SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
Quais são as taras masculinas?
fevereiro 27th, 2014 by admin

FiqueporcimacomprarConsultoriaComprar

Acho que nesse ponto eu nunca toquei. Talvez seja algo que procuramos não comentar muito ou quem sabe fechar os olhos ao que de fato existe. Mas a questão é que taras masculinas existem, outras mais comuns outras inusitadas, mas acredito que em ambas as situações merecem um texto a respeito.

Mas quais sãs as taras masculinas? Todos os homens querem realizá-las? E se quiserem, devo aceitá-las para não perdê-lo?

Então vamos ao Top 10 das Taras masculinas:

1)      Ir para a cama com duas mulheres

Querida relaxe! Todos os homens fantasiam com isso. Todos! Sem exceção. Não importa se ele é serio, temente a Deus, um bom sujeito ou um excelente pai. Ele pensa!

2)      Ter relações sexuais no carro

A grande maioria adora e os fazem relembrar épocas longínquas e felizes. Principalmente os mais velhos.

3)      Assistir a filmes eróticos

Nem adianta implicar. Eles assistem. E não existe nada demais nisso. É até educativo (risos).

4)      Ter relações sexuais em lugares públicos

Alguns pela sensação de perigo, risco, querem manter relações sexuais em lugares públicos. Outros vão além de sentirem apenas o medo de serem pegos e querem mesmo fazer sexo na frente de várias pessoas. A isso se deu o nome de “Exibicionismo”. Ou ainda aqueles que além de executarem o ato, gostam também de assistir a outros casais. A esse último damos o nome de “Voyeurismo”.

5)      Sadomasoquismo

Tem homem que gosta de amarrar, dar umas chicotadas, maltratar, dar umas palmadas e até mesmo apanhar. E na cara minha santa. Sim! Tem homem que se apaixona quando a mulher enfia a mão na cara dele. Mas por favor, não saia estapeando sem saber se o moço gosta desse tipo de coisa. Se ele gostar ele vai dizer.

Vale ressaltar que os sados masoquistas prezam a segurança, a confiança e o conforto de suas parceiras. Não existe violência, mas sim um consentimento mútuo.

6)      Troca de casais – swing

Esse aqui tem de penca e de monte. Uma vez, lembro-me que assisti a uma entrevista de um casal adeptos ao swing. O homem tinha uma cara meio “psica”, mas a mulher estava estampada que ela fazia aquilo tudo obrigada. Ou seja, ela não gostava daquela situação, mas fazia porque já era o oitavo casamento dele e pelo jeito ela não queria perdê-lo. Nesse caso, também deve existir o consentimento mútuo e nenhum dos dois deve sentir constrangimento ou ciúmes.

7)      Assistir sua esposa / namorada com outro homem na cama

Olha eu vou dizer! Agora eu vou falar! Eu tenho uma suspeita que, por favor, se alguém já viveu alguma situação assim,  me conte. Mas eu tenho uma suspeita de que quando o homem diz que quer ver a sua mulher com outro na cama, na verdade é ele quem deseja estar com esse outro homem. Ainda não tenho provas frente a isso. Nem se é algo geral, portanto se alguém puder me confirmar isso ou dizer o oposto, por gentileza comente.

Daqui para baixo é de arrepiar os cabelos, mas lá vai:

8)      Bater na parceira

Sim! Tem homem que sente prazer em bater. Na cama? Não, mas em qualquer lugar, a qualquer hora. Denunciem homens assim.  Não permaneçam ao lado deles.

9)      Esposa / Namorada urinar em cima dele

É, eu sei é nojento. Mas tem homem que sente prazer com isso. Tem gosto pra tudo!

10)   Ter relações sexuais após deixar a parceira algum tempo sob o contato de cubos de gelo

Aqui filha, saia correndo. Ele tem o que os psiquiatras chamam de necrofilia, ou seja, sente prazer em ter relações sexuais com cadáveres. Como um cadáver é caro, sai mais barato colocar você em contato com cubos de gelo e quando estiver bem geladinha, ele vai lá e executa o serviço. Corre santa! É roubada! Por mais lindo que ele seja, corra, suma, desapareça, troque o número do celular e avise Jodie Foster (atriz do filme “O silêncio dos inocentes”) ….risos.

Mas enfim, fazer ou não fazer. Depende do seu gosto. Tem coisa que com algumas ressalvas pode ser realizado, tem coisa que não. Você sabe o seu limite, do que gosta e o que abomina. Mas uma coisa todas temos que concordar: Fazer algo que detesta, apenas para agradar o parceiro, empurrando-se para dentro e se tratando como algo insignificante sem vontade própria é desvalorizar-se totalmente.

Então minha querida, só faça o que a agrada. Só faça se sentir-se confortável, caso contrário dê no pé.  Afinal, já somos loucas o suficiente. Precisamos também gerenciar a loucura alheia?

Siga-me no twitter: @menruntoyou



 


SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados