SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
Rivotril do Universo
mai 17th, 2016 by admin

Cafa_Autoestima_ComprarAula2

 

Problemas sempre existirão. Situações que exigirão mais autocontrole, mais domínio e posse sobre nós, também. Mas parece que algo nos ajuda quando passamos por esses períodos complicados.

Parece que o Universo nos envia uma pequena pílula que nos encoraja a nos recompor, a nos reconectar novamente com o que verdadeiramente somos em nossa essência. Afinal, quantas e quantas vezes você pegou certos caminhos que a levaram a quase despencar por um precipício? Quantas e quantas vezes a vida foi obrigada a dar um chacoalho porque justamente você parecia que estava vestindo uma fantasia?

Podemos até mesmo comparar essa centelha de luz que nos é enviado como o “Rivotril do Universo”!!

E como ele faz isso?

Fazendo com que um livro perfeito com a mensagem que você precisa receber caia em suas mãos. Ou ainda mandando um boy magia novo para distraí-la, ou fazendo com que você aterrisse num site de uma tal de Mulher Cafa…risos. Não interessa qual cor de pílula você receba, mas tenha certeza que é a dose certa para o seu momento presente.

Sabe que na minha vida sempre foi assim?

Eu podia estar passando por uma fase bem chata, mas sempre aparecia outra coisa para me distrair, como um sopro em meu coração.

Mas por que será que isso acontecia comigo? Será que é só comigo?

Na verdade, esse remedinho é dado a todos. Não interessa se você é merecedora ou não. Se você foi uma boa aluna ou não. Se agiu direito ou se desvalorizou. Se fez o que queria ou permitiu que uma tropa passasse por cima de você.

“Nada disso importa” – O Universo sussurra baixinho em seu ouvido.

Só o que importa é o aqui e agora. E no aqui e agora você pode pedir uma ajudinha. E obviamente se colocar na posição de ser ajudada.

Como uma mendiga carente afetiva desgraçada e miserável? Claro que não!

Mas na posição de ganhadora. Independentemente do que esteja acontecendo, você é sempre ganhadora. Estamos sempre ganhando. Estamos sempre aprendendo. Estamos tendo sempre a possibilidade de assimilar coisas, de compreender onde estamos falhando conosco e assim ajustarmos nosso radar ao que queremos de fato.

Eu sempre confiei que tem algo sendo feito por mim. E de fato sempre foi! Até quando eu aparentemente perdi. Pois foram graças a essas “perdas” que eu pude compreender algo muito maior! Foi “perdendo aquela criatura”, que eu pude me ganhar! E de vez! E depois que eu me ganhei, me reconheci e me amei, o jagunço voltou e então obviamente eu não quis mais!

Afinal, tudo aquilo que eu queria tanto extrair à força do outro, eu havia passado a me dar! Além obviamente de passar a ver as coisas como elas realmente eram e não com olhos de fadinha apaixonada. Credo, nem me lembre! Na hora que vi até tomei um susto! (Risos… ”Mas eu estava sofrendo por isso aí? Só pode ser macumba! ”).

Eu passei a me dar carinho, atenção, amor, aconchego, apoio, segurança, elogio, chamego…. Logo, o do outro não tinha mais aquela importância!!

Quando eu me coloquei na posição, de boquinha aberta, esperando o Rivotril do Universo, parece que eu mesma passei a produzir a minha própria dose diária do tal composto químico e aí tudo ficou resolvido! Se dependesse de mim esse fabricante iria à falência!

Afinal se é pra sentir, então vamos sentir pra valer! Se é pra chorar, vamos chorar o rio Amazonas inteiro! Mas vamos extrair disso tudo o que pudermos. Vamos aprender e reaprender a andar com as próprias pernas. Vamos nos tornar fortes! Imagina você chegando lá no astral e São Pedro perguntar:

“E aí Filomena, você aprendeu o que? ”

E você responder com cara de frando d’água: “É..não sei…estava de caco cheio, com Rivotril na cabeça. Não vi, não ouvi, não senti, não fiz nada. Só fiz luzes, comprei uns sapatinhos, treinei o glúteo no agachamento e congelei a barriga na criolipólise”.

Resposta de São Pedro?

“Crio o que?!! Puta que o pariu! ”

Atenção: Meu Instagram para quem perguntou é Maria Fernanda Amaral (fernandaamaralbrag)

 

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

O Universo deixa pistas
fev 1st, 2016 by admin

Comoesquecerumhomem

Basta uma simples conversa, ou uma frase que nos faz acordar, ou talvez uma situação que nos chacoalha, para que nos coloquemos no caminho que verdadeiramente desejamos.

Muitas vezes saímos tomando uma série de ações, passamos por cima de nós, não nos escutamos e insistimos em certas pessoas e situações que estão longe de ser o que um dia almejamos e sonhamos.

Nossa mente insiste, martela, diz que sem aquilo você não será feliz. E se você não estiver muito atenta ao que está se passando, fatalmente cairá na armadilha da cabeça e a seguira sem analisar com frieza o que de fato seu ser deseja.

Como assim?

Quer um exemplo?

Insistir em fornecer atenção e importância a quem já provou que não merece seu precioso tempo!!!

Você já fez isso! E nem me diga que está fazendo agora! Por favor não me conte. Jura que você está deixando de ser feliz para pensar no que será que irá acontecer agora? No que ele está sentindo? No que ele está pensando? No “será” que ele virá atrás de você novamente?!

Desculpe minha pergunta ingênua: Mas por quê mesmo? Qual a relevância dessas perguntas na sua vida depois de tudo o que você passou?

O que ele pensa, sente, acha, passa, sofre, não faz mais parte de sua vida. Aliás, nunca teve! Você estava apenas forçando um elefante a ser passarinho! Você queria porque queria vestir aquela roupinha de bom moço naquele estrupício! Mas estrupício não é bom moço! Ao menos não nessa encarnação! Ele até conseguiu fingir no começo, mas depois já ficou claro!

É ou, não é??!

Eu vou perguntar de novo….

Sim ou não?!

Você sabe a resposta….

Mas o bom disso tudo, com ou sem estrupício, é que o Universo está presente em todos os momentos, ações, pensamentos, sentimentos, sensações e criações. Ele, O Universo, nesse momento está conectando o que você sente aí dentro com o que está disponível nesse planeta para que você realize o que deseja.

E ele espalha pistas! O Universo trabalha como na história infantil de João e Maria, lembram-se? Vai jogando pedrinhas na estrada para que você encontre o caminho.

O problema todo é que a gente vê as tais pedrinhas, mas simplesmente ignora. A gente prefere sempre seguir a cabeça de franga e aí se estrepa bonito.

E então ficamos com aquela cara de chuchu desidratado, sabem?  Ou então com aquela de “Anotaram a placa? ”. Parece até que um trem passou por cima da gente.

Será que não está na hora de você começar a procurar as pedrinhas do teu caminho?

Será que estas pedrinhas já não estão espalhadas aí em cor rosa neon?

Já olhou com atenção?

Não?

Então tire o dia de hoje para olhar com cuidado….

Atenção: Meu Instagram para quem perguntou é Maria Fernanda Amaral (fernandaamaralbrag)

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

A revolta que nos coloca no caminho certo
jun 26th, 2014 by admin

ProsperidadeComprar

Hoje farei uma coisa diferente. Responderei um comentário em forma de post. Engraçado é que eu passei exatamente por essa fase. Temos a fase da tristeza, da descoberta, da revolta e por fim a que conseguimos colocar em prática em nossa vida.

Essa leitora se questiona muito e me questiona também. Ela fica inconformada e nervosa, pois quer muito compreender e assim acertar. Ela é osso duro de roer, forte, determinada e acima de tudo quer testar tudo para assim comprovar a ela mesma como funcionam essas leis.

Vamos a ele?

Comentário: “Bom, se eu melhorei muito, as coisas tb deveriam melhorar muito. Mas tudo bem. Isso quer dizer que para eu ser minha melhor amiga não posso me desesperar quando as coisas que não dependem de mim não dão certo ou não são tão boas? Racionalmente pensando, se desesperar não adianta nada. Ok!
Agora, eu realmente não sei mais identificar quais são minhas crenças e minhas resistências que acabam bloqueando minha vida. Eu já eliminei várias e nem por isso as coisas de fato aconteceram. Será que não precisamos aprender a dançar na tempestade mesmo quando nossa vibração é ótima para recebermos aquilo que queremos? Será mesmo que não existe um tempo “certo” ou o melhor tempo para que as coisas aconteçam? Será que se algo que eu desejo acontecer agora eu vou acabar deixando de fazer outras coisas que eu tb quero e se esse meu desejo acontecer depois será muito mais proveitoso? Será mesmo que tudo depende da nossa vibração para que aquele raio de problema ou aquilo que eu quero muiiiiitoooo aconteça no final da tarde so pq eu finalmente soltei o assunto e mudei minha vibração???
Beijos”

Trecho: “Mas tudo bem. Isso quer dizer que para eu ser minha melhor amiga não posso me desesperar quando as coisas que não dependem de mim não dão certo ou não são tão boas? Racionalmente pensando, se desesperar não adianta nada. Ok!”

 

Resposta Maria Fernanda: Veja, ser sua melhor amiga não tem muito a ver com se desesperar ou não. Mas sim em saber perfeitamente como as leis funcionam e o que fazer para que funcionem. Não se desesperar, porque afinal nada é tão desesperador assim, é fundamental. O desespero nos corta a visão, nos cega, coloca-nos em um estado onde a inteligência universal não encontra caminho para agir. Problemas sempre existirão. Faz parte da vida. Mas a forma como você vê e lida com ele é que faz toda a diferença. Obviamente, num momento pior é fundamental que você se dê o seu melhor, sendo sua melhor amiga. Isso se chama consideração e valorização. Valores primordiais para a prosperidade.

 

Trecho: “Agora, eu realmente não sei mais identificar quais são minhas crenças e minhas resistências que acabam bloqueando minha vida. Eu já eliminei várias e nem por isso as coisas de fato aconteceram. Será que não precisamos aprender a dançar na tempestade mesmo quando nossa vibração é ótima para recebermos aquilo que queremos?”

 

Resposta Maria Fernanda: Sabe o que acontece e é algo muito comum? A princípio nós promovemos mudanças apenas na cabeça, na mente. Mas lá dentro mesmo tudo continua igual. Até nas situações mais simples do dia a dia, não pensamos duas vezes em passar por cima de nós, ignorando totalmente o que sentimos e de fato queremos, ou seja, nossa verdade. Se não mudou fora, é porque dentro não foi mudado. E para isso se iniciar, sentir-se bem independente da situação presente é primordial, seria o seu “dançar na chuva”.

 

Trecho: “Será mesmo que não existe um tempo “certo” ou o melhor tempo para que as coisas aconteçam?”

 

Resposta Maria Fernanda: Tudo respeita a natureza, ou seja, o que é natural. Quando plantamos, por exemplo, colocamos a semente, cobrimos com terra e regamos com água. Ok! Agora é só esperar que dentro de alguns dias a planta comece a nascer. Com nossa vida a mesma coisa, com a diferença que para a planta a água faz com que a mesma se desenvolva e em nossas vidas é nosso poder de sustentar a sensação no corpo daquilo que se quer. E qual o tempo? É com você! Você pode fazer a planta crescer no seu tempo normal, uma semana, dez dias, um mês ou dez anos. Você pode deixar a natureza fazer o trabalho que lhe compete ou se enterrar na terra e tentar fazer a planta crescer. Obviamente pela segunda opção, você vai matar a planta. Na sua vida é a mesma coisa. Quando você acredita que precisa controlar tudo, é como você estivesse se enterrando na terra junto com a planta.

 

Trecho: “Será que se algo que eu desejo acontecer agora eu vou acabar deixando de fazer outras coisas que eu tb quero e se esse meu desejo acontecer depois será muito mais proveitoso?”

 

Resposta Maria Fernanda: Somos seres como o Universo, ou seja, em constante expansão (até para os lados…risos). Sendo assim, quando conseguimos algo que desejamos hoje, outros novos desejos serão criados. E isso tudo ocorre através do que chamamos de “contraste”. É através do contraste, ou seja, o que queremos ou não, por meio de nossa observação, novos desejos são criados. É um processo sem fim.

 

Trecho: “Será mesmo que tudo depende da nossa vibração para que aquele raio de problema ou aquilo que eu quero muiiiiitoooo aconteça no final da tarde so pq eu finalmente soltei o assunto e mudei minha vibração???”
Resposta: Sim! Tudo só depende única e exclusivamente da vibração emitida. Se você emite X terá X. Ontem a noite, estava vendo um documentário entrevista com Michael Jackson, quando o jornalista perguntou: “Como você faz para escrever uma música? Você senta no piano e compõe?”. E Michael respondeu: “Se eu sento no piano e tento me forçar a compor não sai nada. Quantas vezes fiquei martelando na minha cabeça que precisava compor e nada de bom saia. Billie Jean por exemplo eu compus no carro. Eu não estava pensando nada, estava tranquilo e a música veio naturalmente. Então comecei a forçar a criar a melodia. E nada! Não vinha! Eu sentava e pensava e pensava e nada! Então deixei a letra por alguns dias quieta e fui fazer outra coisa, quando de repente a melodia veio.” Então ele começou a fazer o som da batida da música. Foi aí que o jornalista perguntou: “Mas de onde você acha que veio isso?”. Michael sorriu e disse apontando as mãos ao seu redor: “Do Universo.” E ainda completou: “O maior erro que uma pessoa pode cometer é pensar. Você deve aprender a pensar com seu corpo, a sentir no seu corpo. Ali estão as respostas.”. Ficou claro para mim, que ele sabia perfeitamente o que estava dizendo. Ele sabia! Ele sabia como fazer! E ele disse claramente. Obviamente ninguém percebeu o que de fato ele queria dizer. Já vi Madonna também dizer algo bem próximo a um jornalista quando disse “As pessoas não tem o conhecimento que são elas próprias que criam a sua própria realidade. Você cria o que quer vivenciar, o que quer ver, com quem deseja compartilhar coisas, apenas aqui dentro.” E apontou para o peito.

Ou seja, quando você muda sua visão sobre algo, automaticamente você muda a vibração. E quando sustentada por algum tempo, libertando-se de qualquer padrão comportamental aprendido, aquilo acontece. Essa é a lei natural. O que não é natural é a forma como a grande maioria das pessoas conduz a própria vida, como se fossem obras do destino, de um Deus, Deuses, ou de terceiros que tem poder sobre suas vidas.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ConsultoriaComprar

SaberDizerNaoComprar

FiqueporcimacomprarHomemComprarIIModusComprar
Defesas_Energéticas

Vivemos num labirinto escuro (Mente)
mar 28th, 2014 by admin

HomemComprarIISaberDizerNaoComprarConsultoriaComprar

O Universo é tão simples como uma barra de chocolate. Sabe essa que você devora em 30 segundos e que está tão acostumada com sua textura, aroma e paladar que nem se dá mais conta de como uma mordida se comporta em sua boca? (Usei chocolate, pois isso eu sei que você entende bem).

O Universo é a mesma coisa. As leis que regem o universo são exatas, perfeitas e o melhor de tudo, são simples.

Você tenta, tenta uma coisa, se esforça ao máximo, faz das tripas coração, pensa até a cabeça quase pifar, reza, acende vela, faz banho de descarrego e nada. A coisa não vai. E então você se pergunta “Onde estou errando? Onde está meu bloqueio?” E você não tem resposta!

Você luta contra aqueles pensamentos, você briga com eles 24 horas por dia, os combatem, como um soldado na guerra, querendo a todo custo e em vão que essa coisa cabeluda que você tem aí acima do pescoço pare de pensar.

Tenho uma novidade para você: A mente não pára. Ela não pára nunca! E nunca vai parar. Não tem jeito. Os pensamentos que você tem aí ligado em sua cabeça como uma macumba assentada, não vai sair apenas porque você não quer mais pensar. Nosso corpo, nossos aparelhos são fantásticos. Eles possuem uma inteligência e, portanto qualquer tentativa em derrubar velhas crenças é defendida com toda força e pressão que só seu “tico teco” interno sabe fazer.

“Ah Fernanda então quer dizer que não tenho salvação?”

Claro que tem! Existem formas de você burlar esses pensamentos, isolando-os ou até mesmo neutralizando-os até que novos pensamentos ou macumba como preferir, sejam instalados em sua cabecinha.

E que pensamentos novos são esses? Pensamentos que sejam aceitáveis pela sua cabeça. Por exemplo: Você tem aí na sua cabeça que dinheiro é muito difícil de ganhar. Isso já está ligado em você há anos. Vai adiantar você bater de frente com essa crença e dizer dentro da sua cabeça “eu sou rica”? Claro que não! Isso vai soar falso. E assim que você pronunciar essa frase, sua cabeça inicia um processo de proteção, de garantia dos pensamentos e crenças existentes, de defesa e proteção da estrutura atual. E esse mecanismo consiste em jogar frases de efeito em sua mente do tipo “Ficou louca? Como você pode dizer que é rica com essa conta bancária no vermelho? Como você pode querer ser rica com as criancinhas passando fome no campo de refugiados? (essa última foi para minha querida amiga e rival Angelina Jolie)”

Pois bem!

Confirma para mim nesse momento! Tente usar uma frase antagônica as tuas crenças e veja como a mente reage. Sendo assim, só existe um jeito de sair desse labirinto escuro chamado de “mente”, que é instalando outros “programinhas” que sejam mais aceitáveis, ou seja, que não se choquem fortemente com as crenças que você já tem enraizadas.

Nesse caso específico você poderia colocar um pensamento do tipo “Melhoro um pouco a cada dia”, ou ainda “O Universo me supre em tudo o que eu preciso”, ou ainda “Tudo o que preciso será trazido para a minha realidade” e na pior das hipóteses, use um pensamento bem adequado, polido e elegante como “Foda-se tudo”. Funciona também.

Que tal começar a se observar? Que tal começar a olhar para dentro, ter a coragem de visualizar de frente essas crenças, esses pensamentos e começar a instalar novos? A mente é só um aparelho e um aparelho controlado por você. O arbítrio é seu e não dela.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

Fiqueporcimacomprar

 

 

 

 

Você tenta fazer todas as necessidades dele?
out 15th, 2013 by admin

Sabe uma frase que sempre leio e escuto? “Eu procurava fazer todas as necessidades dele!”

Porém quando vou investigar noto que esse comportamento não é somente com o “queridão”, mas com todos do seu convívio. Você tenta ser a legal, a bonitinha, aquela que nunca diz não, que não pode ver ninguém chateado, aquela que faz gracinha para todo mundo. E porque tudo isso? Porque você acredita que agindo assim será amada e aceita.

Então você percebe que todo seu esforço foi em vão. Você percebe que por mais que tenha se esforçado, por mais que tenha anulado suas vontades apenas para satisfazer as vontades daquele homem ou daquelas pessoas, não foi suficiente. E pior, essas mesmas pessoas que fizeram com que você se sacrificasse tanto, foram aquelas que mais a fizeram sofrer!

Isso não nos parece tão injusto? Ora, se eu fiz pra você, então você tem obrigação de me dar consideração e me amar forever!

Mas na lei não é assim que funciona. Existe uma lei no Universo que eu apelidei de Lei da Postura. Sabe como ela funciona?

Assim: Se eu me anulo para fazer gracinha para os outros, todos os meus desejos serão anulados. Se eu digo “Sim” quando na verdade, lá dentro de mim, eu quero dizer “Não”, então tudo será negado a minha pessoa. Se eu passo por cima de mim, desprezando o que sinto, então todos a minha volta passarão por cima de mim como um rolo compressor. Se eu desqualifico o que sinto e vou na conversa dos “Zoutros” com “Z” ou me preocupo com o que vão falar e pensar, como se eu pudesse controlar isso (risos), eu estou me desvalorizando para o Universo. E assim será! É a lei! Você crendo nela ou não.

Agora você entende o motivo dele ter agido com você daquela forma?

Então você dirá: “Ah, mas ele estava errado. Ele agiu errado. Isso não se faz.”

Concordo! Ele foi um perfeito cretino. Terminou com você por face book, traiu, mentiu, esnobou, foi grosso e disse coisas horríveis.

Por quê? Olha a lei…Quais atitudes você tem tido com você ultimamente? Vai olhar que você vai encontrar as respostas.

Quando eu comecei lá atrás a estudar isso, fiquei revoltada. Vocês nem imaginam o ódio que me deu. Eu não queria aceitar que fosse assim.

Primeiro, porque estudei em colégio católico a minha vida inteira e lá diziam que tudo era vontade de “Deus”. Ora, então Deus quer me ferrar? Eu sou bonitinha, rezo, sou caridosa, trato bem a todos, me deixo de lado para cuidar dos outros, e Deus me castiga? Como assim? Que Deus injusto é esse? Eu sabia que algo não batia naquele discurso do Padre.

Tudo bem, eu adorava o Padre, mas que as ideias dele não tinham lógica, ah isso não tinham!

Eu queria respostas! Eu queria entender o porquê de algumas vezes as coisas irem bem e outras não. E nessa minha busca por respostas, eu fui expulsa várias vezes da sala de aula. Afinal, eles não tinham as respostas para me dar (risos).

Mas a mensagem que quero passar é: Pare agora de ser a lindinha pra todo mundo! Pare agora de tentar agradar a todos, principalmente o “queridão”.

Antes disso, seja a linda para você, agrade primeiro a você, faça tudo para o seu bem-estar, para sua felicidade e para o seu contentamento.

Acredite o mundo não vai desabar por conta disso!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados