SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
E os homens ainda querem conquistar…
fev 16th, 2017 by admin

ManipulaçãoMasculina_Aula6



 
 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7 MateaFadaGeleiaComprar

Daltonismo do amor – Em Áudio
jul 6th, 2016 by admin

Cafa_Autoestima_Comprar

ATENÇÃO:  Acesse diretamente o site www,mulhercafa.com.br e clique no botão “Matricule-se”. Efetue o pagamento pelo Pagseguro e tenha acesso imediato ao áudio.

Clique aqui para ouvir o áudio

 

Atenção: Meu Instagram para quem perguntou é Maria Fernanda Amaral (fernandaamaralbrag)

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

 

Joga que a gente resolve
jan 20th, 2015 by admin

NOASTRALReduzidoNOASTRALNORMAL

Ontem estava assistindo a um documentário sobre a guerra do Vietnã. Sério mesmo que ela durou quase vinte anos?!

Claro! Óbvio que para durar tanto tempo só podia ser mesmo coisa de homem. Sim, porque homem é que tem paciência para ficar tanto tempo guerrilhando por nada nem coisa nenhuma.

E a tal da briga para tomar Jerusalém? Gente, isso vem desde a época de Jesus. E continua! Vai ter disposição assim para brigar e se explodir em outra dimensão! (Espero que ninguém queira ME explodir, porque eu citei essa briga! E Salve Maomé!)

Vocês já viram homem pensando na questão? Mulher senta no sofá e pensa. Homem sai para jogar futebol, beber cerveja, surfar, fazer kitsurfe e andar de stand up. O pensar deles é o famoso “esfriar a cabeça”. Eles fazem uma coisa de cada vez. Se a coisa está incomodando lá dentro, eles simplesmente pensam “vou fazer algo que gosto e depois eu penso nisso”. Uma coisa meio Scarlett O’hara dançando Ney Mato Grosso (Nunca vi rastro de cobra nem couro de lobisome…Porque eu sou é homem…Porque eu sou é home…E como sou….).

A gente não! A gente resolve tudo em cinco minutos. Em até menos do que isso, nossa mente montou a trama toda, com direito a diálogos, brigas, fazemos a mocinha e o vilão, decidimos sobre a morte do monstro novelesco e escrevemos FIM.

Já viu você no salão? Você faz cabelo, pé, mão tudo junto. Parece doida! Faz tudo ao mesmo tempo! Teve uma vez que me assustei! Tinham duas no meu cabelo, uma na mão, outra no pé e uma virando a página da revista. Não gente! É o cúmulo da maluquice isso!

Homem não! Eles vão ao barbeiro, cortam em 5 minutos, pagam 5 reais e acham que ficaram ótimos!

Mas no quesito relacionamento eles ganham. São mais práticos, mais pacientes e mais lerdos, bem mais lerdos. Enquanto a gente no primeiro encontro quer todas as respostas as nossas perguntas, eles começam a liberar o alfabeto pra lá de um mês depois. Nessa altura do campeonato, já esmiuçamos todo o face, insta, SPC e Serasa. Já sabemos o poder de endividamento e extraímos um Credit Bureau da vida do Cristo. Já sabemos até quantos cheques sem fundo ele deu, pra quem e o valor. Sabemos os sinistros nos carros, as placas, os imóveis, tipo sanguíneo e a cor da cueca. E ainda fazemos aquela cara sonsa de que não sabemos de nada!

Tente esconder alguma coisa de uma mulher? A gente vai até o inferno e descobre! Ah descobre! Parece que sentimos o cheiro. Na guerra então resolveríamos o acordo em meia hora de papo e ainda terminaríamos o assunto falando sobre dieta com as forças inimigas.

Só falta agora você resolver sua guerra interna. Afinal, ai dentro não temos duas forças contrárias guerrilhando, mas ao menos dez, cada uma gritando e exigindo uma coisa. E você no meio na “psicagem” total pronunciando aquela velha frase sublime “Fernanda me dá uma luz”.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

MateaFadaGeleiaComprar

 

O amor dos outros é importante?
dez 16th, 2014 by admin

Modus2Comprar

A princípio você responderá afirmativamente com a cabeça, defendendo a ideia que o amor dos outros por você é extremamente importante e sem ele você jamais será feliz.

Mas eu vou provar a você que isso é uma grotesca ilusão. Quer ver?

Lembra-se daquele rapaz bonzinho, temente a Deus, que amava os animais, que honrava pai e mãe, que ajudava velhinha a atravessar a rua? E mais…que a enchia de presentes caros, dizia que você era a mulher mais linda do planeta, que Angelina passava longe frente a sua exuberância, que se preocupava com você, a protegia, era presente, a buscava e levava ao trabalho, a incentivava….está lembrando?

Vagamente?! E o que você sentia nessa época? Um vazio? Um nada? Uma insatisfação? E porque isso?

Ué, você não acabou de afirmar que o amor do outro é só o que importa? E que sem esse amor, essa consideração, esse carinho do outro, você jamais será feliz nessa vida? E que você será desgraçada se isso nunca acontecer?! Agora esse amor, essa paixão que aquele outro lá sentia por você não era suficiente e não preenchia?!

Mas não preenche mesmo! O amor, a consideração, o afeto do outro ou dos outros, nunca preencheu e nunca preencherá. Ele pode dizer dez vezes ao dia que a ama, que você é a pessoa mais importante do mundo, que ele não vive sem você, que não será suficiente! Parece que sempre vai faltar algo. Parece que esse alimento não enche a barriga. O vazio a consome e você se pergunta “qual é o meu problema Fernanda?”.

Mas o outro lá, o ex, aquele que a desprezou, aquele que não deu muita importância, que não queria compromisso, que não estava nem ali com a hora do Brasil, esse sim, você louca, nessa cabeça psica achava que iria ser o responsável por suprir todas as suas necessidades e fazê-la feliz, não é mesmo?

E porque isso? Porque você acredita nessa ideia ridícula de que você precisa do outro para ser feliz! E no cão em questão, você pegou o primeiro babaca que passou e transferiu essa carência a ele! E mesmo eu dizendo aqui você continua acreditando!  Você sempre acha que precisa de algo de fora, seja lá qual Cristo for, porque na cabeça aí você já elegeu um infeliz pra pato, colocando nele toda a responsabilidade e a expectativa para completar esse feito. Mas ele era só um quadrúpede babaca meu amor! Ele não tinha nem pra ele, quanto mais pra você!

Obviamente ele jamais conseguiria contentá-la porque afinal não existe mulher nesse mundo satisfeita. Mas aí você me diz “Ah Fernanda eu não sinto assim uma paixão por ele. O outro lá era mais homem, tinha mais tchan, mais pegada, não sei explicar.”

Mas eu sei explicar: Criatura presta atenção aqui na titia. Nunca teve nada a ver com nenhum outro que tenha passado em sua vida. A insatisfação que você sente é sua. A falta de amor que você tanto exige do outro, é o seu próprio que você não se dá. O carinho, que você reclama tanto que ele não te faz, é o seu carinho que você se priva. A consideração e o respeito, que você grita ai aos quatro ventos, nunca teve que vir do outro, mas de você mesma em primeiro lugar. Seu peito está vazio de você! E não adianta transferir essa carência, chamando de depressão e se entupindo de rivotril. Não vai resolver! Você pode até ficar assim meio tonta (mais tonta) por causa do remédio, mas não vai resolver a “SUA FALTA” e você vai continuar tentando arrancar desesperadamente do outro o que na verdade sempre foi SEU.

Que tal começar a se olhar, a se dar atenção, a se dar amor, carinho, afeto e a dizer a você mesma com toda estima “Eu te amo”!???

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados