familiar, cansaço e por aí.

E de fato podem ser todas essas alternativas.

Mas o que difere um afastamento efetivo de apenas um problema temporário é o tempo que isso dura.

Quinze dias é um tempo razoável para problemas no trabalho, provas e cansaços. Aliás, mesmo estando cansado, dentro de 15 dias ele irá dar um jeito de encontrá-la.

Porém se um afastamento dura mais do que esse tempo numa ladeira até chegar ao precipício, existe apenas um jeito de inverter esse jogo:

Fazendo a mesma coisa que ele. Imitando as mesmas desculpas que ele está usando.

Por exemplo: Ele sumiu cinco dias inteiros. Nada de mensagem, ligação ou encontro. Quando a desgraça aparecer o que ele dirá? “Nossa trabalhei tanto esses dias. Estou exausto. Não parei.”.

E o que você deve responder?

“Do que você está falando?”

Ora, ele sabe perfeitamente que a está negligenciando, porém com essa sua pergunta, você o faz se abaixar. Mendigar seu perdão, por intermédio de explicações intermináveis acerca do desaparecimento dele. E é ai que ele começa inconscientemente a se esforçar. Até então ele era o bonitão que a deixou no vácuo por cinco dias. Porém com apenas uma frase, você fez com que esse homem passasse a querer se justificar e fazê-la compreender.

Mas então após a explicação surreal do infeliz, você vem com o tiro de misericórdia:

“Sério mesmo que já faz todos esses dias que não nos falamos? Nossa! Eu devo estar com a cabeça na lua mesmo. Também pudera eu não parei esses dias todos. Meu dia passava e eu nem sentia. Parece que foi ontem mesmo que nós nos falamos. Ah desculpe por estar assim tão avoada. Acho que é a quantidade de coisas que me proponho a fazer e depois para dar conta já viu. E por falar nisso, estou de saída. Posso te chamar mais tarde?”

E aí meu amor não chame!

Você pode ter certeza que ele vai voltar a marcar presença.

Aprendido?

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Posts relacionados