SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
Onde será que aprendemos a ser inferior?
jan 10th, 2017 by admin

RikaVirusAula5



Quem se acha menos aqui levante a mão? Tudo bem. Talvez você diga que se acha melhor do que muita gente, mas pensando lá quietinha com você, vem uma vozinha fina que diz: “Mas você não é tão boa quanto a sua colega, a sua prima, a sua irmã…e a lista vai longe. ”.

Mas será que nascemos assim? Será que existe algo em nosso DNA ainda não descoberto que dita se teremos uma boa autoestima ou nos sentiremos abaixo do cocô do cavalo do bandido? Ou será que coisas aconteceram que nos fizeram acreditar que não somos suficientes?

Claro que aprendemos lá atrás essa papagaiada que faz com que você se comporte dessa forma e vivencie certas coisas com certas pessoas!  E que papagaiada foi essa? Uma das minhas papagaiadas vocês já sabem porque eu contei na primeira parte do áudio do Rika Vírus Aula 5. Contei nos mííínimos detalhes, justamente pra você entender de que tipo de situação vivida, ou do que foi escutado que a influenciou de tal forma que gerou esse bando de crenças incorretas que chamamos de bloqueios.

E o que esses bloqueios fazem?

Primeiro fazem com que você se comporte exatamente desse jeito.

Que jeito?

Sobressaltada, apavorada e desesperada. Nessa ordem.

E o que implica você ser assim? Simples! Você vive com medo de ser largada, abandonada, trocada…todos os “adas” existentes. E por conta disso, aceita tudo. Se ele não pode assumir o relacionamento porque Vênus está em oposição ao sol natal, fazendo uma quadratura com plutão, você aceita. E ai de você se tentar dizer que “não”. Você até pode começar a responder bem, porém bastará um “eu até havia pensando em começar algo sério com você, mas já que é assim, então desanimei”, pra você quase se jogar no chão e pedir pelo amor de Deus pra vocês conversarem. Como você morde a isca fácil! Basta qualquer frase meia boca daquela criatura pra você parecer uma manteiga na frigideira! Que vontade de te pegar pelos cabelos! Não aprendeu ainda mocinha? Já leu aqui os textos de cabo a rabo! Sete vezes! Já sabe de cor os áudios!  Já se ferrou quinhentas vezes! Já está PhD em se ferrar! Porém mesmo assim, na hora que chega a sua vez em demonstrar o que de fato aprendeu, pu#% me$da que @ag#da!!!

Gente! Ai minha gente! Nós vamos mudar isso aqui ou vamos continuar comendo capim happy together?!

Se você tem preguiça ou não tem interesse em mudar a realidade da população feminina, ok! Que se dane o resto! Mas ao menos a sua vida VOCÊ TEM OBRIGAÇÃO DE MUDAR! Não dá mais pra continuar se rastejando pela vida! Não dá mais pra ficar se comportando como uma coitada, porque lá no seu passado aconteceu sabe-se lá o que, que é responsável por todos esses acontecimentos em cascata! Você não tem que continuar pagando o pato nos seus relacionamentos afetivos! Você não tem que viver sempre na pindaíba porque alguém da sua família fez me#*@! Afinal, me#*@ todo mundo faz, basta estar vivo!

E então? Vai ficar se amarrando? Vai ficar marcando passo no mesmo lugar, reclamando, lamentando pela sua situação? Ou vai descobrir logo o que é, pra se livrar disso?

Bota esse leão aí pra trabalhar!!

 

 
 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7 MateaFadaGeleiaComprar

Rika Vírus Aula 5 Especial
jan 9th, 2017 by admin

RikaVirusAula5



 

Essa é uma aula especial. Especial porque tenho uma novidade para te contar.

E se eu te dissesse que todos os seus bloqueios de uma área de sua vida, identificados por você nas Aulas 1 e 2, na verdade possuem uma única origem? Não é infinitamente muito mais fácil resolvermos uma questão do que dez?! Não é mais fácil sabermos que algo foi o estopim para que todos os outros fatos ocorressem? E esses fatos ocorrem por que? Porque você possui crenças, incorretas obviamente, baseadas numa situação específica lá de trás, situação essa que provavelmente você nem se lembra!

Eu sei que você pode dizer: “Ah Fernanda, mas eu identifiquei meu bloqueio! ”.

E eu te digo: Bloqueio é uma coisa. Bloqueio é uma crença incorreta em algo, que lhe impede de conseguir realizar as coisas que são do seu desejo. Mas esses bloqueios não são a origem. Os bloqueios são apenas a consequência desse fato inicial.

E nesse áudio eu falarei sobre isso. Não só na teoria, mas identificaremos a sua situação origem na prática, por meio de um método especifico guiado por mim. Você vai se surpreender quando descobrir, assim como eu também fiquei! Afinal, estamos falando aqui de uma área da memória que chamo de “área escondida”, a qual não a acessamos normalmente. Seu acesso só é executado, quando em algum momento de nossa vida, algo a busca e a partir daí notamos sua “execução” através dos bloqueios, crenças e fatos que começam a ocorrem em nossas vidas.

Como já expliquei em outra oportunidade, comparo nossa vida a uma pizza, onde cada fatia é uma área. Temos a área da saúde, dos relacionamentos, da família, do profissional, do financeiro, do mental, do afetivo e etc. E para cada área dessa existe um fato que ocorreu há muito tempo atrás que nos marcou. Esse fato normalmente não é lembrado com tanta facilidade, afinal nosso mecanismo mental possui artifícios que fazem com que esse “fato” seja varrido para debaixo do tapete. E uma vez varrido, ficará lá por muitos anos, até que algo “start” o processo de bloqueio, justamente para lhe defender de passar novamente pela mesma situação.

E quem conhece essa área, esse fato ocorrido e a defende dele?

Seu leão! Claro! Ele sabe como acessar! Ele sabe perfeitamente do que se trata! Basta que você o peça para lhe contar!

Aí você dirá: “Mas Fernanda, eu nunca nem consegui entrar em contato com meu leão! Quanto mais pedir para que ele me conte algo! ”.

Eu sei que você é controladora (risos). Por você, o sol, a lua, a chuva e o vento seriam controlados por você, na hora e intensidade desejados por vossa majestade, certo? (Risos).

É….talvez eu não fique muito longe de você… (risos).

Talvez ele não lhe conte diretamente no plano mental, mas a induza durante a próxima semana, através de situações vividas no próprio dia a dia, a se recordar “daquele” fato passado. A forma como ele fará isso, não cabe a você. Apenas dê o controle a ele.

E para ajudá-la a entrar em contato com o seu leão, criei um método de relaxamento exclusivo, onde em 23 minutos que poderão ser feitos até mesmo no meio do seu dia, você começará a recuperar esse vínculo perdido, recriando o laço com o que existe de mais poderoso entre seu mecanismo “anímico”, “físico” e “mental”.

Eu sei que entrar em contato com você mesma dá trabalho. E como dá! Eu sei que gostaríamos que tudo se resolvesse num estalar de dedos. Mas o que posso dizer é que cada um é responsável por si. E essa responsabilidade somada ao comprometimento em resolver as coisas dentro de nós mesmas, com todo amor e dedicação, é o que faz toda diferença na prática.

Podemos pagar o maior terapeuta do universo, gastar rios de dinheiro e levar 10 anos até chegar a alguma conclusão. É válido claro, obviamente pra quem tem dinheiro pra gastar. Mas pra quem tem pressa para ser feliz, o negócio é nos voltarmos para dentro da gente e encararmos de uma vez o que precisa ser encarado. Afinal, se existe algo escondido, que está me prejudicando, e que está ao meu alcance revolver, então eu vou resolver! Ah vou! Se depende de mim, então aqui estou, pronta para o bom combate.

Se essa luta é minha, então eu sou a Comandante dessa tropa! E você é a Comandante da sua!

Preparar… Apontar…FOGO!

 

 
 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7 MateaFadaGeleiaComprar

Eu posso nomeá-la…
mar 17th, 2016 by admin

Paredecorreratrasdehomem

É o seguinte amore de mi vida: Eu posso nomeá-la a Ministra de vossa vida. Seja para que vossa senhoria salve a galáxia, se salve ou se salci fufu como diz nosso Sérgio Malandro.  Afinal, o que adianta uma carta de posse, nomeando-a a guarda da espada da She-ra, se você não controla os dedos, a língua e o piriri mental quando se trata “daquele assunto”!

O que adianta ler textos? O que adiantar escutar os áudios? O que adianta mentalização? Macumba? Consultoria? Se na primeira oportunidade de provar vosso poder, a fraqueza, o medo, a insegurança, a agonia e o pânico tomam conta?

Já reparou como você vira a casaca fácil?! Bastou um pouco de pressão, um Delcídio na tua vida, ameaçando uma delação premiada, para você se ajoelhar, sacar o três oitão (celular) e desandar a fazer, falar e defecar liquidamente besteiras atrás de besteiras.

Exu já faz o sinal da cruz e passa reto por você! Pombagira já está na quinta taça de champanhe pra ver se esquece aquele trabalho monumental que você encomendou, afinal, ela não quer toda sexta, você lá no terreiro querendo fazer uma “perguntinha rápida” de uma hora de atendimento exclusivo, enquanto aquela fila de muié atrás de você, já está quase oferecendo vosso corpo, pro primeiro jagunço de quimbanda levar ao sítio para sacrífico no lugar do bode.

Que fim de carreira hein!? Você toda trabalhada nas luzes californianas, matizadas na máscara importada, ser dublê de bode, na macumba do quitandeiro do teu bairro que quer derrubar o mercadinho da esquina.

Ah gente! Que pobreza! Que horror! A que ponto chegamos!

Pegamos nosso poder, nosso arbítrio, nossa autonomia de escolha, nossa palavra, nossa vontade e mandamos latrina abaixo! E a troco do que afinal?

Você nem sabe mais! Se perguntarmos aqui e agora o motivo de tanto rastejamento, desvalor, desconsideração e desqualificação, você ainda vai ter a cara de pau…preste atenção aqui…..eu disse a cara de pau, de dizer que é porque você “ama”!

Que ama! Que amor?! Onde está esse amor ai dentro?

Nem Lewandowski vai te salvar assim!

Nem Diego Hipólyto num duplo twist carpado vai te dar nota 10!

Nem a bateria da Beija-Flor com todos os ritmistas gritando “geleeeeeeia”, vão acorda-la desse torpor!

Xiiiii olha lá na TV Delcídio dizendo: “Ela sabia de tudo sim! Ela tinha ciência de tudo o que estava acontecendo e mesmo assim se tratou como uma mendiga afetiva e meteu a mão em sua alma, chacoteando a própria dignidade e amor próprio”.

Não vai ter canetada, nomeação, delação, prisão, mensalão, petróleo que a farão resolver o problema de sua existência a não ser:

VOCÊ MESMA!

Afinal, por mais que eu aqui tente ajudar, eu não posso enfiar quem você é em sua cabeça, simplificadamente como metemos dois silicones em 30 minutos e saímos com sutiã 44 e um parcelamento em seis vezes!

É você! Assuma! Enfie os dois pés e vá em frente!

Observação importante: Esse texto não faz referência a partidos ou preferências políticas. Afinal, o intuito desse site não é discutir a morte da bezerra.

Atenção: Meu Instagram para quem perguntou é Maria Fernanda Amaral (fernandaamaralbrag)

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Se as nuvens escuras estão cobrindo a luz, aprecie o dia nublado
dez 21st, 2015 by admin

Façaessadorparar

 

Quando uma nuvem carregada, cinza encobrir o sol de seu olhar, apagando aquela luminosidade dourada, clara, alegre, transformando sua visão em dias nublados, aprecie a escuridão. É muitas vezes na falta da luz, da transparência, da claridade que enxergamos o que está bem lá dentro de nós.

Parece muitas vezes, que quanto maior o ruído, quanto mais vozes, ou mais luzes existem, mais difícil fica para nós compreendermos o que precisa ser compreendido.

Quantas vezes eu digo a vocês: “Afaste-se um pouco. Dê um tempo a você. Tente sair um pouco desse olho do furacão e olhe a situação como se fosse uma terceira pessoa. ”

O ato de afastar-se de algo e dar um tempo para nós mesmos, está para a “nuvem escura” encobrindo o sol. Aparentemente parece que assim teremos dificuldade para ver, para compreender, para examinar, mas é justamente o contrário.

Para compreendermos algo que nos acontece, não precisamos de uma lâmpada! Precisamos apenas enxergarmos com os nossos olhos da alma. Quando nos afastamos, voltamos para nosso interior e perguntamos “o que está havendo aqui? ”, estamos iluminando nosso sol.

Não importa o que está acontecendo lá fora. Não importa se injustiças estejam sendo cometidas, se situações estão mais enroladas do que novelo, ou se a guerra ao seu redor esteja firmada.

O que acontece fora na verdade nunca importou.

“Como não Fernanda! Claro que importa! Se ele não vier atrás de mim eu não vou conseguir seguir minha vida. Eu quero! ”

Mentira!

Isso é só sua mente escolhendo um alvo, para desviá-la (o) de algo que de fato importa: Você e seu valor.

Hoje, você acredita que o motivo de seus dias estarem nublados seja Ele.

Para outras, o problema é o Chefe. Outras, o dinheiro.

Mudam-se os problemas, mas a origem é a mesma: Você.

Se você não compreende o que de fato você quer, sente, deseja, anseia, acabará por pular de um problema a outro, de galho em galho, sempre acreditando que precisa disso ou daquilo para ser feliz.

Desde quando o ato de alguém vir atrás mudará sua realidade? O que você ganha com alguém vindo atrás?

Só vale a pena, se essa pessoa de fato for alguém que agregue algo em sua vida! Fora isso, que passe longe! Vir, apenas por vir, não é desejo, não é sonho, não é valor, nem tampouco felicidade! É apenas ilusão!

Quantas mulheres e homens eu vejo aqui sofrendo, apenas porque desejam que alguém que nunca os tratou bem, os procurem novamente!

E procurar pra quê mesmo?!

Apenas para repetir a mesma ladainha que sempre disseram?

Qual vantagem?! Qual mudança isso traz?

Nenhuma!

Se as nuvens escuras estão cobrindo a luz, aprecie o dia nublado. Conforte-se nele. Faça um chá, tome um café, sente-se e pergunte-se: O que eu faço agora comigo?

Atenção: Meu Instagram para quem perguntou é Maria Fernanda Amaral (fernandaamaralbrag)

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

O que é a dor?
jan 8th, 2015 by admin

A dor funciona como um desfibrilador. Na hora em que é acionado dói, assusta, chacoalha, mas é primordial para fazer nosso coração pulsar novamente. Com a dor é a mesma coisa. Ela é primordial para nos colocar de volta no caminho daquilo que tanto desejamos.

Não quero dizer aqui, que sentir dor seja algo bom, divino, até mesmo um ato heroico, digno de aplausos. Porque vamos dizer o que é verdade, brasileiro adora uma desgraça para aplaudir a dor alheia. Não existe vitória ou glória na dor! Absolutamente!

Mas sem ela, seria impossível para nós humanos, imersos nessa camada densa chamada de “corpo”, compreendermos o que estamos fazendo conosco.

Doeu? Ok! Então diga a você mesma: “Eu entendi. Estou fazendo algo de errado comigo. O que será? Estou pensando algo que me desenvolvem sensações dolorosas? Estou me colocando em uma posição de menos valia? Estou permitindo ser invadida, insultada, pisada ou humilhada? Por quê? Por quem? Como?”

A vida é simples! Nosso corpo é uma máquina perfeita, funcionando na mais perfeita ordem. Ele é tão avançado, que deixa para trás qualquer aparelho tecnológico recém-lançado. É dotado de todos os artifícios capazes de dar-lhes todas as coordenadas às quais necessitam para desenvolverem o que vieram fazer aqui: Dominar a matéria.

Teu corpo a protege, a avisa, a alerta, condensa sua energia, guarda todos os seus “eus” e o permitem que falem todos ao mesmo tempo!

Ninguém veio para cá para sofrer, para resgatar não sei o que do passado. Nada pune ninguém.  Só o que existe é vibração e atração! O resto é trama de novela!

Logo, olhe para sua dor agora. Seja ela qual for! Por qual motivo for! Seja por quem for!

Ela é apenas um indicativo. Uma bússola dizendo: “Presta atenção criatura no que você está fazendo com você. Olhe! Mude a direção! Você está justamente na direção oposta do que você está querendo! Atenção! Acione o estabilizador, pois você entrou em uma turbulência! Saia dela! E arrume esse cabelo que está ridículo! Passe um batom demônia!”.

Por favor, identifique o que sua dor aí dentro quer tanto lhe mostrar. Seja uma boa aluna! Não perca tempo com coisas que a estão tirando do caminho você escolheu lá atrás. Se for uma pessoa, largue essa pessoa. Se for uma situação, saia dela!

Você sempre pode mudar tudo. Fazer tudo diferente. Ser outra pessoa, a partir do segundo seguinte! E pensem o que quiserem, achem o que bem entenderem. Afinal, eles não estão no seu corpo. Seu corpo é seu! Ele já foi habitado por você. Logo, quem sabe de sua vida e o que pode ou não ficar aí, é apenas você.

Opte por você!
********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

MateaFadaGeleiaComprar

 

Onde está o seu foco?
mar 7th, 2014 by admin

FiqueporcimacomprarConsultoriaComprar

O que você anda fazendo com sua atenção? Você tem focado em pessoas e pensamentos que trazem seu bem-estar ou em situações que causem angústia, medo e ódio?

É claro que de cara você responderá: “Em coisas boas”. E eu respondo sem titubear: “Mentira”.

Quer ver? Você tem se sentido bem? Tem sentido calma, paz e harmonia em seu corpo? Está sofrendo de alguma doença física? E as pessoas como vem a tratando?

É esse o termômetro! Se você quer saber como anda sua vida, o que anda cultivando e como será seu futuro, comece a observar no que você anda focando, em como está se sentindo e como os outros a estão tratando.

Quer melhorar sua vida? Quer prosperar? Quer ser considerada e respeitada? Quer receber atenção, importância e amor?

Claro que quer! Todos querem! Receber tudo isso é fantástico e nos faz um bem enorme, não é mesmo? E existe uma fórmula para ganhar isso dos outros, ou seja, existe algum mecanismo que faz com que cada um que cruzar seu caminho, lhe dê o melhor? Claro que tem!

Talvez seja algo que você nunca fez para você. Talvez seja algo que você nem sabia que era possível, moralmente correto, ou até mesmo espírita kardecista católico evangélico apostólico romano! Mas trata-se do princípio de tudo. Quem conhece o mecanismo o usa ao seu favor e então extrai o melhor de todos!

Sabe aquela pessoa que é uma verdadeira praga com todos? Sabe? Aquela pessoa que é grossa, estúpida, não faz questão de ser simpática ou amável com ninguém? Mas você reparou que esse mesmo ser, com algumas poucas pessoas, ele só falta se jogar no chão e abanar o rabinho de tão doce que fica?

Porque isso acontece? Porque essa pessoa com a qual esse mesmo ser teve contato, sabe como extrair o melhor dela. Ela sabe que dependendo do posicionamento interno, suas crenças e atenção ao que anda focando, ditará o tratamento dos outros com relação a si.

Eu sei que isso tudo que falei parece bem estranho, mas infelizmente eu já comprovei isso e continuo comprovando na vida de todos que acompanho.

Ou seja, enquanto você está triste, achando que nada presta, que a vida é difícil, que as pessoas são ruins, que você é uma desgraçada, vítima do ambiente, você se olha no espelho e não se reconhece mais, toma banho passa o sabonete e não sente seu corpo, come e não sente o gosto da comida, e o pior: O peito dói, a garganta fecha e o choro vem espontaneamente.

O que é isso? Seu foco! Claro! Você anda focando em tudo menos em você. Você anda prestando atenção em tudo quanto é assunto, mas quando o assunto é “você com você”, o que você faz? Liga a televisão ou o rádio, ou os dois para não se ver. Você se esconde de você mesma. Tem medo de enfrentar você! Olha que coisa louca! Pra bater boca com os outros é contigo mesmo, mas para olhar no fundo dos seus olhos e ter uma conversa franca, sincera e amorosa com você, não dá? Porque você finge que não tem ninguém aí dentro? Porque você finge que se arrependeu de nascer? Daqui a pouco você vai gritar: “Pare o planeta que eu quero descer!”

Se eu estou te dando a chave para mudar essa sua realidade, o que você está esperando para começar já? Chorar a gente chora mesmo! Amaldiçoar a existência humana fazemos todos os dias! Rogar praga no ex ou no atual nos dá prazer! Ok! Concordo! Mas porque, além disso, você não começa aos pouquinhos voltar à atenção a sua vida? Segure de leve em sua mão e vá! Apresente você pra você novamente e perceba a pessoa fantástica que mora aí dentro! Tenha coragem!

Siga-me no twitter: @menruntoyou



 

 

Você se reconhece frente ao espelho?
fev 5th, 2014 by admin

ConsultoriaComprar

Você sabe quem você é? Você se reconhece quando vê sua imagem no espelho do banheiro? Mas estou falando de verdade! Você sabe quem realmente você é? Você pensa que sabe, mas não sabe.

Primeiro porque você se acha sempre menos. Você está sempre se nivelando por baixo, ou tentando manter-se na média. Média? Sim média! Média de mediana, média de mediocridade! Credo!

Aí depois você não entende quando tudo começa a ir por água a baixo e fica se perguntando se não será obra do próprio destino ou de um Deus lá em cima, que acordou naquele dia mal humorado.

Já experimentou fazer isso hoje? Olhar-se frente ao espelho e apresentar você pra você? O que você diria?

“Essa é fulana de tal (como se sobrenome nos dias de hoje fosse alguma coisa), formada em tal profissão, alta, com cabelos ondulados, longos, castanhos, meio assim topeira, meio lesada às vezes, que é cheia de defeitos e imperfeições, que você precisa ficar vigiando o tempo todo senão fará ou falará uma besteira, precisa insistentemente se jogar para dentro para que a sua verdadeira essência não apareça, porque senão os outros não vão gostar. Isso sem falar no corpo….pare…pule essa parte…senão será a novela dramática.”

Se teu espelho for o queridão então, você passará a se ver com os olhos dele. Ou será no teu caso com os olhos da mãe? Mas note como nos identificamos o tempo todo com os olhos dos outros e não com os nossos próprios. E você ainda tem a coragem de me dizer, que você se conhece? Não! Você conhece o que os outros falaram de você!

Ora, se você finge o tempo todo para parecer ser o tipo “normal”, você acredita que os outros a descrevem como sendo você mesma, ou uma estranha qualquer?

A coisa mais interessante e mais bonita que eu fiz comigo um dia, foi me assumir como sou. Eu simplesmente tirei as amarras que me prendiam a uma sociedade da normalidade e me tornei eu mesma. Foi a melhor coisa que eu fiz! E eu que achei que fosse ser chicoteada em praça pública….na verdade aconteceu justamente o oposto.

Até então eu não era muito valorizada, minhas palavras não tinham valor e as pessoas passavam constantemente por cima de mim.

Mas quando eu mudei minha atitude comigo e isso não tem nada a ver com o mundo exterior, mas só comigo aqui, no interno, as pessoas também passaram a ter outro tipo de atitude comigo.

E então o que acontece é que não importa o que você faça ou fale, que todo mundo acha lindo! E sabe por quê? Porque é original! Não tem fingimento! Não tem manipulação (ok…só as vezes com o marido)! Não tem mutreta!

Sou o que sou! Não gostou? Paciência! É assim! Desse jeito! Meu jeito! Único! Indestrutível! Original! Meio louco, porém honesto!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

 


 

 

Qual nota você se dá?
fev 4th, 2014 by admin

ConsultoriaComprar

Você não acredita realmente que seja algo de valor, não é mesmo? Você acredita em defeitos, em imperfeições, em barriga negativa (que ódio!), em escova progressiva e drenagem linfática.

Tudo porque você acredita que seja povoada de defeitos e que se você se mostrar do jeito que realmente é, ninguém irá gostar de você e então ficarás “alone forever”. Olha o delírio!

Eu também já tive esse medo um dia e vivia me vigiando para ser o que todos queriam. Procurava sempre atender as necessidades patéticas dos outros. E os outros? Bom, os “Zoutros” com “Z” de zabumba, sempre tratavam de criar novas expectativas. E expectativas estas cada vez tão mais altas que seria impossível alcança-las. E eu nesse joguete? Extremamente cansada! Ora, por mais que eu me esforçasse e lutasse para ser quem essas pessoas queriam, nunca que era o suficiente.

Então eu resolvi desafiar! Eu acreditava que se eu mostrasse de verdade a minha personalidade e dissesse o que eu realmente estava pensando, que todo mundo iria me apedrejar e que o mudo ficaria contra mim.

Mas não foi isso que eu descobri! Eu descobri que quando você se aceita e se assume como é e estanca esse jogo de gato e rato com você mesma, todos aqueles que até então insistiam em afirmar que meu esforço não era suficiente ou que eu era inadequada, passaram a me respeitar e a me chamar de “Original”.

Todos aqueles que insistiam em se meter na minha vida e palpitar, passaram a ficar do lado de fora com aquela cara de “medo”. Claro, afinal todo mundo tem medo de louco. É bom ser louco! É primordial ser louco! Só os loucos entram no reino de Deus! (risos). Ora, com louco ninguém se mete, não é mesmo?!

Foi aí então que eu passei a ser a “lindinha original espirituosa e divertida”. E foi aí que pensei comigo mesma: “Ah então é assim que funciona. Se eu me aceito, se eu me dou a nota mais alta, se eu respeito meus sentimentos, significa então que estou me valorizando. E na lei do Universo, aquilo que eu dou  a mim mesma, ou seja, aquilo que efetivamente eu tenho dentro de mim, é o que ditará a minha realidade. É! Acho que fiz um bom negócio saindo da posição de Madre Tereza de Calcutá e assumindo o cargo de Primeira Dama do Parlamento de minha vida.”

Quando eu me olho no espelho, eu sempre penso “lindinha você”. (risos) Ok! Eu queria ter a tal da barriga negativa (Louca!!! ), mas do jeito que está até dá pro gasto. Se eu ficar assim sem respirar dá até pra enganar bem! O importante é que só eu percebo a tal da barriga, ninguém mais! Então está valendo!

E você? Qual nota anda se dando ultimamente? Mas não vale dar apenas a nota na cabeça. Você precisa sentir essa nota em seu corpo inteiro. Não adianta você me dizer que se dá 10, se deixa que os outros a invadam e a tratem de qualquer jeito. Isso não é se dar 10! Se dar 10 é colocar cada macaco no seu galho e você no trono minha querida!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

 


 

 

Onde foi parar a sua dignidade?
nov 7th, 2013 by admin

A coisa está grave. O que eu mais vejo aqui nesse site são mulheres que simplesmente perderam completamente sua dignidade. Não propositalmente, claro! Mas justamente por passarem por relacionamentos tão nocivos, com homens tão sem noção, infantis, até mesmo maldosos, que essa dignidade se perdeu.

E não é pra menos! Vamos falar o que é verdade aqui….

Tem homem que leva uma mulher a loucura. E não estou falando no bom sentido. A mulher enlouquece, fica com os nervos a flor da pele, se estressa, se decepciona, chora horrores, se desconfigura inteira, chegando ao ponto de se olhar no espelho e não se reconhecer mais.

Isso precisa ter um fim! Passar 24 horas por dia com dor no peito não dá mais! Você mesma além de não aguentar mais essa situação, também não está nem se aguentando mais! A gente chega a um limite.

E eu sinto que esse seu limite está próximo. Você quer mudar. Você quer voltar a ser aquela que era antes de conhecê-lo. Você quer acordar de manhã com o coração em paz.

E como conseguiremos isso? Resgatando a sua dignidade. Ela está aí. Você não a perdeu. Apenas precisamos que ela volte à tona. Isso é possível! Claro que é! Mas você precisa querer.

Você precisa fazer algo por você. Ficar remoendo cada coisa, cada palavra, cada ato, só é válido, quando conseguimos extrair algo produtivo, fora isso é masoquismo.

Minha intenção é fazer com que cada mulher estando dentro de um relacionamento ou não, esteja sofrendo, esteja desesperada e se sentindo um trapo humano, que desperte para si. Que desperte que basta esse despertar para o seu próprio valor para que essa dor vá embora. Você não precisa dela! Você precisa é de seu próprio amor, de seu próprio carinho, do seu próprio aconchego.

Eu quero mesmo é fazer você rir muito, se divertir com a vida, saber o que deseja, o que a faz vibrar e o que faz com que seu espírito, sua alma se expanda!

Eu um dia também já estive aí nesse lugar onde você se encontra hoje. Só que eu aprendi, estudei, compreendi uma série de coisas que fazem com que nunca mais nos sintamos desse jeito. Eu não sofro mais! Não me descabelo mais! Mesmo porque cabeleireiro e botox custam caro. Não dá pra ficar chorando compulsivamente sem arrumar pelo menos um par de pé de galinha.

Se for chorar pelo menos não aperte os olhos…assim a última sessão de botox dura mais.

Brincadeira, ainda não apliquei botox, mas já estou pensando seriamente nisso. (risos).

Eu estou finalizando um áudio específico para isso. E resolvi fazê-lo justamente porque percebo que a maioria das ações femininas, senão 100% delas são baseadas nessa dignidade perdida. E isso me dói muito! Dói-me ver mulheres ótimas, fortes, batalhadoras, inteligentes, de repente agindo como répteis! Eu não quero ver na minha geração essa degradação do time feminino! De jeito nenhum! E o que eu puder fazer para mudar isso, eu vou fazer.

Mas eu preciso que você também queira. Você precisa querer mudar isso em sua realidade física. Você precisa ter o desejo de colocar um fim nesse peso em seu peito. Chega! Você tem dignidade e eu vou provar isso a você!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

   

SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados