SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
Eu tenho medo que ELE pense
abr 6th, 2017 by admin

Aprendaadobrar_Lançamento


Veja só você.

Linda, forte, segura de si, unhas pintadas de vermelho, cabelo com frizz sob controle, perfume em dia, barra da saia na medida, porte Kate (Middleton) …e a cabeça?

Já não é mais de franga! Já virou uma canja!

Afinal, você tem medo que ele pense…

Se você foi muito simpática, então banco dos réus, afinal você sorriu demais.

Se foi muito fria, então banco dos réus, afinal foi grossa.

Dá pra sentar em outro banco que não seja de uma condenada a forca?

Tudo bem! Não precisa ser um trono cravejado de swarovski, mas dá pra pelo menos largar o chicote de açoite?

Você tem tanto medo que ele pense que sim, que não, que talvez, que você isso, você aquilo, senão ele vai, ou não vai …que quem fica numa camisa de força ao final das contas é VOCÊ mesma! Toda travada, engessada, dura, tensa, que vai acabar a noite na farmácia comprando emplasto sabiá. Fim de carreira total!

Gente, uma vez eu fiquei tão tensa, mas tão tensa por causa de um ex-namorado, que eu consegui travar as costas escovando os dentes! Vai vendo! Que patético!

Quer que comece a dar certo?

Então pare de ficar se controlando para não parecer ser, para não dar gafe, para aparentar esse ou aquele personagem, para ser apenas VOCÊ. Indo de encontro com seus valores, suas verdades, seu respeito por você mesma e sua dignidade.

Está machucando? Então não é bom!

Está nebuloso? Então faça um chá e espere a verdade vir! Você não precisa sair correndo como se fosse a Black Friday da Victoria Secrets, comprando 27 brilhos de sabores diferentes. Você só tem uma boca! Além disso, uma semana usando aquele visgo a gente nem consegue sentir mais aquele cheiro enjoado de morango com chiclete Bubbaloo! E depois os outros 26 que sobraram, ficaram lá fazendo volume na gaveta!!

Se ele quer pensar, que pense! Se ele quer achar, que ache! Não dá mais pra viver pensando no que ele talvez esteja pensando, muito menos ficar com medo do “acho” do outro. Afinal, se ele está achando errado ao meu respeito, nem serve para estar ao meu lado, porque é um grilo que não enxerga nem o cartaz “Sale” na frente da vitrine da Schultz!

Eu nem consigo concordar com os pensamentos que tenho aqui dentro, quanto mais controlar a cabeça de uma criatura que não sabe nem montar uma tabela no Excel!

Ainda continua nervosa aí penssssssando, no que ele pode estar pensssssando agora?

Vamos tomar um cafezinho?

 
 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7 MateaFadaGeleiaComprar

Por que você está passando isso?
dez 18th, 2015 by admin

AulaExtra

Você já se perguntou por que você está passando pelo que está passando? Qual motivo? O que está ocasionando isso?

Clique no link abaixo para ouvir o áudio:

http://site1379521424.hospedagemdesites.ws/wp-content/uploads/2015/12/Audio_18122015.mp3

Atenção: Meu Instagram para quem perguntou é Maria Fernanda Amaral (fernandaamaralbrag)

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Onde tem medo existe apego
out 19th, 2015 by admin

Euqueromelhorar_Parte1

Bom dia a todos!!!

Onde tem medo existe apego. E apego nem de longe tem a ver com amor….

Clique no link abaixo para ouvir:

http://site1379521424.hospedagemdesites.ws/wp-content/uploads/2015/10/Audio_19102015.mp3

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

O desespero tem um cheiro
out 16th, 2015 by admin

Euqueromelhorar_Parte1

Bom dia a todos!!!

O medo tem um cheiro, assim como o desespero. E um homem sabe quando uma mulher está desesperada com medo de perder ou tentando segurar um homem…

Clique no link abaixo para ouvir:

http://site1379521424.hospedagemdesites.ws/wp-content/uploads/2015/10/Audio_16102015.mp3

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Áudio 29/09/2015 – Sobre o medo
set 29th, 2015 by admin

DespertandooFascinioAula8

Bom dia a todos!!!

Você sente medo? Alguns sentem medo de ficarem sozinhos, outros de ficarem sem dinheiro, outros os mais cabeludos que nem sequer imaginamos. Qual o seu? O que você faz com ele?

Clique no link abaixo para ouvir:

http://site1379521424.hospedagemdesites.ws/wp-content/uploads/2015/09/Audio_29092015.mp3

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Vai com medo, mas vai
set 15th, 2015 by admin

DespertandooFascinioAula7

Quem de nós nunca sentiu aquele frio na espinha frente a algo novo? Quem de nós não teve o ímpeto de dar para trás em algo e ter vontade de correr pra cama se esconder debaixo de um cobertor? E quem de nós literalmente desistiu por medo?

Acho que todo mundo.

Eu mesma em minha vida muitas vezes me pego com medo das coisas, as vezes um tanto insegura, pensando só abobrinha e achando que todos estão contra mim.

Pois é! Mas existe um detalhe, uma ação que faz toda a diferença. Seria essa ação que separa os vitoriosos das vítimas. Dos adultos das crianças. Das fadas dos gnomos.

Estou falando do ato de dar o próximo passo. E o medo? Mesmo com medo! Vai com medo, mas vai! Apenas dê o próximo passo ao seu objetivo, mesmo que o futuro pareça ser aterrorizante. Mesmo que a situação pareça ser embaraçosa.

A verdade mesmo é que as coisas nunca são como imaginamos e para falar a verdade são sempre mais simples do que pintamos.

Quantas vezes amargamos meses e até anos em algo que nos faz sofrer apenas por medo de tomar ações que precisamos tomar? Vejo muito isso na vida das pessoas. Normalmente aquelas pessoas sem paciência tem mais facilidade em tomar atitudes mais drásticas e práticas, retirando assim o obstáculo de seu caminho. A gente chama essas pessoas de “radicais” ou “duras na queda”. Mas a realidade é que essas pessoas tem a incrível capacidade de não se deixar paralisar pelo medo. Afinal, medo todos nós sentimos em algum momento.

A questão principal a ser respondida é o que você faz com seu medo?

Ele tem o poder de paralisá-la? Ele consegue fazer com que você simplesmente desista das coisas? Ele faz com que você crie desculpas mentais chegando até mesmo a “criar” situações na vida apenas para justificar o seu pavor?

Quer um exemplo? Vai parecer ridículo, mas lá vai: Você não consegue passar na OAB, porque passando na OAB você será uma advogada e então não terá mais desculpas. Logo, na mente consciente você se descabela porque não consegue passar, de modo a defender-se da ideia apavorante de trabalhar em algo que descobriu de que não gosta ou porque terá que advogar que é algo que a deixar em colapso?

Ou ainda, “eu quero muito alguém na minha vida, Fernanda”, mas lá dentro do subconsciente está “eu acredito que relacionamento afetivo vai destruir minha vida e eu vou acabar como a minha mãe” ou “como eu posso querer alguém se nenhum homem presta e vai me trair em algum momento? ”. Logo, só aparece homem bêbado, que sofre de fimose, com problema no pinto, casado com a mãe, sem um tostão no bolso ou que não quer nada com a hora do Brasil.

“Onde eu estou errando, Fernanda? ”

No medo! No que você faz com seu medo e como o deixa dominar sua vida ao ponto de impedir que as coisas que você tanto quer aconteçam!

E como acabo com isso?! Como mudo?

Aprendendo a dar o próximo passo sempre que o medo a assaltar. Em todas as situações. Assim, você pouco a pouco começa vai transmitir ao seu inconsciente que a vida não é perigosa, que os homens não são calhordas, que ter dinheiro não é sinônimo de esnobismo e que você pode sim ser feliz sem chorar depois.

Qual o seu medo? Então dê o próximo passo em direção a ele.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Não está acontecendo nada
ago 5th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula3Comprar

 

Olhe em volta. Está acontecendo alguma coisa? Agora nesse momento? Um meteoro vai se chocar com a terra no próximo minuto? Tem alguém com uma ponta de faca na sua barriga? Não. Não está acontecendo nada.

Agora observe a sua cabeça. De meteoro a vou ficar sozinha morando de baixo da ponte forever está bem ali. Tudo acontece dentro dessa cabeça. Novelas são escritas, dramas, tragédias, catástrofes, o mundo vai acabar e você não comprou aquele sapatinho desejado porque o saldo do cartão de crédito se esgotou. É um turbilhão de pensamentos por minuto.

E agora? O que fazer com a cabeça?

A resposta é nada! Nada, simplesmente porque cabeça é isso mesmo. Ela sempre vai pensar o que não deve. Ela sempre por um motivo ou outro acessará partes de sua memória que desencadeará pensamentos e sensações.

O que fazer então?

Não embarcar nos pensamentos! Tenha o discernimento para compreender o que é apenas “cabeça” e o que de fato está acontecendo.

Quer fazer uma experiência?

Observe aí esse pensamento totalmente sem pé nem cabeça que a está corroendo nesse momento. Agora deixe a cabeça de lado e olhe em volta. Está acontecendo alguma coisa? Não!

Você não irá para trás das grades porque não pagou a fatura do cartão, você não chorará o término daquela relação para sempre, não vai ficar sozinha até o fim dos tempos, nem morrer vítima de uma avalanche. Não! O ebola não vai te pegar! Já tem até vacina! Por via das dúvidas, não vá para Serra Leoa! (risos). Afinal, o que você faria em Serra Leoa? Por acaso tem alguma loja da Victoria Secrets para você comprar hidratante?

Olhe aí! É só mais um dia, uma manhã, assim como foi ontem. Hoje mesmo você pode decidir mudar a cor do cabelo, o corte, o estilo de se vestir, de pensar e de viver a vida. Você pode mudar tudo de um segundo para o outro apenas escolhendo o que deseja ou não pensar.

Mas como faço para parar a cabeça?

Ela não vai parar! Não vai! Mas a forma como você lida com esses pensamentos é que faz toda a diferença.

Quer acreditar que você é uma azarada, que nada dá certo na sua vida, que sua área afetiva não tem solução? Ok! É uma escolha.

Mas que tal escrever uma estória nova a partir de agora? Que tal largar de mão aquela estória do “retorno do que nunca foi”? Que tal dedicar-se ao que de fato interessa?

Sua vida!

Chega dessa conversa de que fui injustiçada, porque mentiu, enganou, fez, aconteceu….Ficar repetindo o filme para todo mundo escutar e opinar só reforça essa coisa ruim que você sente aí dentro.

Ao contrário disso, foque sua atenção em algo que a alimente, a acalme, a anime, a deixe leve.

Não! Não é pra contratar o PCC para acabar com a vida daquela curva de rio!

Mas uma velinha pretinha…pretinha….tá liberado…(risos).

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

O que emperra em sua vida?
nov 3rd, 2014 by admin

LeisdoUniversonapraticacomprar

Repare que tem áreas em sua vida que tudo flui que é uma maravilha. Você nem lembra que existe. Em contrapartida tem outras que não vai de jeito nenhum. Nessa área onde tudo parece descambar, perceba o esforço que você faz. Perceba o tamanho do sacrifício. Note quanta força você faz com a cabeça para a coisa ir pra frente e quanto mais você faz, mais parece que dá errado. Cansa, não é mesmo? Você vive cansada ultimamente, reparou nisso também? E aquela outra área que vai que é uma beleza, você nem lembra que ela existe. Ela simplesmente vai e você não precisa fazer absolutamente nada!

O que é isso, você se pergunta! Quanto mais eu me aplico, penso, coordeno e cuido para que as coisas não saiam errado, aí é que saem!

Até aquela outra questão que estava indo bem, mas na hora que você resolveu assumir o papel de responsável séria e preocupada, a coisa também começou a degringolar?!

Você quer a resposta do porque aquela situação emperra em sua vida? E está emperrada hoje, pode reparar! Ela não está fluindo, ela não está indo e parece estar cada vez pior!

Eu respondo: TUDO AQUILO QUE VOCÊ COLOCA ANSIEDADE E EXPECTATIVA BLOQUEIA.

Fui clara agora? Não adianta! Colocou ansiedade, colocou preocupação ou expectativa, o que estava até então indo bem, começa a dar para trás.

Ele até estava procurando, mandando mensagens, vocês pareciam estar se entendendo, aí você resolveu sentar no sofá e pensar na questão. Você resolveu que iria ficar de cinco em cinco minutos olhando nas redes sociais, nas ferramentas de comunicação se ele estava “on”, se ele mudou a porcaria do “status”, se ele publicou alguma cretinice e por aí vai.

Conclusão: Essas suas atitudes de “será”, “ai meu Deus”, “ai ele não vai ligar”, “e se ele não me ligar”, “e se ele sumir”, fez com que o que até podia ser bom, tranquilo, agradável, se transformasse num verdadeiro inferno, criando um verdadeiro tumulto químico em seu organismo. E o que seu leão faz? Morde o cristo e o coloca para correr, afinal essa situação estava colocando em risco sua integridade física e mental.

Entenderam agora o que vocês andam fazendo com vossas vidas? Com vossas coisas? Com vossos sonhos?

Solta tudo vai! Solta agora! Deixe esse maldito celular de lado! Coloque-o na gaveta, na mala, dê na mão do diabo se precisar, mas pare de ficar olhando e controlando essa porcaria.

Olha aí a ansiedade em seu peito, olha o acúmulo de pensamentos provocando uma infinidade de sentimentos de dor, angústia, medo, infelicidade forever. Tudo mentira! Isso aí que vem a sua cabeça é tudo balela! Você não será infeliz forever, não vai ficar alone e não vai virar um zumbi no The Walking Dead (estou “american woman” hoje). Eu juro pra você!

Solta essa situação, vai! Faça isso por nós duas! Ficar se agarrando a coisas que estão degringoladas é uma perda de tempo. Quanto mais você tentar arrumar, pior fica. E você sabe disso! Você está vivendo isso na pele exatamente no dia de hoje. Então solta tudo e vai tomar um sorvete, vai andar na praia, tomar um sol, correr na esteira, bater um prato de macarrão, ou um shake de whey protein (credo!).

Eu quero que você se liberte dessa cabeça! E vai ser hoje!

Observação: O e-mail com as instruções para o curso foi enviado. Atenção para sua caixa de mensagens! Caso não tenha recebido envie um e-mail para financeiro@fazerumhomemcorreratras.com.br e solicite o reenvio.

********************

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

Não tenha medo
ago 15th, 2014 by admin

Ah o medo! Vilão! Arrebatador e paralisante! O pior é que ele não paralisa apenas seu corpo, mas seus caminhos, o fluxo de sua vida. De repente o que deveria acontecer fácil, simples, sem complicações e com a maior naturalidade, demora séculos, empaca, encrenca, desanda.

Mas então você pode me dizer: “Ah Fernanda, mas o medo em algumas situações é bom. Se não tivéssemos medo, colocaríamos nossa vida em risco.”

Na verdade, o responsável por isso não é o medo, mas sim o cuidado, o zelo, a sabedoria e a experiência. Medo nunca é bom. Seja em qual circunstância for.

Fomos criados acreditando que sentir medo de algo superior, era ser “temente a Deus”. Que esse Deus ora a abençoa com bênçãos, ora sem mais nem menos a pune, tornando sua vida uma desgraceira completa, não percebendo que a verdadeira responsável por tudo o que acontece nela é não outra pessoa a não ser você mesma.

Que afinal foi você quem se deixou levar por ilusões, seja por situações ou pessoas, que foi você quem se colocou em determinadas situações, acreditando que agindo assim conseguiria a consideração dos outros, que foi você quando anulando a própria vontade permitiu que todos passassem por cima de seus sentimentos.

Eu sei que revolta! Eu sei que você nesse momento deve estar se perguntando: “Mas como eu? Como eu posso fazer isso comigo? Eu não entendo! Então sou minha pior inimiga?!”

Pois é, minha cara! Algumas vezes nos comportamos de fato como nossas piores inimigas. Usamos nossa força contra nós mesmas. Atropelamos-nos. Brigamos conosco. Julgamos-nos. Culpamos-nos. Batemos-nos inteiras. Acreditamos cegamente que todos os dedos indicadores estão apontados para o nosso nariz, não percebendo, no entanto, que somos nós que sentamos nos bancos dos réus. Você é o réu e é o juiz. Você dá a sentença.

“Mas e o pensamento dos outros? E o que os outros falam? Magoam!”

Magoam porque você dá ouvidos. Magoam porque você deixa entrar aí dentro. Magoam porque a palavra, o pensamento e o julgamento do outro é mais importante do que a sua opinião. Afinal, com que você vive 24 horas por dia aí dentro?

“E se eu começar a cortar todo mundo que vem me criticar? Eu não vou ficar sozinha?”

Olha o medo dando o ar da graça novamente! Não meu docinho! Não vai! Porque sabe o que acontece? Quando dentro de nós nos colocamos na posição de dona de mim, senhora do meu destino, criadora da minha vida, todos que até então adoravam dar palpite, criticar, se meter, simplesmente somem!

Quando eu fiquei pronta para brigar, pronta para botar pra correr seja lá quem fosse, onde estavam todos? Ninguém mais ousa falar alguma coisa! Claro que sempre tem um ou outro que gosta de cutucar a onça com a vara curta. Exemplo? Mãe! Mãe é mãe! E vai continuar dando palpite em sua vida forever. Algumas coisas são até boas, outras, pela Nossa Senhora da Abadia é de enlouquecer! (risos). Mas ela está no papel dela! Então está tudo certo!

Mas o que desejo dizer com tudo isso é que o futuro não chegou ainda. Você o está fazendo mediante suas escolhas e postura desse exato momento. Enquanto você lê esse texto e o analisa, seu corpo está criando algumas sensações. Você está lembrando certas situações e pessoas e seu corpo está reagindo. Preste atenção nele! Escute-o com suas sensações. Identifique os padrões que devem ser eliminados. Jogue fora o medo e promova o bem-estar em seu corpo. É só isso que você precisa fazer para criar tudo o que deseja.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

GPS Humano
jul 29th, 2014 by admin

ProsperidadeComprar6

Você sabia que existe algo dentro de você, como se fosse um aparelho, que é responsável por guiar-lhe no caminho de seus desejos?

Aliás, eu falo entre outras coisas sobre isso no áudio da aula 6 do Curso Prosperidade e Realização.

Trata-se de um aparelho fantástico que funciona exatamente como um GPS. E o que faz um GPS? Um GPS tem a função de por meio de coordenadas de origem e destino, guiar-lhe por um itinerário “falante” até seu ponto final, certo? Ele vai dizendo a você, vire a direita a 100 metros, vire a esquerda a 50 metros, certo?

E o seu GPS interno o que faz? Ora, a mesmíssima coisa, porém ele “fala” com você por intermédio de suas emoções e sensações. Exatamente! O que significa dizer que se eu sinto alguma sensação ruim seja ela de angústia, medo, agonia, insegurança, indecisão, depressão, tristeza, raiva, ansiedade e etc, ele na verdade a está dizendo: “Oh Minha Filha, por aí não! Sentindo isso, você está indo contra aos seus desejos! Pare agora e retome sua rota sua maluca!”

E se você tem sentimentos de expansão, alegria, liberdade, conforto, paz, carinho, afeição, gratidão, amor entre outras desse tipo, então seu GPS diz: “Siga em frente. Seu ponto final está a 100 metros”.

Seu GPS não é brasileiro! Ainda bem! Ele é divino, espiritual, magnífico, infinito e, portanto criação do próprio universo. E não me venha dizer que o seu não funciona, pois se você continua tendo a capacidade de encher seus pulmões de ar, impulsionado pelo bombeamento de seu coração, proporcionando pensamentos que só uma cabeça “psica” como a sua pode criar, então é porque este aparelho está ai muito bem ativo e operante. Quer comprovar? Então afirme aí a você agora: “Meu GPS interno que me leva aos meus desejos é defeituoso e não funciona.”

Pense aí com você a frase acima e veja que sensação proporciona!

É um tipo de pensamento que fecha, dá a famosa “nhaca” dentro do peito, como se fosse algo desconfortável, sem sentido, errado. E por quê? Porque é um pensamento incorreto, oras bolas! É seu GPS dizendo: “Criatura, vou dar na sua cara se você ficar pensando cretinice”.

Já pensou se nosso GPS do carro falasse assim com a gente? “VOCÊ VIROU NA RUA ERRADA! EU DISSE 100 METROS E VOCÊ VIROU NA PRIMEIRA RUA QUE VIU! OLHA AGORA! VOU TER QUE ME REPROGRAMA INTEIRO PARA TE COLOCAR NO CAMINHO CERTO. VOU TER QUE AR A MAIOR VOLTA PORQUE VOCÊ NÃO ME ESCUTOU! SUA VAQUINHA DEBILÓDIDE BLÁ BLÁ BLÁ…..” (risos)….está em caixa alta porque a “voz” do GPS está aos gritos!

Fora as vezes em que a voz diz: “Oh cabeçuda, por aí não! Ali na frente tem um precipício! NÃO CRIATURA! PARE DEMÔNIO DO CÃO! AIIIIIIIII (é o grito do GPS)! SOCORRO! ELA VAI CAIR E EU JUNTO! Ahhhhhhhhhhh (você e ele caindo…)!

Em seguida escuta-se uma voz distante dizendo: “Preciso de um guindaste para tirar essa franga do fundo do poço. E lá vamos nós começar tudo de novo”.

Não seria mais fácil ter prestado atenção nessa voz? Não seria mais fácil ter confiado no que ela dizia? Com absoluta certeza, você já teria chegado ao seu destino e não estaria nesse momento sendo puxada por uma retroescavadeira até a superfície, não é mesmo?

ProsperidadeComprar

Siga-me no twitter: @menruntoyou

Aliviando a dor no peito
jan 17th, 2014 by admin

ConsultoriaComprar

 

Tem coisa mais horrível do que essa dor no peito? Essa angústia, essa agonia, essa coisa que te pega pelos pés e parece que vai subindo, subindo até agarrar seu coração?

É uma sensação horrorosa, como se um lutador de sumo estivesse sentado bem em cima dele, não é mesmo?

Porém, existem algumas coisas que você pode fazer para ir aliviando, principalmente enquanto você ainda não desperta para o seu devido valor. E é justamente sobre isso que falarei nesse texto.

A primeira coisa a fazer quando se sente esse tipo de coisa é entender o motivo dessa sensação estar se manifestando. E eu explico. Nosso peito dói quando temos pensamentos falsos, mentirosos que vão em direção contrária ao nosso espírito. Por exemplo: Você pensa que você é menos, quando se compara com os outros. Ou ainda pensa que nunca mais você encontrará outra pessoa que poderá se apaixonar. Que o futuro será triste, sem graça e que você ficará sozinha para sempre.

Quanta bobagem! Se você parar para analisar com discernimento, verá que essas ideias são totalmente infundadas, totalmente falsas e arrisco dizer até cômicas.

Veja bem, mulher que nunca mais vai se apaixonar novamente? Piada, não é mesmo? Nós sabemos que bastou uma coisinha interessante passar para que a gente abane o rabinho!

Mulher não ama, mulher cisma! Mulher elege um novo Jesus Cristo para salvá-la dela mesma a todo o momento.

“Ah, então porque não consigo me interessar por ninguém?”

Simples! Porque você não deixa o passado no passado! Você fica revivendo a situação mil vezes na sua cabeça. E como a mente não distingue passado de presente e nem de futuro, ela provoca uma série de sensações, como se esse bando de sandices que você está pensando fosse verdade.

Agora que você já sabe o motivo do seu peito estar do jeito que está, você compreende que basta mudar seu foco, para que esse estado se dissipe no espaço.

Para tanto, podemos concluir sobre alguns pontos que devem ser eliminados de sua vida já. São eles:

1)      Não vigiar mais rede social de ex-namorado. Exclua-o, bloqueie-o, apague-o. Tire de sua frente tudo o que pode fazer se sentir angustiada e nervosa. Poupe-se de ver coisas que a farão sofrer. Pois afinal, só o que importa agora é seu bem-estar.  E minha querida, o fato de você vigiar rede social de ex, não fará com que as coisas mudem. A sua realidade só mudará, quando aí dentro você mudar.   E tudo começa com seu bem-estar e com sua paz.

 

2)      Substituir cada pensamento que faz seu peito doer, por outro que o faça expandir-se, ficar em paz. Em outras palavras, que a façam permanecer no bem-estar. Sentir bem-estar é uma escolha. A escolha é sempre sua. O arbítrio é seu. Sua mente é só um aparelho. Você a controla e não o contrário. Dá trabalho? No começo sim! Mas estamos falando de sua vida e não da vida da atriz principal da novela, certo? Então mãos a obra.

 

3)      Afaste-se nem que seja temporariamente de pessoas que venham falar “dele”. Não escute. Delicadamente se alguém vier fazer fofoca, apenas diga: “Não tenho mais nada com a vida dele. Gostaria que você não falasse mais sobre isso comigo.” E se a pessoa insistir? Manda tomar naquele lugar, afinal, você avisou certo?

 

4)      Preencha seu tempo com o máximo de coisas que puder. Exercite seu corpo, entre em várias modalidades, experimente coisas novas, faça os cursos que você sempre teve vontade, pode ser qualquer coisa. Mas preencha seu tempo 24 horas por dia! Sentar no sofá para pensar na vida ou na questão, está fora de cogitação.

 

5)      Dê-se o máximo de atenção, carinho, amor e aconchego nesse momento. Você é sua melhor amiga. Usufrua de você! Se dê ao direito de ter prazer!

E o mais importante de tudo: Passe a se colocar em primeiro lugar em sua vida. Seja o centro dela! Em todas as situações! Passe você na frente! Trate-se como a pessoa mais importante nesse mundo para você. O lugar onde você até então colocava “ele”, coloque você. Ou seja, coloque-se lá em cima e ele lá embaixo. Afinal, ele rasteja mesmo, não caminha.

Siga-me no twitter: @menruntoyou


Em dúvida? Dê um passo atrás
jan 9th, 2014 by admin

Quantas vezes nos pegamos em determinadas situações em que nos sentimos tão perdidas sem saber ao certo como agir ou como e o que falar, não é verdade? E olha que essas situações teimam em aparecer em nossas vidas, fazendo com que recorramos a tudo quanto é ajuda, de tarô on-line a manicure.

Porém como aprendi ao longo da minha vida que o que é bom para o outro não necessariamente será bom para mim, então passei a escutar somente a mim mesma. E depois que tomei essa decisão em minha vida, eu nunca mais errei. Tudo o que fiz a partir de então foi sempre certo.

Uma coisa que sempre faço quando estou nesses entraves da vida e não me sinto segura para tomar uma decisão é dar um passo atrás. Eu recuo um pouco, procuro ficar em silêncio e observo a situação de fora do problema. Observo os participantes, observo o contexto, assisto a tudo como se assistisse a um filme, onde a atriz principal não sou “Eu”, mas uma mulher desconhecida que está atuando naquele personagem.

É impressionante quando você faz isso, como a lucidez dos acontecimentos aparece a você! Quando você retira momentaneamente a carga emocional ou sentimental de determinado assunto ou envolvidos e em seguida examina a situação de uma forma “externa” aos fatos, você consegue sim, com a máxima serenidade, analisar as ocorrências e tomar a melhor decisão para si.

E você aí na sua situação? O que anda pensando ou sentindo? Já experimentou olhar para sua vida como se ela fosse um filme?

É, eu sei. Dá até medo de fazer isso e ver as sandices que você já fez. Mas tudo bem! Até isso também faz parte da vida.

Porque você não tenta fazer isso agora? Nesse momento. Veja quanta ilusão existe nas coisas, nas pessoas, nos acontecimentos. Note o quanto você se engana e alimenta determinadas coisas que já deveriam ter sido eliminadas há muito tempo. Mas ao contrário disso, você continua alimentando uma série de “bombas atômicas” na cabeça, daquelas do tipo de nos tirar a paz do espírito, tirar nossa alegria de viver e nosso poder de criação.

Acho que está chegando a hora da faxina interna, não acha? Hora de jogar fora o que não lhe serve mais, o que não cabe mais em seu espírito, no seu modo de viver e nos conhecimentos que nos últimos tempos você vem adquirindo.

Recue um pouco. Faça como os grandes lutadores. Às vezes dar um passo atrás, não é ser covarde ou fugir da luta. Absolutamente não! Dar um passo atrás é preparar-se para golpear o adversário no lugar certo. No saco de preferência e com salto de bico bem fino, para fazer uma vasectomia instantânea logo. Pronto! Estava demorando a vir uma besteira matinal, não é mesmo? (risos) . Se eu não falo uma besteira, não sou eu mesma (risos).

E você? Em qual situação você está necessitando dar um passo atrás?

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ConsultoriaComprar

 

Saia do olho do furacão
nov 26th, 2013 by admin

Quantas vezes nos pegamos em meio a um turbilhão de emoções causado por essa ou aquela situação? Quantas vezes passamos por fases que nos entristeceram tanto, nos imbuíram de sentimentos pavorosos como a raiva, o ódio, o ciúme, o medo ou a frustração?

O ciúme então credo! Com esse sentimento ficamos fora de nós mesmas! Não enxergamos mais nada e o pior, ainda saímos criando uma variedade de coisas que em nada tem a ver com nossa verdadeira realidade.

Uma coisa que aprendi na vida foi que em todas as vezes que estiver passando por um momento delicado, muito triste ou muito revoltante, o que eu apelidei de “olho do furacão”, procure fazer o seguinte:

1)      Em primeiro lugar respire profundamente várias vezes

2)      Em seguida pense: Ok! Estou passando por isso. Não sou a primeira e nem serei a última a enfrentar algo assim.

3)      Em seguida imagine que você não é você. Você é uma amiga sua. Porém uma amiga que não segura muito a língua, daquelas que falam mesmo umas verdades doa a quem doer. Sabe aquelas amigas que preferem a verdade e a praticidade acima de tudo? Então você será essa! Ou quem sabe, você pode me imagina falando com você! (risos)

4)      Então você deve parar com a crise de loucura e tentar sair do problema olhando-o de fora, como se você fosse de fato essa terceira pessoa.

5)      Conte o problema a essa “terceira” pessoa. Exponha a questão de forma direta, sem rodeios, sem o detalhe do detalhe, mas o contexto geral. Conte como você vem se sentindo e o porquê de estar nessa situação.

6)      Em seguida, imagine que você é essa terceira pessoa. Imagine-se olhando para a questão friamente, holisticamente, desprovida de qualquer sentimento ou ligação emocional com os envolvidos e então emita sua opinião. Mas é muito importante que você não seja falsa na análise da questão. É imprescindível que você haja como se fosse uma profissional. Seja fria na análise, não passe a mão na sua cabeça, nem tampouco tente colocar panos frios. Mas apenas, analise a questão com audácia, coragem e seja prática. Deixe os dramas e as psicoses de lado enquanto estiver analisando.

Você pode ter absoluta certeza de que os pensamentos corretos virão a sua mente. O caminho será apontado a você de forma cristalina. Você saberá o que fazer a partir de então.

Se você seguiu os passos direitinhos, tenha a certeza que seu coração se acalmará. Não estou dizendo que você irá parar de sofrer. O coração para ser cicatrizado às vezes demora um pouquinho mais e sabemos disso. Mas estou dizendo que aquele sentimento de “meu mundo caiu”, “tudo está perdido”, “nunca mais serei feliz na vida”, se dissipará. E por quê? Porque esse tipo de pensamento é coisa SÓ da sua cabeça! Não é a realidade!

Lembre-se: Esse pavor, medo, sensação de que você nunca mais sorrirá, escuridão profunda, não é a realidade e é apenas fruto de pensamentos escolhidos erroneamente por você. Porém, a partir do momento em que você consegue se ausentar da situação e olhar o problema de fora friamente, identificará que o monstro não tem sete cabeças. Tem no máximo duas (risos)! E ele não é tão grande assim, como você imaginou.

Sua cabeça sim! Ela não só tem sete cabeças, como cospe fogo, se alimenta de sangue e é capaz de criar qualquer coisa em sua realidade física.

Portanto, cuide muito bem dela! E escolha para si seu estado emocional preferido! Está tudo aí com você!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

   

 

 

O seu medo – Em Áudio
nov 11th, 2013 by admin

Resolvi hoje responder uma das dúvidas principais que me chegam por e-mail, pelo twitter e pelo site e diz respeito principalmente ao medo que comanda a vida da maioria das mulheres.

Para acessar o Áudio clique aqui!

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

   
 

A angústia que cega
out 24th, 2013 by admin

Que sentimento é esse? O que ele é capaz de fazer conosco quando o sentimos? Porque a angústia cega tanto? Que desespero é esse que toma conta de nós e nos faz falar e fazer coisas antes nunca pensadas em sã consciência? O que é isso minha querida?!

Olhe pra você agora? Agora enquanto lê esse texto. Observe-se. Agora se lembre de você no último momento em que sentiu a seguinte sensação: Um pensamento soprou ao seu ouvido como uma preeminência de catástrofe (sim, pois o “não ligar” de um homem é uma catástrofe de proporções mundiais para uma mulher! A natureza mudou seu curso! A nova era glacial está por vir! Os oceanos estão avançando! É o fim da vida humana na terra! Ahhhhhhhhhhh!….esse é o seu grito! Risos). Onde estávamos? Ah sim, no sopro no ouvido….

Exato! Retratei agora mesmo a sua cabeça. Essa que vai e vem, sobe e desce, dá voltas e cria situações nunca então sonhadas por nenhum autor de novelas. Mas…continuando….

O pensamento sopra então você o escuta. Não só escuta, você dá crédito a esse pensamento. Você valida! Ou seja, certifica que aquele seu pensamento possa de fato ser real. Então seu corpo se monta inteiro! Afinal ele entende que você está numa situação de perigo. Sabe quando você encontra um cachorro da raça Pit Bull sem coleira, solto, sem dono? O que seu corpo faz? Ele não se arma inteiro, em posição de fuga, de perigo? Uma carga de adrenalina recai sobre seu corpo de modo que você fique em posição de alerta e assim possa escapar do predador, certo? O mesmo ocorre quando você tem esses pensamentos que geram essas crises agudas de angústia ou de ansiedade.

Após essa descarga de adrenalina que vem como uma onda de calor que deixa seu corpo todo em posição de alerta, uma sensação de chão se abrindo pega seus pés. Parece que o chão se abriu e um buraco infinito esta bem abaixo de você. E esse buraco parece sugá-la! Então seu coração dispara! O ar falta do cérebro e então começam as pérolas. E dessas pérolas você entende bem! (risos). Você comete uma série de insanidades. Você xinga o indivíduo de tudo quanto é nome, ameaça, faz a maior cena! Perde totalmente as estribeiras e a dignidade.

O que fazer quando isso acontecer? Nada! Quando você chega nesse estado, acredito ser extremamente difícil conseguir se controlar. Eu não consigo! Eu figo cega! Insana! Psicopata! E você como também é mulher, não é diferente. O pulo do gato está em não deixar chegar nesse ponto crucial. É o ponto final, a porta, a porteira, entre um pensamento preocupante e uma avalanche de desgraceiras.

Você precisa saber é identificar esse ponto limite e não ultrapassá-lo. Quando tais pensamentos conflitantes a assaltarem, pare nesse momento por um instante. E lembre-se: “É apenas minha cabeça. É apenas minha mente. Essa é a função dela. Eu não vou validar isso.”

“Mas e se…”…”e…”….”será”…..essa é a sua cabeça falando….não dê ouvidos a esse tipo de coisa. Mude o foco. Mude sua atenção. Vá fazer outra coisa imediatamente.

Dessa forma você estará se preservando. Preservando seu corpo, seu coração e por consequência evitando uma série de dissabores que poderá vivenciar quando age nesse impulso psicótico.

Só depende de você!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados