SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
Vai com medo, mas vai
setembro 15th, 2015 by admin

DespertandooFascinioAula7

Quem de nós nunca sentiu aquele frio na espinha frente a algo novo? Quem de nós não teve o ímpeto de dar para trás em algo e ter vontade de correr pra cama se esconder debaixo de um cobertor? E quem de nós literalmente desistiu por medo?

Acho que todo mundo.

Eu mesma em minha vida muitas vezes me pego com medo das coisas, as vezes um tanto insegura, pensando só abobrinha e achando que todos estão contra mim.

Pois é! Mas existe um detalhe, uma ação que faz toda a diferença. Seria essa ação que separa os vitoriosos das vítimas. Dos adultos das crianças. Das fadas dos gnomos.

Estou falando do ato de dar o próximo passo. E o medo? Mesmo com medo! Vai com medo, mas vai! Apenas dê o próximo passo ao seu objetivo, mesmo que o futuro pareça ser aterrorizante. Mesmo que a situação pareça ser embaraçosa.

A verdade mesmo é que as coisas nunca são como imaginamos e para falar a verdade são sempre mais simples do que pintamos.

Quantas vezes amargamos meses e até anos em algo que nos faz sofrer apenas por medo de tomar ações que precisamos tomar? Vejo muito isso na vida das pessoas. Normalmente aquelas pessoas sem paciência tem mais facilidade em tomar atitudes mais drásticas e práticas, retirando assim o obstáculo de seu caminho. A gente chama essas pessoas de “radicais” ou “duras na queda”. Mas a realidade é que essas pessoas tem a incrível capacidade de não se deixar paralisar pelo medo. Afinal, medo todos nós sentimos em algum momento.

A questão principal a ser respondida é o que você faz com seu medo?

Ele tem o poder de paralisá-la? Ele consegue fazer com que você simplesmente desista das coisas? Ele faz com que você crie desculpas mentais chegando até mesmo a “criar” situações na vida apenas para justificar o seu pavor?

Quer um exemplo? Vai parecer ridículo, mas lá vai: Você não consegue passar na OAB, porque passando na OAB você será uma advogada e então não terá mais desculpas. Logo, na mente consciente você se descabela porque não consegue passar, de modo a defender-se da ideia apavorante de trabalhar em algo que descobriu de que não gosta ou porque terá que advogar que é algo que a deixar em colapso?

Ou ainda, “eu quero muito alguém na minha vida, Fernanda”, mas lá dentro do subconsciente está “eu acredito que relacionamento afetivo vai destruir minha vida e eu vou acabar como a minha mãe” ou “como eu posso querer alguém se nenhum homem presta e vai me trair em algum momento? ”. Logo, só aparece homem bêbado, que sofre de fimose, com problema no pinto, casado com a mãe, sem um tostão no bolso ou que não quer nada com a hora do Brasil.

“Onde eu estou errando, Fernanda? ”

No medo! No que você faz com seu medo e como o deixa dominar sua vida ao ponto de impedir que as coisas que você tanto quer aconteçam!

E como acabo com isso?! Como mudo?

Aprendendo a dar o próximo passo sempre que o medo a assaltar. Em todas as situações. Assim, você pouco a pouco começa vai transmitir ao seu inconsciente que a vida não é perigosa, que os homens não são calhordas, que ter dinheiro não é sinônimo de esnobismo e que você pode sim ser feliz sem chorar depois.

Qual o seu medo? Então dê o próximo passo em direção a ele.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 


SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados