Seja bem-vindo ao novo Fazer um Homem Correr Atrás!

Encare um abismo, mas não pule para dentro dele

RikaVirusAula4


Já reparou quantas e mais quantas vezes você já esteve diante de um abismo sem nem se dar conta que estava prestes a pular num relacionamento que faria sua vida virar um espaguete?

Costumo comparar certos tipos de relacionamento a “buracos negros”.

Você sabe o que é um buraco negro?

São áreas que existem no espaço onde o que chamamos de gravidade é tão forte que nem mesmo a “luz” consegue escapulir. Em outras palavras, qualquer coisa que caia nesses “espaços” se desintegra, explode, vira poeira cósmica.

E porque chamo de “relacionamento buraco negro”?

Porque são invisíveis! Não emitem luz alguma! Ora, se não emitem luz nenhuma, como fazemos para identificar um e não correr o risco de ser sugado para dentro dele?

Como você faz para saber se esse relacionamento em que você se encontra é um deles ou não?

Identificando sua presença pela OBSERVAÇÃO de seus efeitos nas estrelas ao seu redor. Ou seja, observando se as estrelas estão sorrindo felizes, ou estão sendo tragadas aos berros com rivotril na mão direita para dentro de algo que não se vê, mas apenas se sente! É como se você estivesse num quarto totalmente escuro tendo que tatear para encontrar um interruptor!

Mas será que um buraco negro é tão negro quanto parece?

Será que se ficarmos alguns minutos no escuro não conseguimos fazer com que nossa visão se adapte ao ambiente, fazendo com que enxerguemos ao nosso redor, nos dando possiblidade de ir até a luz?

Será mesmo que ao olhar para esse relacionamento, você não consegue identificar se está à beira de um abismo ou não? Será que você já não está hoje dentro desse buraco negro? Perdida? Sem saber como agir? Como pedir ajuda? Onde encontrar ajuda? Onde encontrar o interruptor? Onde está a luz?

Nós precisamos aprender a reconhecer um.

Mas como? Olhando os acontecimentos das estrelas ao redor da galáxia! Em outras palavras, olhando como está a sua vida! Olhando como você se sente! Você sorri ou chora? Você dança sozinha ou cerra os dentes pensando naquela maldita curtida naquela foto daquela lambisgóia? Você está feliz, fazendo planos para a jantinha de hoje à noite ou preocupada se ele vai sair pra balada, encher a cara de cachaça e pegar qualquer coisa que se mexa?

Se o seu coração palpita descompassadamente e não é por amor, mas por nervoso, se você tem crises de choro, não consegue se concentrar em mais nada, se sente cansada e exaurida:

Corra! Feito Bolt! Mesmo que você tenha 1,50! Nade de braçada 100 metros rasos como Phelps! Mas saia daí! Se está doendo, corra! Se está apertando e oprimindo o peito, corra! Se tem lágrima rolando solta, corra! Não pare! Não olhe para trás! Apenas bata em retirada.

Encare o abismo, mas não pule para dentro dele.

Sinta os efeitos de um buraco negro, mas não se aproxime.

Talvez você não o veja assim, porque a escuridão presente seja tão intensa que a cegue de ver o que de fato acontece, mas então, ao menos dê um crédito ao que você está sentindo agora e então…corra daí.

Eu não vou deixar você ser aniquilada por um desses.

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 
 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7 MateaFadaGeleiaComprar

Posts relacionados

  1. Ouro Branco, 6 de janeiro de 2017 - 18:32

    Meu último relacionamento foi tipo isso. Ele era boa pessoa, mas nosso namoro não dava mais. Eu mais chorava que sorria, estava assim como no seu texto. Hoje, depois de alguns meses de término, percebo que foi melhor assim. Minha auto estima estava muito destruída e até minha vida profissional saiu do prumo. Hoje já me vejo bem melhor em comparação a antes. Estou me resgatando, tentando focar novamente na carreira. As pessoas que convivem comigo já me falaram que estou mais leve e feliz. Estou conhecendo outra pessoa, mas o melhor de tudo é que estou conseguindo ficar mais feliz com minha vida por mim mesma. Buscando fazer tudo que eu gosto. Estou sendo feliz nesses últimos dias. Única coisa que me preocupa ainda é a questão do emprego, mas sei que vou resolver isso tb. Você me ajudou muito e suas palavras são muito verdadeiras!! Nelas estou encontrando forçar para ser a melhor versão de mim mesma. Ainda vacilo às vezes (muito), mas já noto melhoras até na minha postura ao andar. Hoje só quero agradecer! Eterna gratidão por sua vida e por seu site!!!

  2. Elisa, 6 de janeiro de 2017 - 18:46

    Vc descreveu certinho o que é esse tipo de relação. O meu buraco negro foi tão intenso, que até hj 4 anos depois ainda sinto alguns efeitos dele. Vc,seu site e seus audios me ajudam muito diariamente.É uma luta diária, parece doença. Obrigada Fer por tudo.

  3. Ana Deise, 6 de janeiro de 2017 - 19:29

    Oie Fe!! Voltei aqui kkk dei uma sumidinha estava em ferias maravilhosas mas sempre lendo os seus textos.
    Caramba como eu mudei depois que entrei nesse site grata por tudo e feliz 2017.
    Eu sinto no meu peito uma paz imensa pela primeira vez nao estou sofrendo por ninguem nao estou gostando de ninguem, eu espero muito a atitude do outro eu observo mesmo e si sinto que ele não esta agindo certo eu corro kkkkk
    Sabe Fe eu quero muito dar certo com alguém mas nao vou lutar por ninguem.
    Vejo minhas amigas sofrendo por cada merda nao curtem mais as vidas delas o mundo gira em torno do que sera q ele vai mandar msg kkkk Eu era assim nossa da ate arrepio sei que estou em evolução mas ja melhorei muito.

  4. Deh, 6 de janeiro de 2017 - 20:41

    Fe bom dia e meninas!
    Preciso saber sua opinião sobre Tinder, resolvi fazer um pra ver “qualéqueé” mas aí ficou na cabeça aquele texto em que fala que raramente dá certo quando vc inicia contato com o homem. No caso no aplicativo você dá um like então inicia né, o que pensa sobre isso FÊ? Tem como dar certo com alguém que vc contatou primeiro?
    Está aparecendo uns boy bons por lá e tirar essa dúvida me deixará tranquila para continuar ou não.
    Obrigado!

    • admin, 6 de janeiro de 2017 - 23:54

      Deh

      Ué..até dá…tudo depende muito na sua postura seguinte…experimenta…

  5. fernanda, 6 de janeiro de 2017 - 21:10

    Olá fernanda , acompanho seu site desde dos 16 anos , sofria muito por ser magrinha e ter orelhas meio grandes ,depois que comecei a ler seus texto eu mudei muito e hoje com 19 anos já penso em como era boba em ligar pra defeitos que nós mesmas inventamos…obrigado por tudo , salvo todos os seus textos no meu celular…
    Sua energia é maravilhosa , beijo e um grande abraço

    • admin, 6 de janeiro de 2017 - 23:54

      Fernanda

      Já viu o tamanho das orebas da Gisele Bunchen? kkkk

  6. Bá, 6 de janeiro de 2017 - 21:12

    Eu chorei, mas de EMOÇÃO ao ler seu texto Fer, até enviei uma pergunta pelo site hoje, mas só agora consegui parar pra ler o texto, e vou te dizer que me tocou fundo DEMAIS … “Você sorri ou chora? Você dança sozinha ou cerra os dentes pensando naquela maldita curtida naquela foto daquela lambisgóia? Você está feliz, …”
    Eu vejo as pessoas postando no face a palavra “gratidão” que até virou modinha, ao te ter como amiga e ter seu site como campo de ajuda, eu consegui entender finalmente a palavra GRATIDÃO! Obrigada pela força, mas um texto que vou guardar. – se puder me responda o outro comentárioo! NAoo vou fazer por aqui mesmo! Eu ja fiz tudo oq você mandou, DELETEI TODOS DO FACE, insta, whats e pensei que fosse ficar de coração apertado, me sentindo culpada ou mal… QUE NADA, que libertação estou sentindo e quero continuar sentindo, se eu ver que to parando de sentir eu corro pra você! E se ele aparecer perguntando o porque que deletei ele do face, o que eu respondo para continuar me POSICIONANDO ADEQUADAMENTE?
    um beijo linda, vc esta sendo a minha estrela do buraco negro

    • admin, 6 de janeiro de 2017 - 23:53

      rrs…responda assim: “Face? Deletei? Como assim? Nem mexi em nada! Ué..vc não é a primeira pessoa q me fala isso…”

  7. J, 6 de janeiro de 2017 - 21:27

    Fernanda, você acha que um casamento pode dar certo se a mulher não suportar a sogra? Eu não suporto a minha e sinceramente não a quero dentro da minha vida por nada nesse mundo. Estou agindo errado em não querê-la por perto?

    • admin, 6 de janeiro de 2017 - 23:52

      J

      Infelizmente é a mãe dele…e vc o colocará numa situação horrorosa, dividida entre vcs dois. O ideal é fazer a “lindinha” pra ela…concorde com ele e a elogie muito pra ele. Se ela fizer algo contra vc chore e se faça de vítima pra ele….mas jamais…jamais…fale mal da sogra

  8. Bele23, 6 de janeiro de 2017 - 22:15

    Fer, Lembra de mim? Sou aquela da semana passada q a camisinha rasgou e eu estava desesperada.. rsrs.. Só estou passando pra te agradecer, pois depois de falar contigo, eu pude me tranquilizar mais e respirar sem aquele aperto no peito. Mudei minha vibração na hora. E sempre que vinha aqueles pensamentos, eu lembrava das suas palavras: “Você não tem nada.. nadinha!”.. rsrs..Acredita q eu me senti tão bem que até uma vaga de trabalho do nada apareceu pra mim?! E olhe, q eu estava a muito tempo desempregada. Obrigada de verdade, Fer! Por esse site ma-ra-vi-lho-so. Se não fosse você, acho que eu já tinha pirado, pq eu estava num estado de desespero tão grande… mas que bom que está dando tudo certo! Bjs. E feliz ano novo pra vc! 😉

  9. ALICE QUEIROZ, 6 de janeiro de 2017 - 22:55

    vc falou tudo, leio seu texto e me identifico totalmente. e agora me sinto fortalecida e encorajada a cair fora. Obrigada

  10. Barbara, 6 de janeiro de 2017 - 23:26

    Olá Fernanda tenho 22 anos e ainda sou virgem me sinto menos do q as outras mulheres que não são mais,e tenho medo de fazer sexo tenho uns 3 meses de namoro fora o tempo que ficamos e ainda não consegui ter relações com ele.. chega na hora eu travo.. vc sabe me dizer o motivo? O q me aconselha a fazer?

    • admin, 6 de janeiro de 2017 - 23:49

      Barbara

      Pode ser pressão da familia, religião, valores aprendidos…muitas coisas…vc se sente culpada? O importante é usar camisinha semmmpre! De resto é algo natural da vida.

    • Carol1, 7 de janeiro de 2017 - 1:48

      Barbara, eu tbm demorei e tive medo, comigo foi com 19 anos, e acredite, hoje me arrependo, poderia ter esperado mais e talvez com outra pessoa… Tenta ver se é com ele q você quer viver isso, e se for mesmo, não fica ansiosa, que as coisas vão fluir…bjs

    • Babi, 7 de janeiro de 2017 - 9:26

      Menina comigo só aconteceu aos 24 e me sentia igual a você.Hoje vejo que foi besteira me sentir menos por isso.Então relaxa, tudo tem seu tempo.

  11. Alice T., 7 de janeiro de 2017 - 0:55

    Fêr

    Vivendo um sonho atras do outro e a culpa é sua….

    Tô até chorando de emoção, queria muito te dar um abraço!!
    Provavelmente estarei em Santos dia 25/01…

    Muito obrigadaaaaaaaaaa

  12. Ma Anynha, 7 de janeiro de 2017 - 4:52

    Olá barbara! Mulher não se sinta menos por isso não. Eu Tb sou e não me sinto menos que ninguém, isso é só um detalhe. Beijos e boa sorte! :***

  13. Elisa, 7 de janeiro de 2017 - 7:42

    URGENTE!
    Fer quando acesso os audios no mulher cafa com login e senha, vejo que aparece quem está on line. Eu não gostaria que meu nome inteiro aparecesse. Como podemos resolver isso? Achei sinceramente que fosse uma área particular!!!

    • admin, 9 de janeiro de 2017 - 19:27

      Elisa

      Só aparece pra vc…srss…
      Mas se vc quiser, vc pode alterar seu nome lá no seu cadastro…vc mesma pode fazer…

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *