Seja bem-vindo ao novo Fazer um Homem Correr Atrás!

Sobre homens com filhos em Áudio

Cafa_Autoestima_Comprar4



ATENÇÃO:  Acesse diretamente o site www,mulhercafa.com.br e clique no botão “Matricule-se”. Efetue o pagamento pelo Pagseguro e tenha acesso imediato ao áudio.

Esse áudio era para ter sido publicado na sexta. Porém, eu não sei aqui o que eu fiz, que eu publiquei e o exclui em seguida.

Esse pequeno áudio fala sobre homens com filhos. Aqueles mesmos que saíram de um casamento e agora vem já com pacote completo. Como lidar com isso?

Clique aqui para ouvir a Introdução

 

Atenção: Meu Instagram para quem perguntou é Maria Fernanda Amaral (fernandaamaralbrag)

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Posts relacionados

  1. Andréia, 14 de junho de 2016 - 21:42

    E falar mal dos demônios dos amigos, pode né? 😀

  2. Nina, 14 de junho de 2016 - 22:35

    Bom dia,

    Então Fer, e como lidar quando a ex joga os filhos contra a atual namorada ? No atual relacionamento, uma das filhas que tem 11 anos, a mãe usa essa menina para me provocar, fica em cima do pai o tempo todo, não dando espaço nem para eu sentar do lado dele, e antes ela não agia assim, pelo contrário, se isolava…agora resolvi adotar outra atitude, ao invés de ficar com raiva, eu simplesmente faço questão de tratá-la melhor do que antes e ainda dou beijo, ela fica fria, mas penso que dessa maneira não entro no jogo da ex. Correto?

  3. Pin Up, 15 de junho de 2016 - 0:29

    Ainda não ouvi Fer, mas vou escutar com todo amor e carinho, existem casos e casos neh? Existem homens com filhos e homens reprodutores….
    Parece que tudo aqui no blog tem caído como luva pra mim nos últimos dias kkkkkkkk

  4. Claudia, 15 de junho de 2016 - 0:36

    Olá. Sobre relacionamento com homens com filhos:
    já passei por dois, então posso falar. Já fiz até terapia. Mais de uma vez, para aprender a lidar com a situação.
    Nada adiantou.
    O melhor conselho que dou a uma mulher: JAMAIS se relacione com HOMENS COM FILHOS. JAMAIS.
    É sofrimento na certa.
    O cara vai ser sempre um homem dividido, O TEMPO TODO. Não é só aos finais de semana. Você vai ter uma ex praticamente vivendo na sua casa, pq ela liga o tempo todo, ela frequenta o face dele, o whatsapp dele. E a você, minha amiga: cabe só o trabalho: vc vai não vai poder NUNCA ralhar com o filho (pq é briga na certa ou com a ex ou com seu marido, ou ambos), vai ter de cuidar das roupas do filho do cara, do quarto que ele dorme, da comida – e às vezes, comida diferenciada da sua – é isso mesmo. O filho do cara (salvo RARAS exceções) nunca vai gostar muito de você (pq no fundo ele queria ver o pai dele com a mãe dele). E seu marido espera (cobra!, ainda que de um modo velado) que você ame o filho dele, quase como se fosse a mãe dele. Ou seja: relacionar-se com um homem com filhos é trazer o INFERNO para dentro da sua própria casa. NUNCA MAIS você vai ser emocionalmente estável. Todo mundo caga na sua cabeça: o filho, o marido, a ex, os sogros. E a sociedade. Sim, minha amiga: porque ninguém entende o seu sofrimento. Só entende quem já viveu a situação. Vou repetir: só entende quem já viveu a situação.
    Eu tb não entendia até o dia que vivi tudo isso.
    Claro que existem exceções, mas são exceções.
    QUER SER FELIZ POR INTEIRO? FUJA DE HOMENS COM FILHOS.

  5. Cris, 15 de junho de 2016 - 0:47

    Bom… seu blog me vale mais do que sessões de terapia. Compro seus cursos… e-book… Queria que você falasse da situação oposta. Sou divorciada tenho 3 filhos lindos. Meu marido foi embora quando o caçula nasceu, (no dia em que nasceu), lembrando que a filha do meio estava com apenas 1 ano, para viver com outra mulher. Éramos considerados o casal “perfeito”. Sou filha única, criada na fé cristã, passamos por todas as etapas até chegarmos ao casamento. Estou separada há 4 anos e já superei. Deus é muito generoso comigo e com meus filhos. Sou independente, tenho bom emprego, meus pais são maravilhosos, minha vida é uma correria… rs Fico triste porque o pai das crianças não se importa com eles, como se tivesse apagado o passado da memória. Nem a família dele se importa. Hoje, estou me sentindo angustiada, porque terminei um “namoro”, em que o rapaz diz que sou tudo que ele sempre sonhou, mas não me aceita como mãe. Foram vários momentos em que me dizia isso, eu aceitava na esperança de realmente ser amor e ele me aceitar como sou! Ele já está com outra e diz que gosta de mim. A dor não passa… Me sinto um ET por ter meus filhos! Meu sonho era ter 3 filhos, mas após o divórcio, me sinto culpada por tê-los… Rezo todos os dias pra Deus curar meu coração. A sensação que tenho que ninguém irá me aceitar como sou.

    • Claudia, 16 de junho de 2016 - 11:14

      Oi, Cris!
      Olha… nunca se arrependa de seus filhos!!! Eu gostaria de ter tido 3 filhos, tenho apenas um (que é uma bênção para mim), pois antes dele tive 2 abortos… Achei que não fosse ter mais nenhum filho. Hoje ainda falei com uma moça de 35 anos que há 10 está tentando engravidar…
      Há filhos e filhos, mas conheço muitos casos em que eles são muito mais companheiros das mães do que os maridos. Meus irmãos por exemplo são maravilhosos com minha mãe, principalmente depois que meu pai faleceu.
      Sobre o seu ex nunca procurar seus filhos: sinceramente? Até acho melhor para você. Pois quando você conhecer alguém que te ame de verdade, ele poderá assumir seus filhos como se fosse pai deles. Vocês vão ser uma família de verdade! Isso é muito melhor para seus filhos do que as situações de pais que buscam filhos aos finais de semana. É um relacionamento superficial, pois mais que o pai ame os filhos.
      E como você ganha bem, não acho difícil você encontrar alguém que ame você e seus filhos também.
      Talvez o sujeito pode até ficar um pouco assustado no início ao saber que você tem 3 filhos. Se põe no lugar do cara: ele ganha você e leva junto mais 3 filhos, de uma vez só? Assusta um pouco, certo?
      Ele deve pensar que pode não ser aceito pelos seus filhos…
      Afinal todo mundo quer um lar de paz, né? Deve passar pela cabeça dele se um dia morar com você e a convivência com seus filhos ser um inferno pra ele. Então vá com calma, vá mostrando ao cara que você dá conta de educar seus filhos sozinha, inclusive financeiramente. Assim ele vai ficando mais seguro.
      Pense positivo! Acho muito mais fácil uma mulher com filhos ser bem-sucedida em relacionamentos futuros do que um homem com filhos.

  6. Claudia, 15 de junho de 2016 - 1:19

    Vou citar 3 exceções bem-sucedidas que conheço de perto:
    1) a mulher atual do cara (ele tem uma filha de 25 e um de 27) mora na casa dela, numa cidade próxima. Ela tem a vida dela, independente da dele. O relacionamento já dura 12 anos, está excelente! Ambos têm hoje 60 anos. E ela disse que JAMAIS vai morar com o cara. E ela é gente boa à beça! Detalhe: os filhos moram até hoje com o cara. A ex assumiu um relacionamento com outra mulher, ou seja, não está nem aí para o cara, pois o negócio dela é mulher.
    2) a moça já tinha 2 filhos, um de 10 e um de 16 (que inclusive dava bastante problema pra ela, quase um marginal), e o cara tinha um filho de 15, que morava distante dele umas 5 horas de carro.
    A moça vivia com 2 salários, e numa casa de aluguel, bem ruinzinha. E o cara era bem de vida, tinha casa própria e tudo. O cara queria trazer o filho dele para morar com ele e precisava de alguém para cuidar do menino. Qual a solução? Eles se casaram, ele assumiu os filhos dela, e ela cuidava do filho dele: comida, casa e roupa lavada. Pra ela foi negócio, certo? Ela é totalmente submissa a ele, não pede nada, não reclama de nada. Age como se fosse uma funcionária do cara, e não como a esposa. E parece feliz sim!
    3) O cara tinha uma filha de uns 2 anos. Mas a ex, muito jovem, era descabeçada, não assumia a filha. Queria mais era sair e conhecer homens. E quem passou a criar a menininha foi a então namorada do cara. Eles foram morar juntos, e a menininha foi junto. Hoje ela já tem 10 anos e considera a madrasta como a mãe dela, que na verdade foi quem criou a garota, e criou do jeito dela portanto.
    A garota nem gosta de ficar com a mãe biológica. E esta não interfere na relação dos dois.
    Só conheço esses 3 casos de sucesso.
    O resto dos casos que conheço (e são muitos), TODOS deram errado.
    Meu conselho do BEM é portanto este: FUJA DE HOMENS COM FILHOS.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *