Seja bem-vindo ao novo Fazer um Homem Correr Atrás!

Ansiedade

DespertandooFascinioAula7

Semana passada conversamos sobre angústia e chegamos à conclusão que ela é causada por intermédio de fatos passados que não digerimos e continuamos lembrando e revivendo na mente.

Já a ansiedade é o oposto. É a espera do futuro, obviamente com um “que” de catastrófico, dramático e inseguro. Típico de nossa cabeça. Hoje estima-se que uma a cada quatro pessoas sofre de ansiedade crônica. O que significa dizer que todas as pessoas sem exceção sofrem de ansiedade em alguma área da vida e em um determinado grau. Logo, concluímos que se sentir ansiosa é algo normal, natural e típico do ser humano.

Mas o que acontece quando o assunto é algo que ganha maior importância em nosso pensamento? Ansiedade aguda claro! E se embarcamos nos pensamentos dramáticos da cabeça? Ansiedade crônica! E então tudo o que tem a ver com aquele tipo de assunto seja com esse Gumercindo ou outro, seja com esse seu emprego atual ou outro, seja com a dieta Dukan, da sopa ou da lua, a ansiedade exercerá seu papel.

Percebem que a sua ansiedade não é por conta dessa pessoa que lhe tira o sono atualmente? Se substituíssemos a criatura e colocássemos outra com a mesma listinha de opções de “possível príncipe encantado” no lugar, a ansiedade funcionaria da mesma forma?

E aquela prova?! Aquele concurso? Aquela entrevista de emprego? Aquele chefe?

A mesma coisa!

Mas o pior de tudo isso é o que a ansiedade faz com nossas coisas. Uma coisa é a ansiedade que dura 5 minutos. Mas acho que essa ninguém sente aqui. A que sentimos é aquela ansiedade presente 24 horas por dia, sete dias por semana, 365 dias por ano. É aquela ansiedade presente, potente, poderosa, capaz de trancafiar toda nossa vida, nossos caminhos e os acontecimentos que tanto queremos.

Sim! Ansiedade trava os caminhos e impede que o fluxo natural das coisas ocorra. E aí você tem aquela sensação de que nada vai pra frente, que está tudo parado. E está mesmo! E é você quem está segurando com teus pensamentos.

E como controlá-la?

Procurando pensamentos que parem o fluxo de diarreia cerebral!

Eu não conheço outra forma a não ser pensar:

“Vai adiantar eu ficar tão nervosa e com os nervos à flor da pele? Não. Então sei lá. Vamos ver qualéquié. Vamos ver quem ele é. Vamos ver no que vai dar. Quando acontecer então eu decido. Afinal nada é tão desesperador, apavorador ou dramático para tanto. Se existe uma situação que me preocupa então a tratarei como um grande empresário trataria numa fusão de empresas. Deixarei a psicagem de lado e me concentrarei apenas na situação nua e crua, sem drama, sem choro, sem pobre de mim.”

Experimente pensar assim. Experimente começar a olhar para essas questões aí que você tanto se bate tentando encontrar uma solução, com o olhar de um Grande Senhor. Como um grande administrador agiria? O que diria sobre a situação?

Sairia correndo em círculos feito uma galinha cacarejando ou sentaria calmamente em sua cadeira, com uma bela xícara de café?

Como você acredita que Donald Trump se comportaria com esse Gumercindo da vez?

Sim, exatamente como você está pensando: “You are fired. And now give me a black coffee.”

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Posts relacionados