Seja bem-vindo ao novo Fazer um Homem Correr Atrás!

O caminho do sucesso

Umhomemnãopodesubirnassuascostas

Sei que todas (os) aqui presentes almejam conquistar o sucesso. Obviamente esse “sucesso” que trato não necessariamente é aquele estampado em capas de revista ou em programas de fofoca. Pode até ser! Como pode ser também um sucesso por debaixo dos panos. Um sucesso silencioso do tipo que você sabe o que está fazendo, respira aquele sucesso, conquista seus objetivos e realiza-se como pessoa. Alguém aqui entende do que estou falando?

Um cientista por exemplo alcança o ápice do seu contentamento e isso pra ele é “sucesso” quando consegue isolar uma molécula importante. Um físico da NASA alcança seu sucesso absoluto quando faz uma descoberta de uma galáxia, que nem imaginamos onde, a qual ele a batiza com um nome vindo de sua própria alma. Um roteirista sente a ponta do universo encostar no topo de sua cabeça, ligando-a até outra dimensão, quando assiste naquela tela imensa sua obra.

Todos queremos ter, saborear, respirar, beber dessa magia! Todos queremos sentir nem que seja por um lapso pequeno de tempo a perda do oxigênio, quando esse sucesso, que se encontra bem no fundo de nosso ser astral é encaixado em nosso corpo físico.

Esse sucesso possui etapas. Possui degraus. Possui perdas inevitáveis. Possui substituições. Até mesmo caminhos que você jamais pudesse imaginar que pegaria. Afinal, você nem sabia que ele existia!

Sabem quando você percebe que está no caminho do sucesso?

1)      De repente você se vê sozinha (o). Eles sumiram. Aqueles amigos outrora presentes, parecem ter evaporado. Você não se sente mais conectada (o) a eles. Você não tem mais assunto! Quem sobrará? Talvez poucos. Bem poucos. Contam-se nos dedos de uma única mão e sobram dedos.

2)      Você começa a falar sozinha (o), acha que está ficando louca (o), que sua cabeça está enlouquecendo e passa a ter pensamentos articulados, estratégicos, à primeira vista um tanto confusos, mas com o passar dos dias, ficarão cada vez mais claros. De repente, você se pega olhando em volta e pensando “O que estou fazendo aqui? ”.

3)      Você sentirá necessidade de tomar decisões. Importantes decisões. Isso inclui deixar situações, pessoas, relacionamentos, objetos, memórias, recordação, para trás. Afinal, você sabe que precisa abrir um “vazio” em sua vida para que tenha espaço para o que o Universo irá lhe trazer. Ah sim, já ia me esquecendo: Isso dói! Como dói!

4)      Se pegará dizendo: “Quem sou eu pra…”, “Eu não tenho condições de…”, “Eu não vou conseguir fazer…”, “É muito difícil pra eu conseguir…”. Quantas vezes você terá esse tipo de pensamento? Em torno de vinte e sete vezes ao dia, de diferentes formas, discursos, máscaras e fantasias. Acostume-se a eles. Eles não vão parar. Jamais.

5)      O dinheiro que você tem? Você chegará a conclusão que é só papel. Sim papel! O mesmo papel que vem da árvore. Da mesma árvore que sua mãe dizia que não nascia! No final das contas, você compreenderá que dinheiro nasce sim em árvore. E nessa hora você talvez não esteja pronta (o) para perdê-lo. Aliás, acho que ninguém nunca está. Mas você estará preparada (o) para cria-lo novamente.

6)      Todas as pessoas que convivem com você tentarão retirar sua coragem. Apontarão empecilhos, dificuldades, insistirão para que você desista. Você será chamada (o) de maluca (o), boba (o), iludida (o), sonhadora (o) …

7)      A todo o momento sua cabeça a insultará: “Acho que você é pretensiosa (o) ”, “Você não tem conhecimento o suficiente”, “Qualquer pessoa é mais capaz, mais preparada, mais inteligente e mais talentosa do que você”, “Você não é boa o suficiente”.

8)      Você começará a ouvir músicas diferentes, canções que a acalmem, mantras, procurará por explicações coerentes, não aceitará mais qualquer coisa que disserem ou escreverem. Você desenvolverá um senso próprio de julgamento. Você provará cada lição dada. O que funcionar, você incorporará. O que não for capaz de lhe fornecer uma resposta, será descartado.

9)      As vésperas que antecedem o início de sua nova fase de vida, você sentirá algo diferente. Algo está mudando. Você se olha no espelho para tentar encontrar algo físico. Tudo parece fisicamente igual, mas você não é mais a mesma refletida no espelho. Você se olha e pensa: “Muito prazer” e chorará. E depois chorará mais um pouco. Acredite, você ficará talentosa nesse último quesito!

10)   Finalmente quando tudo parecer calmo, pessoas estranhas inventarão coisas sobre você, colocarão palavras em sua boca, a (o) depreciarão, a (o) julgarão, a (o) amaldiçoarão. E então você aprenderá, que para se ter sucesso, você precisa ter “pele grossa”. Você precisa saber exatamente quem você é, pra que está aqui e onde quer chegar. As palavras passarão como o vento! Como canta Maria Bethânia: “O terço de Fátima e o cordão de Gandhi cruzam o meu peito. Sou como a haste fina, que qualquer brisa verga, mas nenhuma espada corta”.

Você está pronta.

Nota: Imprima, recorte esses 10 itens, dobre e coloque dentro de sua carteira. Em momentos em que se sentir perdida (o), indecisa (o), triste, sem esperança, com medo, com raiva… abra e leia um a um. Volte-se para você e pense: “Quem sou eu? O que eu quero? ”. Escolha o caminho, a direção e continue em frente. Não pare!

————————————-

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7 MateaFadaGeleiaComprar &nbs

Posts relacionados