SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
Mentalizar e Soltar
jun 6th, 2014 by admin

ConsultoriaComprar

Mentalizar e soltar parece-me ações antagônicas, não é mesmo? Principalmente porque alguns autores dizem que para que a lei funcione, o indivíduo precisa pensar na questão vinte quatro horas por dia, além da mentalização e quando fizer esta última, ainda procurar uma sensação de excitamento extremo, máxima felicidade, contentamento e satisfação. Ou seja, um estado que para você que não nasceu com a genética de Buda é algo praticamente impossível.

Quando me propus a estudar física quântica, as leis que regem o universo, comecei a testar tudo de todos os jeitos, afinal eu queria que funcionasse para mim. E queria que funcionasse em vários aspectos de minha vida. Então comecei a notar que em algumas áreas, ou para algumas coisas o mecanismo era tão simples que parecia brincadeira de criança. Mas para outros era um inferno. Não funcionava e eu me frustrava, amaldiçoava o universo, encostava todos os livros e etc.

Depois eu voltava e pensava, se tantos especialistas, cientistas, PhDs, se tem tanta gente dando depoimento de que conseguiu, então a perua aqui torcedora do Santos Futebol Clube também tem que conseguir. Então comecei a observar e analisar os fatos ocorridos em minha vida.

Analisando observei que tudo aquilo que eu fiquei em cima, nervosa, preocupada, ansiosa, agoniada, com medo, travava. O que eu mantinha a tal “cabeça fresca”, não ligava, não me importava, fluía que era uma maravilha.

Foi aí que entendi: Não era Deus, não era algo fora de mim, mas era eu mesma que provocava o andar da carruagem em minha vida. Aí comecei a testar as leis conscientemente.

Foi então que cheguei ao exercício dos cinco minutos, seguido por esquecer a questão até a próxima sessão de mentalização.

E porque dos cinco minutos e depois soltar o assunto? Porque até cinco minutos, você consegue pensar no que se deseja sem deixar que sua mente consciente inicie uma maratona de pensamentos catastróficos que anularão seus desejos. Erro esse mais comum cometido pelas pessoas que tentam aplicar as leis em suas vidas.  As pessoas pensam no que desejam, porém ficam com tudo na cabeça o dia inteiro, como se fosse uma macumba ligada, sabe? Aquilo fica martelando! A pessoa quer muito! E então entra nos “Será…?”! Entrou nos “Será…?”, o processo estagnou.

E porque paralisa tudo? Porque por mais que você pense no que deseja, o sentimento predominante é o de medo. Você sente o medo, a dúvida, a insegurança, em todo seu corpo. E quer sentimento mais poderoso do que o medo? O medo toma conta! Segura tua vida e fecha teus caminhos.

Sendo assim, os cinco minutos, desligando-se da questão na sequência e só voltando a pensar  em seus desejos na próxima sessão, foi o método mais eficaz que encontrei. Pois se trata de uma mentalização tranquila, num estado natural do seu ser, ou seja, o estado em que você comumente está acostumada a viver e não um estado, que para você é atípico.

E como devo me sentir ao longo do dia? De bem comigo mesma! Em paz comigo e com o mundo! Você só precisa se sentir bem para que os mecanismos sejam ativados e trazidos até você.  Esse é o pulo do gato!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

 

SaberDizerNaoComprar

FiqueporcimacomprarHomemComprarIIModusComprar
Defesas_Energéticas

Você vibra a falta?
jan 31st, 2014 by admin

ConsultoriaComprar

A Falta! Sentimento esse mais que presente em sua vida. Você duvida? Então eu vou provar o quanto você vibra a falta e como isso deve ser imediatamente mudado para que sua realidade mude também.

Dinheiro pra você é sinônimo de luta, dificuldade, suor na testa, uma coisa inatingível, a não ser esse “miserê” que tiras por mês. Você acredita que seu dinheiro só venha daquele seu emprego. Veja, essa é a sua lei. Então assim será! A sua realidade se molda apenas para satisfazer a sua crença.

“Ah, mas se não for de lá nem de nenhuma ação na justiça será de onde?” – Você pergunta aflita.

Quando você tem a prosperidade dentro de você, incorporada, enraizada lá no seu corpo, é impressionante como ideias nunca antes imaginadas vem em sua mente consciente. Parece que o Universo manda opções que aparentemente você pensa “não é possível que isso vai dar certo” e então você começa a trabalhar naquilo e de repente toma uma proporção de deixá-la com a boca aberta. Comigo foi exatamente assim. Patenteei minha ideia, desenvolvi o que precisava e pronto. Estava lá!

E foi preciso que eu lutasse? Que eu acordasse cedo? Que eu me batesse inteira para que isso surgisse? Absolutamente não! A coisa veio de uma forma tão natural, tão calma, tão tranquila, que realmente só podia ser obra do Universo.

Claro que para chegar nesse ponto, houve um processo, que é o tal processo de valorização que tanto falo. Minha situação financeira foi melhorando aos poucos, o dinheiro começou a entrar, até o momento em que tive essa ideia mirabolante que me resultou no que ganho hoje.

Obviamente para que eu colocasse essa ideia em prática, eu precisava ter todas as qualidades e predicados para que tudo funcionasse. E com certeza eu tinha. Graças as minhas experiências passadas e meus estudos (faculdade, duas pós, cursos mil).

O mesmo pensamento vale para sua vida afetiva. Você vibra falta! Falta de amor, falta de carinho, falta de atenção, falta dele e por aí vai.

“Como assim Fernanda?”

Ora, você não se dá atenção e aí exige do outro. Você não se ama, não se respeita, mas exige que o outro o faça. Olha a sua cabeça!!!

É claro que é ótimo sentirmos o amor, o respeito e a consideração do outro, mas em primeiro lugar vem o seu amor, o seu respeito e a sua consideração. Se você passa por cima de você o tempo todo, para satisfazer os outros, achas que vai colher o que exatamente? Você não pode plantar batata e querer colher uva!

Sem contar as “mentalizações” erradas que você anda fazendo. Aposto que tua mentalização é “eu quero que ele volte”!

Quero? Quero que ele volte? O que você está vibrando criatura? Se você o quer de volta, então é porque você não está com ele e, portanto está vibrando a falta! Veja bem o que você anda pensando e por consequência vibrando. Procure perceber se seus pensamentos são de abundância ou são de falta, de miséria, de pobreza.

Observe seus pensamentos agora, nesse instante. Procure se atentar a qual tipo de vibração percebe. Só assim, para que você inicie sua jornada ao bem maior!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

 


 

 

SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados