Seja bem-vindo ao novo Fazer um Homem Correr Atrás!

Angústia

DespertandooFascinioAula7

Você já sentiu angústia? Está sentindo nesse momento? E por que será? Já se perguntou? Qual será o estopim para esse tipo de emoção? Sim é emoção e não sentimento como a maioria pensa. É emoção porque vem em ondas.

Em ondas?!

Exatamente! Quando você gargalha não vem uma coisa em ondas de baixo para cima? Não percebeu? Então vamos pra aquilo que você é mestre: Chorar.

Quando você chora, não acontece a mesma coisa? O choro vem em ondas. De baixo pra cima, culminando naqueles soluções intermináveis e aquela cara de sapo boi.

Com a angústia acontece a mesma coisa! Só que o eu quero que você perceba é que suas emoções são todas construídas pelas manifestações da mente. Logo a sua mente?!

Perfeitamente! Logo essa sua mente psica que você quer arrancar fora! É ela a responsável por tudo o que você está sentindo nesse exato momento, incluindo sensações de impotência, ódio, tristeza, revolta e abandono.

Tudo é a mente! Aliás, diga-se de passagem, depressão é ódio disfarçado.

Eu vou repetir pra você que está aí com essa cara de “ninguém me ama ninguém me quer eu vou ser freira no São José”: Depressão é ódio disfarçado. Você queria matar essa ilusão que criaste na cabeça acerca de algo (preferencialmente ele) e aí se coloca na posição de vítima pois é mais acalentadora e empurra esse ódio lá pra dentro do peito. E então o que acontece? Depressão!

Percebe, minha querida?

Percebe como as ilusões que fazemos na cabeça acerca das situações, das pessoas, dos “deveria ser…” fazem os maiores estragos em nosso coração?

Claro! Afinal, você criou uma imagem mental que ele era “assim e assado”. Um grande homem! Logo ele? Aquele estrupício que nem tem pra ele quanto mais pra você?! E uma vez criada essa imagem mental, você iniciou um processo de uma lista de “deveria”. Ele deveria ser mais amoroso, atencioso, carinhoso, comprar uma casa, um cachorro, uma quatro por quarto cabine dupla e ficar comigo forever. Ok! Mas o que ele queria mesmo era comprar um corsa em 60 prestações sem entrada, beber cerveja vendo o “mengo” jogar e tirar o tártaro dos dentes uma vez ao ano no plano odontológico da empresa!

E então quando a coisa não sai do jeito que a gente imaginou e obviamente não engolimos, o que acontece? Angústia!

Angústia nada mais é do que um fato passado ocorrido que não aceitamos.

Mas se você olhar em volta verá que esse mesmo fato não está ocorrendo mais. Já ficou no passado! Ora o que está no passado, não passa de ilusão. Assim como o que está no futuro! Por que? Porque está tudo na sua mente! Não está acontecendo nada!

E como faz Fernanda pra fazer isso parar?

Como diz nossa filósofa funkeira Ludmilla: “Aceita que dói menos”.

Mas é isso mesmo! Aceite! Ele é o que ele é: Aquela coisa! A situação é aquela é pronto! Não dá pra ser diferente! Você fez o que dava e não dava pra ser de outro jeito, porque na época você só conhecia aquilo e daquele jeito. Então pronto! Está tudo certo!

Repita ai: Está tudo certo. Ele é o que ele é. E eu fui o que deu pra ser.

Ponto final!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Posts relacionados