SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
Vai com medo, mas vai
set 15th, 2015 by admin

DespertandooFascinioAula7

Quem de nós nunca sentiu aquele frio na espinha frente a algo novo? Quem de nós não teve o ímpeto de dar para trás em algo e ter vontade de correr pra cama se esconder debaixo de um cobertor? E quem de nós literalmente desistiu por medo?

Acho que todo mundo.

Eu mesma em minha vida muitas vezes me pego com medo das coisas, as vezes um tanto insegura, pensando só abobrinha e achando que todos estão contra mim.

Pois é! Mas existe um detalhe, uma ação que faz toda a diferença. Seria essa ação que separa os vitoriosos das vítimas. Dos adultos das crianças. Das fadas dos gnomos.

Estou falando do ato de dar o próximo passo. E o medo? Mesmo com medo! Vai com medo, mas vai! Apenas dê o próximo passo ao seu objetivo, mesmo que o futuro pareça ser aterrorizante. Mesmo que a situação pareça ser embaraçosa.

A verdade mesmo é que as coisas nunca são como imaginamos e para falar a verdade são sempre mais simples do que pintamos.

Quantas vezes amargamos meses e até anos em algo que nos faz sofrer apenas por medo de tomar ações que precisamos tomar? Vejo muito isso na vida das pessoas. Normalmente aquelas pessoas sem paciência tem mais facilidade em tomar atitudes mais drásticas e práticas, retirando assim o obstáculo de seu caminho. A gente chama essas pessoas de “radicais” ou “duras na queda”. Mas a realidade é que essas pessoas tem a incrível capacidade de não se deixar paralisar pelo medo. Afinal, medo todos nós sentimos em algum momento.

A questão principal a ser respondida é o que você faz com seu medo?

Ele tem o poder de paralisá-la? Ele consegue fazer com que você simplesmente desista das coisas? Ele faz com que você crie desculpas mentais chegando até mesmo a “criar” situações na vida apenas para justificar o seu pavor?

Quer um exemplo? Vai parecer ridículo, mas lá vai: Você não consegue passar na OAB, porque passando na OAB você será uma advogada e então não terá mais desculpas. Logo, na mente consciente você se descabela porque não consegue passar, de modo a defender-se da ideia apavorante de trabalhar em algo que descobriu de que não gosta ou porque terá que advogar que é algo que a deixar em colapso?

Ou ainda, “eu quero muito alguém na minha vida, Fernanda”, mas lá dentro do subconsciente está “eu acredito que relacionamento afetivo vai destruir minha vida e eu vou acabar como a minha mãe” ou “como eu posso querer alguém se nenhum homem presta e vai me trair em algum momento? ”. Logo, só aparece homem bêbado, que sofre de fimose, com problema no pinto, casado com a mãe, sem um tostão no bolso ou que não quer nada com a hora do Brasil.

“Onde eu estou errando, Fernanda? ”

No medo! No que você faz com seu medo e como o deixa dominar sua vida ao ponto de impedir que as coisas que você tanto quer aconteçam!

E como acabo com isso?! Como mudo?

Aprendendo a dar o próximo passo sempre que o medo a assaltar. Em todas as situações. Assim, você pouco a pouco começa vai transmitir ao seu inconsciente que a vida não é perigosa, que os homens não são calhordas, que ter dinheiro não é sinônimo de esnobismo e que você pode sim ser feliz sem chorar depois.

Qual o seu medo? Então dê o próximo passo em direção a ele.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Não está acontecendo nada
ago 5th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula3Comprar

 

Olhe em volta. Está acontecendo alguma coisa? Agora nesse momento? Um meteoro vai se chocar com a terra no próximo minuto? Tem alguém com uma ponta de faca na sua barriga? Não. Não está acontecendo nada.

Agora observe a sua cabeça. De meteoro a vou ficar sozinha morando de baixo da ponte forever está bem ali. Tudo acontece dentro dessa cabeça. Novelas são escritas, dramas, tragédias, catástrofes, o mundo vai acabar e você não comprou aquele sapatinho desejado porque o saldo do cartão de crédito se esgotou. É um turbilhão de pensamentos por minuto.

E agora? O que fazer com a cabeça?

A resposta é nada! Nada, simplesmente porque cabeça é isso mesmo. Ela sempre vai pensar o que não deve. Ela sempre por um motivo ou outro acessará partes de sua memória que desencadeará pensamentos e sensações.

O que fazer então?

Não embarcar nos pensamentos! Tenha o discernimento para compreender o que é apenas “cabeça” e o que de fato está acontecendo.

Quer fazer uma experiência?

Observe aí esse pensamento totalmente sem pé nem cabeça que a está corroendo nesse momento. Agora deixe a cabeça de lado e olhe em volta. Está acontecendo alguma coisa? Não!

Você não irá para trás das grades porque não pagou a fatura do cartão, você não chorará o término daquela relação para sempre, não vai ficar sozinha até o fim dos tempos, nem morrer vítima de uma avalanche. Não! O ebola não vai te pegar! Já tem até vacina! Por via das dúvidas, não vá para Serra Leoa! (risos). Afinal, o que você faria em Serra Leoa? Por acaso tem alguma loja da Victoria Secrets para você comprar hidratante?

Olhe aí! É só mais um dia, uma manhã, assim como foi ontem. Hoje mesmo você pode decidir mudar a cor do cabelo, o corte, o estilo de se vestir, de pensar e de viver a vida. Você pode mudar tudo de um segundo para o outro apenas escolhendo o que deseja ou não pensar.

Mas como faço para parar a cabeça?

Ela não vai parar! Não vai! Mas a forma como você lida com esses pensamentos é que faz toda a diferença.

Quer acreditar que você é uma azarada, que nada dá certo na sua vida, que sua área afetiva não tem solução? Ok! É uma escolha.

Mas que tal escrever uma estória nova a partir de agora? Que tal largar de mão aquela estória do “retorno do que nunca foi”? Que tal dedicar-se ao que de fato interessa?

Sua vida!

Chega dessa conversa de que fui injustiçada, porque mentiu, enganou, fez, aconteceu….Ficar repetindo o filme para todo mundo escutar e opinar só reforça essa coisa ruim que você sente aí dentro.

Ao contrário disso, foque sua atenção em algo que a alimente, a acalme, a anime, a deixe leve.

Não! Não é pra contratar o PCC para acabar com a vida daquela curva de rio!

Mas uma velinha pretinha…pretinha….tá liberado…(risos).

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados