Seja bem-vindo ao novo Fazer um Homem Correr Atrás!

Posts relacionados

  1. Domitila, 10 de novembro de 2017 - 14:24

    MARAVILHOSO VIDEO….

  2. Jujubeta, 10 de novembro de 2017 - 19:05

    Oi Fe! Amo seus textos e videos! Vc me ajudou a achar meu valor q eu tinha esquecido e hj minha vida é outra, sua abençoada ~somos todas <3

    Me diz uma coisa… Tive um relacionamento turbulento (ficadas e terminos) por causa de genio forte dos dois durante o ano passado. Parei a palhacada e mandei pastar. No final do ano ele deixou d ser otario e pediu em namoro. No inicio do ano ja pediu ate em casamento. Só q em abril a gente meio q se descuidou e estamos gravidos.

    O relacionamento ta otimo, fora uns lapsos de desanimo q ele tem na vida pqtá com depressão. Qria sugerir umas dicas suas pra gente gravidinha não perder o amor próprio, continuar se amando e se cuidando e linda e sexy, pq percebo q muitas ficam c receio d serem deixadas d lado por causa do momento, pq o cara para de achar sexy… Passei por umas nóias do tipo e queria compartilhar c vcs. Dá sua opinião num video, Fe! Sobre não permitir que a maternidade te tire do centro de sua vida nem q seu homem te trate só mae do bbe e não mais como mulher dele.

    É isso! Um beijao e tudo de bom!

  3. Coelhinha Astuta, 10 de novembro de 2017 - 22:23

    Eu ouvi leis do destino, abrindo caminhos e  livre-se dos bloqueios. Terminei ontem de ouvir todos

    E estou aplicando. Não arranjei ninguém mas também não to preocupada não, como você mesmo diz o universo que se vire. Se não vier o top agora também não quero.

    Agora qual o proximo passo? Qual o pulo do gato?

    E sabe Fer eu ja tô a fim é do creme de la creme, que um macho ja ta pouco pra mim e esse material seu tem um potencial pra muito mais do que um maridinho bacana.

    Você criou um monstro kkkkkkk

    Cade o nivel hard? A diretoria? O que você recomenda?

  4. eu, 11 de novembro de 2017 - 7:51

    Fê, mandei algo p vc. so me diz, por favor, o q vc acha da situação, se tá bom ou se preciso reduzir!
    bjoo

  5. Lizz, 12 de novembro de 2017 - 7:56

    Fernanda, me aconselhe. Sai de uma relação problemática há sete meses. Me foquei em esquecer o traste, percebi que mesmo gostando ele me fazia mal. Durante esse tempo tratei de mim. Eis que surge há um mês no meu caminho um homem maravilhoso, me trata super bem. Fernanda eu percebi com ele que a relação onde estava era completamente absurda, eu não era amada. Este cara faz tudo por mim. Mas tenho dois motivos que me estão deixando apreensiva. Um é porque ele é sete anos mais novo que eu. Não sei se não chegaremos ao ponto de perceber que temos objectivos diferentes, embora eu já tivesse marcado a minha posição de que quero mais tarde ou mais cedo construir família e ele ao contrário do outro que era mais velho reagiu com naturalidade e respondeu que quando duas pessoas se gostam arranjam sempre maneira de ficar juntas. O outro motivo foi que fomos fazer compras juntos, ele ia fazer-vos jantar pra mim e fez, mas eu paguei a conta e ele não falou sequer em dividir. Ele vem aqui a casa muitas vezes, eu pago casa,contas, não quero de todo ele vivendo à minha custa. Como dar a volta a isto e mostrar subtilmente que tem que partilhar? Quero que de certo Fernanda, porque este homem me trata como eu mereço! Nunca nenhum outro me tratou tão bem, foi tão dedicado, diz o que sente de forma segura. Como combater estas pequenas inseguranças?

  6. Tristeza, 12 de novembro de 2017 - 23:22

    Fe estou muito triste, me sentindo um lixo, só de falar ja choro, conheci um.cara no aplicativo, descobri q ele era casado, mas continuei saindo c ele, umas 6 vezes em 2 meses, mas sem sexo, hj resolvi ceder, fazia um tempo q a gte n se falava nem se via.Fomos em Samba, ele resistiu c medo de alguém ver, e depois de 1 hora fomos embora p motel, so q no final não me previni e falei q precisava do remédio, ele disse q estava sem dinheiro e q era operado, resumindo na volta com um clima horrível falei p ele parar em farmácia q eu ia comprar, mas q nunca mais queria ver ele, e qdo paramos na farmácia, qdo sai ele tinha ido embora, me largou la a pé…peguei uma condução e fui p casa, me sentindo um lixo, estou tão triste,não tenho palavras p explicar…ia mandar msg p esposa, mas preferi me poupar…n sei o que fazer enviei uma msg de texto falando entre outras coisas q ele era ridículo e outras abobrinhas.qria q ele se arrependesse e visse q sou mto melhor q ele

  7. Paulinha, 13 de novembro de 2017 - 9:42

    Bom dia Fernanda. Preciso de um conselho. Estou namorando a três meses com um cara, ele é legal, independente, bonito, interessante, mas não estou apaixonada. Estávamos indo bem, nos divertiamos juntos, ele fazia planos, eu sempre com o pé atrás, acho que por já ter apanhado tanto da vida não consigo me envolver com tanta facilidade. Acontece que fiz uma “coisa feia”, dei uma olhadinha no whats dele como quem não quer nada e peguei uma conversa com um teor desagradável com uma mulher. Fiz o que senti vontade na hora, não sei se foi a cabeça de franga ou meu lado racional, mas enfim tá feito. Coloquei o sujeito pra fora da minha casa às 2 horas da manhã sem dó nem piedade. Fiquei cega de raiva, não consegui ouvir nem os argumentos dele e muito menos os pedidos de perdão. Acontece que ele continua no meu pé, implorando por outra chance, disse que não fez nada além da conversa, que foi um momento de bobeira e que está arrependido e que quer me provar o quanto gosta de mim. Em alguns momentos tenho vontade de dar outra chance, mas em outros penso que se der outra chance vou estar traindo a mim mesma. Ai que difícil!! Help!!

  8. Susu, 13 de novembro de 2017 - 11:00

    Bom dia!!

    Estou tentando há alguns dias escrever para a Maria Fernanda, porém não tenho conseguido… Vcs podem encaminhar e eu aguardo um retorno dela por gentileza.

    Fê, bom dia!

    Já sigo seu blog há um certo tempo, e tenho aprendido muito com você.

    Venho de um relacionamento de 3 anos, onde nos conhecemos já 10 kkkk, já tivemos um lance bem no passado e desde o final de 2014 q estávamos juntos.

    Pois bem, há um certo tempo eu andei brigando com meu namorado por conta de beber demais, e estar sempre com os amigos… Na semana passada no domingo após o jogo do corinthians ele chegou pra me buscar TRANSTORNADO de tanto que bebeu, pois bem… No domingo eu não briguei e nem falei nada, na segunda-feira ele me mandou msg como se tudo estivesse normal, pois bem, não estava e eu não estava legal, não podia bem ver ele em minha frente! Respondi a msg e mais tarde eu toquei no assunto referente ao domingo, disse q não gostei q estava tentando entender o pq dele ter ficado daquela maneira e ter mentido para mim, ele se desculpou disse q se empolgou com o jogo e disse q havia passado já.. Eu apenas respondi, uhum, tabom!
    Quando foi a noite ele me mandou msg de boa noite, eu apenas respondi ele 4 horas depois. E não falei mais com ele e nem ele cmg…
    Quando foi no sábado ele me mandou uma msg perguntando se não íamos conversar e eu respondi q sim, e ele foi até minha casa a noite!

    A Conversa foi a seguinte:

    Ele: Pode falar…

    Eu: tirando a minha indignação em relação ao domingo, e q vc me assustou, acredito q não tem como continuarmos assim…

    Ele: Eu não estou feliz, já é a terceira vez q a gnt fica sem se falar pelo menso motivo, eu sei q não estou te fazendo feliz, está na sua cara q vc não está bem comigo…

    Eu: Realmente não está, se pra vc é dificil mudar essa postura sua, é melhor mesmo q a gnt termine por aqui.

    Ele: Eu não estou em condições de te dar uma vida melhor, estou com problemas em casa, no trabalho, vc sabe, q situação financeira está bem dificil… ( Nisso ele começou a chorar )…

    Eu: Entendo vc, sempre fui sua companheira e nunca te exigi nada, eu não posso aceitar vc descontando seus problemas pessoais em nosso relacionamento, e isso tem afetado direto a minha pessoa, é horrível sair com alguém bêbado…Agora se vc não me ama mais, seja sincero … ( Ai q ele chorava mais ainda e tremia )….

    Ele: Não é isso, é q fica dificl eu te prometer q vou mudar, e daqui 2 semanas eu bebo e ai, como a gnt fica?

    Eu: Não fica! Se vc não pode mudar a sua situação, se nosso relacionamento fica em segundo plano e vc prefere o bar e os amigos, infelizmente vai viver sua vida q estamos conversados…

    Ele: Começou a chorar, eu abracei ele, ai q ele chorava mais ainda!

    Eu: Segurei sua mão e disse, é isso! E desci do carro…

    Não vou negar q escorreram algumas lágrimas, mas fui tão calma quanto a nossa conversa, q ontem quase morri de tanto chorar, mas hj estou bem! Só me diz, se seus ensinamentos foram válidos kkkkkkkk pois estávamos com planos de nos casar o próximo ano!

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *