Seja bem-vindo ao novo Fazer um Homem Correr Atrás!

Rika Vírus Aula 4 em Áudio

RikaVirusAula4


Você recebe aquilo que você aceita.

É com essa afirmação que inicio essa aula 4 do Curso Rika Vírus.

E então? Consegue engolir essa?!

O que será que você anda aceitando na sua vida mesmo indo contra aquilo que você sente? E mais…o que você anda recebendo em sua vida que para você já é algo inaceitável?

Perguntas difíceis essas, não é mesmo?

E se você tivesse um plano, um modelo, um blue print que a ajudasse a sair dessa sua situação atual?

Não importa qual seja. Pode ser na área afetiva, financeira, profissional, familiar…realmente não importa. Só o que importa é que você identificou algo que não vem gostando e deseja mudar. Pronto! O ponta pé inicial está ai!

Só tem um pequeno probleminha. Nas Aulas 1, 2  e 3 você identificou as custas de muito choro, uma listinha de coisas que hoje influenciam diretamente sua vida ao ponto de impedir com que você conquiste as coisas que você deseja.

Eu sei! Você tem vontade de bater com a cabeça na parede, mas a verdade é que tudo o que vivemos, experimentamos e sentimos na pele, estão bem aí nesse exato momento funcionando em nossa vida, criando padrões que fazem com que continuemos a enxergar sempre as mesmas coisas em nossa realidade.

“Ok, Fernanda, mas e esse blue print que você citou ali em cima? Vai me ajudar? ”

Claro que vai! Afinal, é um modelo que eu sigo na minha vida e assim tem me ajudado a conseguir as coisas que desejo. Ora, de nada adianta comprar curso, ouvir, dar risada, chorar, se não colocamos em prática pra valer o que aprendemos, certo?

Precisa de um pouco de coragem? Sim! Mas só um pouco. Aliás, basta o primeiro passo, ou o primeiro grito para que o resto passe a acontecer com muito mais facilidade e intensidade.

Você aí do outro lado desse computador ou desse celular, não está presa em nada, nem ninguém. Você é livre para virar a mesa agora mesmo, dar o grito de independência e fazer tudo diferente. Porque você não aproveita a virada do ano e começa agora mesmo?

Coloque como um marco: “Esse ano eu vou me realizar naquelas áreas da minha vida que eu venho me negligenciando há tanto tempo. Chega de procrastinar a minha própria vida! Chega de agir nos bastidores quando deveria vir para o centro do palco, pegar o microfone e dizer um bando a todos que se acharam no direito de passar por cima de mim de alguma forma. Esse ano é o meu ano. Não vou nem comprar flor pra jogar no mar de ninguém, nem pular ondinha. A minha resolução, homenagem, saudação, será comigo mesma. Farei o que nunca fiz! ”.

Eu falei que eu iria devagar, não falei? E vamos…mas vamos certeiras como um míssil no seu objetivo. E eu sei que você que está lendo esse texto vai conseguir. Ahhh vai! E é pra já!

 

————————————-

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 
 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7 MateaFadaGeleiaComprar &

Posts relacionados

  1. Gi, 20 de dezembro de 2016 - 1:26

    Fernanda, oi tudo bem?

    Sabe que eu queria pedir para você? Nao tem mto proposito com o site, mas como o site é sobre valorização do nosso eu, voce poderia por favor escrever um pouco falando das pessoas que decidiram sair de nossa vida? Tipo, amigas, ex…. pessoas que eu deixei sair achando que voltariam, mas nao voltaram….

    Obrigada

  2. Joyce, 20 de dezembro de 2016 - 2:02

    Vou começar o curso atrasada, mas vou fazer maratona… Hehehe
    Quero compartilhar com você, Fernanda e com as companheiras cafas aqui do site, uma pequena glória e um conselho para aquelas que acreitam que não terão sucesso na sua questão afetiva, que “ele” é diferente, é orgulhoso, que aquele lá não volta mais…
    Passei 6 meses sentindo saudades dele, que partiu por pura ignorância e frustração por não conseguir me dominar, me dobrar. Como sabia que ele estava errado, que ele teria que mudar e ter mais respeito,e não eu, permaneci em silêncio, completamente desligada dele, sem mensagens, indiretas, postagens românticas, saudosas ou provocativas. Então, ele começou a se desesperar, fez algumas provocações compartilhando que a vida tava a maior diversão, que estava badalando junto aos amigos solteiro, vivendo “la vida loca”, e eu só assistindo o desespero e rindo, graças a confiança em mim, a firmeza de atitude e amor próprio que aprendi a alimentar aqui com a Fernanda. Nesse tempo escutei muitos áudios, acompanhei as postagens novas do site e fiz uma coisa que achei importante e útil aqui no site, busquei palavras ou frases chave na caixa de busca do topo do site, por exemplo, digitava lá: Homem orgulhoso. Aí vinha uma série de textos nos quais a Fernanda já havia tratado do assunto e dismistificava minhas crenças bobas, me tivava a vontade de correr atrás dele e provava que o melhor caminho era me voltar para mim. Nesse meio tempo, tive bem secretamente, umas amizades coloridas, que me deixaram com a autoestima lá em cima, inclusive fui pedida em namoro, porém a cabeça continuava nele. Mas em nunhum momento me deixei de lado, apesar das incertezas, algo dizia que ele se arrependeria e voltaria mudado. Algumas vezes vinha comentar aqui no site peguntando a mesma lenga-lenga que muitas aqui perguntam: ‘será que ele volta?’ Eu sabia que estava sendo insegura e negativa nesse momento, tanto que a Fernanda nem publicava meus comentários. Imaginei ela pensando: “6 meses?! Essa daí é uma cabeça de franga legítima!”
    Só que na vida real, eu mantinha a minha postura de “rainha da parada toda”
    Diante disso, eu retomava minha postura de valor, diante de mim mesma e diante das pessoas. Cuidei da pele, da alimentação, do trabalho… Fiquei cada vez mais minha.
    Resultado: O” Gostosão” me procurou todo carinhoso, me tratando como uma divindade, e eu, de tão acostumada com a idéia de que tenho valor, que sou o máximo mesmo, nem me surpreendi tanto como faria em outros tempos deixando as atitudes de fada geléia voltarem, pelo contrário: fui sucinta, lúcida, direta e quem ficou desesperado foi ele, que antes nem queria que os amigos me conhecessem e agora já convidou para a formatura do melhor amigo e quer que eu passe a virada numa festa da família dele. Um grande avanço, mas ainda acho que tô merecendo mais, então vou com calma, pois ainda quero que ele pague mais um pouco pela dor que me causou. Mas o espírito de diva suprema não vai mais embora desse corpo. Quero só o melhor. Quem sabe ele ainda se salva no meu conceito e deixo ele ficar… Então meu concelho é esse: Se o cara algum dia já esteve na sua, ele volta sim e não tem prazo, a menos que você estipule um. Mas viva intensamente enquanto ele não ressurge, pois nesse tempo muita coisa boa rola, mais amor próprio, evolução espiritual, profissional, cultural, física… E quem sabe até você não muda de gumercindo para um mais rico? Bola pra frente, meus amores! Beijos a todas, especialmente a nossa mentora maravilhosa Fernanda

    • Luna, 20 de dezembro de 2016 - 20:33

      Joyce,
      E durante esse tempo, você soube se ele ficou com outra ?

      • Joyce, 21 de dezembro de 2016 - 5:34

        Luna
        Muito provável que sim. Mas não procurei saber e nem me preocupei com essa possibilidade, afinal, se ele nunca deixou de emitir “sinais” pra chamar atenção e no fim acabou voltando, é porque as outras não tiveram importância. Aí está o segredo que “prende” eles… É a gente conseguir marcar, ficar na cabeça… As demais podem até passar pela cama, mas as marcantes ficam na cabeça, justamente por não se preocupar com a concorrência e se manter firme e serena. Claro que depois do compromisso assumido terá que haver total fidelidade.

        • Luna, 22 de dezembro de 2016 - 0:29

          Nossa, meus parabéns Joyce, você já está uma cafa de primeira.
          Aprendeu direitinho com a Fê, até parece ela falando kkkkkk

          Que bom, fico muito feliz por você… espero em breve poder estar assim e vim aqui postar o meu depoimento.
          Depois nos conte o desfecho final rsrs
          Um abraço.

    • Dilma, 20 de dezembro de 2016 - 22:03

      Sensacional seu depoimento!!! Palmas p vc!!

    • Pitu, 24 de janeiro de 2017 - 18:50

      Que depoimento demais!!! Gostei muito e obrigada por compartilhar.
      Essa semana decidi que vou pegar minhas coisas e ir embora para a casa dos meus pais. Não aguento mais tanto desrespeito e humilhação. O boy orgulhoso, meu namorido há alguns anos, não está falando nada comigo há 2 semanas e está dormindo no outro quarto com o filho dele. Tudo porque disse que eu devo fazer mais coisas dentro de casa, sendo que trabalho também o dia todo.
      Escrevi uma carta com 5 folhas, dizendo tudo que já fiz e senti, mas que agora não dá mais para mim desse jeito.
      Ele tem me humilhado muito e até fez deboche quando chorei pois não estava mais aguentando tanta indiferença como se eu não existisse. Estava explodindo por dentro,
      Fê e meninas, vocês acham que eu devo deixar essa carta ou nem escrevo nada?
      Vou pegar minhas coisas e bater em retirada quando ele não estiver em casa.

      • admin, 24 de janeiro de 2017 - 20:19

        Pitu

        Homem entende ações e não palavras…
        Não dê tanto poder a ele…

    • Mariinha, 16 de março de 2017 - 2:04

      Joyce, Eu estou fazendo a mesma coisa aqui, ja vai pra 8 meses, confesso que nao ta sendo facil.

  3. Elisa, 20 de dezembro de 2016 - 17:58

    Fer, por que agora quando compramos e o pagamento liberado o áudio demora para ficar disponível? Antes era tão bom, porque era como um remédio para aquele momento em que procuramos um alivio…

    • admin, 20 de dezembro de 2016 - 20:01

      Elisa

      Foi o pagseguro q ontem estava instavel…

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *