SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
Porque você sofre tanto por um homem?
dez 29th, 2016 by admin

RikaVirusAula4


 

O relacionamento acabou, ou nem chegou a começar, no entanto seu coração foi acometido de uma tristeza, um sofrimento, uma dor que parece não ter fim.

Porque?

Porque você sofre tanto por um homem?

“Porque eu amo ele. Ele é importante. É ele quem eu quero. ”

Tudo bem, mas com mais de 7 bilhões de pessoas no planeta você acredita mesmo que só com ele você pode ter um relacionamento feliz?

“Ah Fernanda, mas não tem homem na praça…”

Vou te provar agora que isso é uma grandessíssima mentira da sua cabeça. Quer ver?

A ONU contabiliza mais de 57 milhões de homens a mais do que mulheres. Nos Emirados Árabes e no Qatar a população masculina chega a ser o dobro. Vamos para o Qatar, catar um homem e casar? (risos). E no Brasil? No Brasil o número é de 96,7 homens para 100 mulheres. Ou seja, “tá pau a pau”.

E esse seu ex aí nem conta porque ainda por cima não comia direito, era devagar, demorava pra engatar, e quando engatava ainda acabava em 2 minutos. Sabe quantos homens bons de cama existem nesse mundo? Nem queira saber! Você iria se espantar! Logo, pra que perder tempo com aquele um?

“Ah Fernanda, mas o meu era bom na coisa…”.

Tem mais ou menos 3,5 bilhões de cabras que também o são. E não só isso! São mais inteligentes, interessantes, divertidos e mais bem-sucedidos.

Além disso, vamos combinar aqui uma coisinha?

Eu te conheço muito bem…e não é de hoje. Se passar uma carninha gostosa você pega. Ah pega! O ex some, evapora, que você nem lembra. E pior que você dizia “amar” a criatura. (risos).

Pobres homens! Eles nem tem noção de quem somos. Toda essa fantasia de que mulher se apaixona, se apega, sofre, tudo balela. A gente pode até sentir tudo isso, mas só até a página 2, né minha santa? Na hora que você resolve virar a página e pegar o próximo pra Cristo, não tem ex, não tem namoro, não tem lembrança que permaneça. Já foi! E com uma velocidade…

Mas isso de fato só acontece quando tomamos a decisão de não mais sofrer pelo leite derramado. Ou seja, “foi legal, foi bom, eu gostava, podia até ter dado certo, mas coalhou, então vou pegar o próximo e fazer dar certo agora, ao menos o certo no tempo que eu quiser”.

“Mas eu queria tanto que tivesse dado certo com ele…ah não dá pra fazer um adoçamento, uma amarração, um tática pra fazer ele me procurar? ”.

Eu sei que você queria! Mas não deu ué. Degringolou. E o que vamos fazer com você a partir de agora? Vamos deixar você aí chorando e sofrendo meses a fio? Ou vamos levantá-la, coloca-la em pé nas próprias pernas, resgatar todas as coisas que você amava fazer antes dele que você deixou de lado, retomar aquele projeto engavetado e deixar a vida te mostrar o caminho?

Nunca nessa minha vida algo que aparentemente foi ruim, de fato foi ruim! Nunca mesmo! Nem o que eu achava que tinha perdido ou não tinha dado certo! Na verdade, deu muito certo! Foi o certo ao meu favor! Foi de um jeito que na hora eu não entendi! Amaldiçoei a vida, Deus, a humanidade, até a Xuxa! Mas que no final das contas foi daquele jeito torto que a vida encontrou, para orquestrar o que de fato tinha a ver comigo!

Então do jeito errado, deu tudo certo! Assim como está dando pra você também…

Quer falar mais sobre isso?

Aí está o áudio…

Euqueromelhorar_Passo2




————————————-

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 
 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7 MateaFadaGeleiaComprar &

No drama tudo parece ser maior
mai 19th, 2016 by admin

Cafa_Autoestima_ComprarAula2

 

Qual é o significado do drama em nossa vida? É como se fosse o caldo Knorr, o Sazon, o realçador de sabor. Não é toa que Zezé di camargo e Luciano foram chamados para estrelarem a campanha do Sazon com a trilha sonoro do “É o amorrrrr que mexe com minha cabeça e me deixa assimmmmm…” (não gosto dessa música, muito menos de escutar cabrito berrando…).

Claro! O amor no quesito drama, ou seja, superlativo de sensações e Sazon também no sentido drama, como realçador de sabor! Dupla perfeita! Todo mundo entendeu e pegou o espírito da coisa na hora!

Agora vamos pegar aquela sua situação. Aquela em que fez você chegar até aqui. Veja a carga de drama impregnada em cada pensamento, em cada sensação, em cada lágrima. Se você abrir a porta para o dramalhão ele vem que vem com tudo o que tem direito. Acaba com a sua raça!

E quais são as frases preferidas do drama?

“Nada dá certo pra mim. Eu não tenho jeito. Não tem saída. Eu amo demais Fernanda. Eu não consigo. É muito difícil. Penso em morrer. Até a Suzane (Richthofen) casou menos eu. Por que as leis são assim Fernanda? Não é justo! Ele vai vir atrás Fernanda? …”

E chora…chora…chora…Chora debaixo do chuveiro, chora dirigindo enquanto a chuva cai lá fora e escorre pelo vidro, chora olhando para a tela do computador, chora quando toca aquela música da Shania Twain, chora na cama, chora olhando para o teto da sala e não podia faltar…no banheiro da empresa.

Obviamente se você olhasse com um olhar mais prático e objetivo, o drama não teria lugar. E eu explico o motivo:

1)      Se você é mulher e teu drama se refere a homem, já sabemos decor e salteado que basta olhar o teu passado, pra concluirmos que bastou um simples pinto novo na vida para esquecermos o atual. E em quanto tempo se esquece? Em apenas uma hora, caso o pinto novo seja assim interessante. E não me faça essa cara de “Ai Fernanda credo, não fale assim. Eu sou católica”! Eu te conheço…!!

2)      Mas ele era o amor da minha vida! Novamente, se analisarmos bem, veremos que você teve aí ao menos uns cinco “amor de vida”. Logo, o dramalhão em cima do amor único e forever já caiu por água abaixo.

3)      Se teu drama circula o departamento da aparência física, esqueça. Afinal, recorda-se dos teus últimos ficantes, namorados e afins? Um ou outro se salva, agora tu já pegaste cada criatura esquisita! Então isso não é referência…

4)      E com dinheiro? Vamos pular esse assunto por hora. O que eu posso dizer é que dinheiro passa longe de pessoa dramática. Tire o drama da jogada que ele, o Dinheiro, volta a ser seu amigo.

O que existe na vida são situações e não problemas sem solução!

Quero que a partir de hoje você passe a fazer uma coisa todas as vezes em que perceber que está entrando no drama novamente. Pense assim:

“Tem alguém aqui com um facão na minha barriga pronta para me estripar? ”

É estripar mesmo…de arrancar as tripas…igual Jack…

Eu sei que a pergunta é ridiculamente extrema, mas eu quero que você enxergue quão dramática é sua cabeça, seus pensamentos e seus posicionamentos diante das situações, das pessoas e da vida. Afinal, no drama tudo parece maior do que é!

Não existe essa coisa de que “não tenha saída”. Não existe o que não tenha jeito. Até para a morte tem jeito! Afinal, em algum momento estaremos do outro lado. E se tudo der certo com os meus conchavos astrais, eu estarei num terreiro trabalhando de pomba gira! Pode apostar…

Atenção: Meu Instagram para quem perguntou é Maria Fernanda Amaral (fernandaamaralbrag)

 

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Rivotril do Universo
mai 17th, 2016 by admin

Cafa_Autoestima_ComprarAula2

 

Problemas sempre existirão. Situações que exigirão mais autocontrole, mais domínio e posse sobre nós, também. Mas parece que algo nos ajuda quando passamos por esses períodos complicados.

Parece que o Universo nos envia uma pequena pílula que nos encoraja a nos recompor, a nos reconectar novamente com o que verdadeiramente somos em nossa essência. Afinal, quantas e quantas vezes você pegou certos caminhos que a levaram a quase despencar por um precipício? Quantas e quantas vezes a vida foi obrigada a dar um chacoalho porque justamente você parecia que estava vestindo uma fantasia?

Podemos até mesmo comparar essa centelha de luz que nos é enviado como o “Rivotril do Universo”!!

E como ele faz isso?

Fazendo com que um livro perfeito com a mensagem que você precisa receber caia em suas mãos. Ou ainda mandando um boy magia novo para distraí-la, ou fazendo com que você aterrisse num site de uma tal de Mulher Cafa…risos. Não interessa qual cor de pílula você receba, mas tenha certeza que é a dose certa para o seu momento presente.

Sabe que na minha vida sempre foi assim?

Eu podia estar passando por uma fase bem chata, mas sempre aparecia outra coisa para me distrair, como um sopro em meu coração.

Mas por que será que isso acontecia comigo? Será que é só comigo?

Na verdade, esse remedinho é dado a todos. Não interessa se você é merecedora ou não. Se você foi uma boa aluna ou não. Se agiu direito ou se desvalorizou. Se fez o que queria ou permitiu que uma tropa passasse por cima de você.

“Nada disso importa” – O Universo sussurra baixinho em seu ouvido.

Só o que importa é o aqui e agora. E no aqui e agora você pode pedir uma ajudinha. E obviamente se colocar na posição de ser ajudada.

Como uma mendiga carente afetiva desgraçada e miserável? Claro que não!

Mas na posição de ganhadora. Independentemente do que esteja acontecendo, você é sempre ganhadora. Estamos sempre ganhando. Estamos sempre aprendendo. Estamos tendo sempre a possibilidade de assimilar coisas, de compreender onde estamos falhando conosco e assim ajustarmos nosso radar ao que queremos de fato.

Eu sempre confiei que tem algo sendo feito por mim. E de fato sempre foi! Até quando eu aparentemente perdi. Pois foram graças a essas “perdas” que eu pude compreender algo muito maior! Foi “perdendo aquela criatura”, que eu pude me ganhar! E de vez! E depois que eu me ganhei, me reconheci e me amei, o jagunço voltou e então obviamente eu não quis mais!

Afinal, tudo aquilo que eu queria tanto extrair à força do outro, eu havia passado a me dar! Além obviamente de passar a ver as coisas como elas realmente eram e não com olhos de fadinha apaixonada. Credo, nem me lembre! Na hora que vi até tomei um susto! (Risos… ”Mas eu estava sofrendo por isso aí? Só pode ser macumba! ”).

Eu passei a me dar carinho, atenção, amor, aconchego, apoio, segurança, elogio, chamego…. Logo, o do outro não tinha mais aquela importância!!

Quando eu me coloquei na posição, de boquinha aberta, esperando o Rivotril do Universo, parece que eu mesma passei a produzir a minha própria dose diária do tal composto químico e aí tudo ficou resolvido! Se dependesse de mim esse fabricante iria à falência!

Afinal se é pra sentir, então vamos sentir pra valer! Se é pra chorar, vamos chorar o rio Amazonas inteiro! Mas vamos extrair disso tudo o que pudermos. Vamos aprender e reaprender a andar com as próprias pernas. Vamos nos tornar fortes! Imagina você chegando lá no astral e São Pedro perguntar:

“E aí Filomena, você aprendeu o que? ”

E você responder com cara de frando d’água: “É..não sei…estava de caco cheio, com Rivotril na cabeça. Não vi, não ouvi, não senti, não fiz nada. Só fiz luzes, comprei uns sapatinhos, treinei o glúteo no agachamento e congelei a barriga na criolipólise”.

Resposta de São Pedro?

“Crio o que?!! Puta que o pariu! ”

Atenção: Meu Instagram para quem perguntou é Maria Fernanda Amaral (fernandaamaralbrag)

 

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Qual sua postura frente ao seu decote?
jan 22nd, 2016 by admin

Comoesquecerumhomem

Que belo decote! Que belas pernas! Que belo traseiro! Como investimos tempo e dinheiro na carcaça, não?! Isso é ruim? Claro que não! Gostarmos de nós, com retoque ou sem retoque é fundamental na lei da vida. Mas a questão toda é a sua postura, a sua visão frente seus dotes estéticos.

Sabe o que mais vejo hoje? Mulheres lindas, donas de corpos esculturais, trabalhados ou não no bisturi, extremamente frustradas porque não conseguem engatar um relacionamento.

E por que exatamente isso acontece?

Porque nós mulheres temos uma forte tendência de nos olharmos e nos vermos como um pedaço de carne. Afinal, “se eu for linda, com um cabelo de corte tal, com a barriga assim, o peito, a bunda…ele vai me querer”.

Eu concordo que os homens sejam seres visuais. São! Não necessariamente no peito, na bunda, ou no cabelo, mas no conjunto. Cada homem tem sua própria preferência estética. Porém tem uma coisa que faz toda a diferença na hora H: A forma como você se vê e no que acredita que pode oferecer.

Então quer dizer que se eu colocar um decote no umbigo ele vai me ver como um pedaço de picanha pendurado no açougue?

Não necessariamente!

Mas sabem o que acontece?

Normalmente…eu disse normalmente…a mulher quando coloca um decote extremamente provocativo, ela não o está usando porque acha bonito, mas sim porque quer atrair o desejo masculino. E por que? Porque ela acredita que só tenha isso a oferecer! E que se ele não a desejar pelo o que está vendo (no decote), então ele não vai se interessar!

E o que acontece?

Ele se interessa, claro! Mas pelo o que? Pelo sexo! E causal! Por que? Porque a mensagem assimilada por ele e estou falando aqui de uma comunicação silenciosa, não verbal é “eu não tenho mais nada a oferecer a não ser prazer sexual…uso meu corpo para atrair e tentar segurar um homem”.

Não estou dizendo aqui que é pra você usar uma burca. Mas pra observar o que você pensa quando coloca uma roupa com tudo a mostra. É justamente esse pensamento que faz toda a diferença! E note que é um pensamento seu com você, pra você e com relação a você. Em nenhum momento aqui eu citei “o outro”.

Minha gente! Quantas vezes eu já presenciei mulheres sem bunda, sem peito, ou com peito e bunda demais, com barriga, falando errado, fisgar os melhores partidos!

E por que?

PORQUE ELA NÃO SE SUBMETE A SE PENDURAR NO LUSTRE E FAZER UMA MÁXIMA PERFORMANCE COM ALGUÉM QUE ELA MAL CONHECE OU QUE NÃO ESTÁ DANDO O QUE ELA QUER APENAS PARA FISGAR O CABRA!

Ao contrário, ela está muito bem com ela, não corre atrás de ninguém, não aceita desaforo, morde e vira as costas se precisar.

ELA É MUUUUITO IMPORTANTE PRA ELA! ELA NEM PASSA PERTO DO AÇOUGUE! É ELA QUEM COME A CARNE!

Mulherada muito cuidado aqui! A diferença entre um decote porque “me sinto bonita nessa roupa” para “vou deixar meus peitos a mostra porque quero seduzir sexualmente um homem” são sutis, além de virem na maior parte das vezes disfarçada pela mente acostumada na desvalorização.

Pergunte-se agora: Por que eu faço isso? Por que eu acredito que preciso instigar um homem dessa forma? O que eu acredito que posso oferecer além de um par de pernas? Quem eu sou? Até onde vou? O que acredito que mereço nessa vida?

A pergunta primordial não deve “O que eu faço agora Fernanda pra ele vir rastejando? ” mas sim aquela que irá ser a chave para a sua mudança de realidade…

Eu não quero vê-la mais pendurada de cabeça para baixo, nem ao menos exposta num açougue! Eu quero é vê-la comendo a “PICA”nha! Com vinagrete, farofinha, arroz, queijinho e pão de alho.

A propósito, Luciana está linda no decotão….

IMG_20160122_013725614

 

Atenção: Meu Instagram para quem perguntou é Maria Fernanda Amaral (fernandaamaralbrag)

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Faça essa Dor Parar – Lançamento em Áudio
nov 16th, 2015 by admin

Façaessadorparar

 

Você já se perguntou o porquê dessa dor?

Claro que a princípio você dará respostas automáticas do tipo: Ele me deixou, A pessoa me fez tal coisa, Estou passando por uma situação financeira, Fui traída, Fui trocada, Fui largada, Estou sendo rejeitada, Ele não tem consideração por mim, Ele não me assume e por aí vai.

Respostas não vão faltar.

Mas você reparou numa coisa?

Sua resposta independente qual foi, sempre está direcionada a um terceiro elemento? Seja um ex namorado, um ex marido, mãe, pai, irmãos, amigos, chefes, dinheiro, emprego…

E mais…

Reparou como tem certas situações na sua vida que se repetem?

Você até diz: “Não é possível que isso está acontecendo de novo! ”

Por que será? Você já se perguntou? Por que será que você de repente se vê obrigada a passar por tamanha dor? Como será que faz para ela parar? Tem data? Tem jeito? Tem remédio?

Talvez você esteja se sentindo tão cansada, tão exausta, de tudo o que andou vivendo nos últimos tempos que possa até faltar forças. Talvez você acredite que não exista saída para essa sua situação. Talvez a revolta, a ira e até a depressão já tenham batido em sua porta.

Mas eu vou além….

Talvez você apenas não esteja interpretando a dor da forma correta. Talvez a vida esteja tentando desesperadamente mostrar-lhe algo que você insiste em virar o rosto. Talvez seja apenas um mísero detalhe, que você esteja deixando passar….

Pois eu digo a você:

“A VIDA ESTÁ FALANDO COM VOCÊ AGORA. SEU CORPO ESTÁ FAZENDO COM QUE VOCÊ SINTA ISSO QUE TANTO DÓI, PARA QUE VOCÊ OLHE PARA VOCÊ. PARA QUE VOCÊ POSSA VER O QUE ESTA ACONTECENDO E ASSIM POSSA PROMOVER AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS PARA QUE ASSIM OBTENHAS O QUE TANTO DESEJAS. ”

Olhe para essa sua situação de agora. Note o que você está sentindo. Veja como você sente lá no centro de seu peito. Aperta? Machuca?!

Claro!

É seu corpo falando com você!

Você não precisa sofrer assim. Não precisa sentir o que vem sentindo. Você pode descobrir agora mesmo como parar de sofrer, como parar a dor.

Você pode! Pode já!

Se você está sofrendo, sentindo dor no peito e já não aguenta mais, então esse áudio é para você.

Faça essa dor parar!

frase-um-amigo-me-chamou-pra-cuidar-da-dor-dele-guardei-a-minha-no-bolso-e-fui-clarice-lispector-98584frase-a-dor-e-inevitavel-o-sofrimento-e-opcional-carlos-drummond-de-andrade-95470

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Para quem está sofrendo
out 22nd, 2015 by admin

Euqueromelhorar_Parte1

Eu sei que dói. Dói até em partes do corpo que você nem imaginava que existisse. Vazio? E que vazio! Falta? Muita! Obviamente em primeiro lugar de você mesma, afinal você passou tempo demais se empurrando pra dentro para que um terceiro se sentisse bem e fosse feliz. E você? Sinceramente não sei. Deve estar perdida em algum lugar no meio de seu ser.

Quem já não passou por isso que atire a primeira pedra, não é verdade?

Mas sabe….

Eu abençoo a todos os que de alguma forma me fizeram sofrer. E não digo isso por demagogia não! Falo com sinceridade. Sabem por que?

Porque foi justamente pela vivência dessas situações que eu pude ver o que estava fazendo comigo, para onde estava criando minha realidade e o quanto estava me afastando do que eu realmente queria.

Sabem o que a vida faz para nos mostrar o que fazemos?

Aumenta extraordinariamente um comportamento que temos conosco!

As mais espertinhas, que já sambaram algumas vezes, ou que já vem há uns 1000 anos estudando, já compreendem logo que a tal da Dona Vida está tentando dizer algo muito importante. E então observam a situação de fora, analisando com total sinceridade qual comportamento está causando tais, tais e tais situações e pessoas.

E então podem muito rapidamente ajustar o fluxo da criação.

Vou confessar aqui: Eu não era uma boa aluna. Eu culpava a todos. Culpava o governo. Culpava as freiras da escola católica. Culpava Deus. Culpava…culpava..culpava. Porém eu não olhava para o próprio umbigo e não assumia assim a responsabilidade que eu tinha perante a minha vida.

Demorei tempo demais perdendo tempo com o que não servia, com pessoas que me faziam sofrer, com situações que não conseguia eliminar por pura babaquice de um modelo de perfeição, compaixão e bondade pregado diariamente em nossa cara pela sociedade.

Dizer “não” a quem se gosta para prevalecer a minha vontade? Nem pensar!

Repensar, questionar e analisar se esse tal Deus bipolar que ora tem compaixão ora me Fo$%& de fato existia? Era pecado!

Entender as leis da vida, do universo e assim aplica-las ao meu favor? Não! Não era cristão!

Bonito nesse mudo, o que dá aplauso é o se colocar lá embaixo, é se autodepreciar, é fingir que é “humilde”, que ajuda os pobres, que se deixa de lado para olhar pelo próximo, é fazer campanha criança esperança e aparecer de camisetinha customizada na TV e um quilo e meio de maquiagem, é se empurrar pra dentro fingindo ser algo que nunca foi…

Eu não quero ser Angelina. Eu quero ser feliz. Não preciso virar embaixadora da boa vontade, mas quero ao menos fazer com que as mulheres tomem uma outra posição nesse mundo. Quero relacionamentos iguais, leais, dignos, onde ambos são respeitados, considerados e valorizados.

Quem não me trata como um igual, com dignidade, respeito, consideração e valorização, sinceramente não merece respirar o mesmo ar que o meu.

Merece o seu por acaso?!

Eu sei que a estrada é de terra minha amiga. Eu sei como é difícil. Eu sei que as lágrimas correm sem precisar qualquer esforço. Mas eu sei também que você quer mudança, que você quer uma nova vida e quer se sentir bem.

A estrada é de terra? Tem buracos? Tem lama? Está chovendo?

Tudo bem. Deixe que eu ligo a marcha 4 x4 e vamos em frente no rally da vida.

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Ninguém passa por essa vida sem…
ago 25th, 2015 by admin

DespertandoFascinioAula6Comprar

Você é a mesma desde aquele acontecimento? Depois desse sofrimento todo, você ainda acredita que é a mesma? Que vê a vida da mesma forma? Que sente as coisas do mesmo jeito? Que as situações são seguras, que ele nunca irá deixá-la e que as ilusões mentais permanecerão aí para sempre?

A resposta é Não!

Sofrer por amor é como ir a uma guerra. Ninguém volta de lá igual. Assim como ninguém passa por uma dor assim sem se tornar outra pessoa. Faz parte do processo. Faz parte do kit reencarnação. E eu acredito que são nessas experiências, principalmente para nós mulheres, que a vida nos confronta, bate de frente, olha para você e diz: “E agora? O que você sabe fazer com você?”.

Você está sabendo o que está fazendo com você?

Fácil não é! Eu garanto! Mas o sabor pós-guerra é fantástico. Passarmos por uma batalha, sobrevivermos e termos histórias para contar não tem preço.

Eu já participei de algumas batalhas, umas internas outras externas, mas hoje eu afirmo que todas elas serviram de alguma coisa. Não foram em vão e me fizeram despertar para diversos dons e talentos nunca antes imaginados.

A vida, o Universo, Deus, tem uma forma estranha, peculiar de nos fazer enxergar certas coisas. Não é falando. Não é explicando. Não é explicitando. Mas fazendo você sentir, experimentar, vivenciar em sua própria pele. Hoje eu acredito que a natureza é sabia. Pois se não fosse assim você entenderia?

Você sozinha, por livre e espontânea vontade compreenderia e avançaria ao próximo passo?

Não! Você continuaria vivendo como um robô. Continuaria sendo usada e abusada, sofrendo as piores consequências por se abandonar, controlada pelas situações e pessoas, acreditando que não possui escolha, vontade própria, arbítrio e poder.

E por falar em poder, já usou o seu hoje? Já escolheu mudar de direção? Já optou em abandonar o que a faz sofrer, escolhendo o que a valoriza?

Difícil? Complicado? Falta força? Falta vontade?

Use a desculpa que quiser. Ainda assim, você está escolhendo. Escolhendo errado, claro! Mas escolhendo.

A vida tem formas estranhas de nos mostrar o que estamos fazendo conosco. Às vezes ela usa a família, outras um chefe medíocre, outras aquela criatura que você até então chamou de “amor”, mas que não passava de uma curva de rio.

Mas a verdade é que independente do sofrimento atual existe algo maior por detrás disso tudo.  Existe alguma coisa sendo sussurrada em seu ouvido que até então você se recusou a escutar. Mas que agora vem de forma escancarada, forte, de frente, atropelando, te pegando a força e te jogando contra a parede.

E agora? O que você faz com você?

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Resposta a um balão
mar 20th, 2015 by admin

Manipulação Masculina Aula1



“Palavrão não é feito pra qualquer um dizer, depende da boca e da inteligência de quem fala”. É com essa frase de nossa saudosa Dercy Gonçalves que inicio o texto dessa sexta-feira.

Já viu você desconfiada? Com ódio da criatura? Jason perto de você é criança no primeiro dia de aula. Você parte pra cima igual Minotauro. Não fica pedra sobre pedra. E depois chora e o chama de “feio”. Com bico! De pato desminliguido! Está lembrando aquela última vez, né?

Tem algumas que além de incorporar o soldado vietnamita, ainda grita, xinga, fala as maiores atrocidades, sem ao menos ter certeza de fato do que aconteceu. E você já sabe, né? Palavra proferida não evapora. Uma vez que você disse eu te amo ou vai tomar no grandessíssimo olho de vosso fiofó, já foi! Não dá mais para voltar atrás.

Portanto, primeira lição desse texto. Segure a por%$& da língua (Mamãe sorry, mas a filhinha aqui fala palavrão mesmo. Mas é só aqui. Juro!!).   E é mesmo viu, gente? Eu escracho com o palavrão aqui com vocês, nos áudios, na rádio. Com homem não se extrapola desse jeito, a não ser que a criatura mereça tomar um “VTC” na classe para nunca mais olhar na cara.

Porque sabe o que acontece mulherada? Você sai vomitando tudo, grita mais que Whitney Houston no Além (pausa para a trilha sonora…”And I….will always love you”….nesse timbre vocal). Manda o camarada para além mar. Saúda aquela doce progenitora de seu queridão com toda costumeira consideração que uma mulher tomada pela entidade de Samara do filme “O Chamado” pode conceber.

E depois? O que acontece em seguida? Olha a sua cara de mariquinha arrependida?

E o que aparece a sua frente?

Aquele dedo obsceno do Padre Quevedo afirmando imperativamente: “Você fez cag$%@! Você ultrapassou todos os limites da paranormalidade! Você é a própria maldição de Emily Rose!”. E jogue água benta, gruda a cruz na tua testa e grita “Eu ordeno em nome de Deus que diga teu nome!” (quem viu o filme “O Ritual” com Anthony Hopkins já lembrou direitinho da cena).  E você aos gritos responde na maior cara de pau: “Angelina Jolieeee”.

Não gente! Vocês sabem muito bem o que vocês fazem! (risos).

Mas qual seria a resposta perfeita então para você dar ao estrupício que a fez chegar a esse ponto? O que dizer a um homem quando você percebe claramente que tem gato na tuba, que o balão aconteceu, porém não tem provas ou não tem certeza o que de fato está acontecendo?

Titia ensina! Você dirá apenas uma palavra, que expressará cinismo, classe, inteligência, perspicácia e “escuta aqui seu miserável desgraçado” igual à Rainha Elisabeth despachando no castelo de Windsor: “ENTENDO”.

A palavra é essa e só essa: Entendo.

E qual tom de voz? O mesmo que você diz “Um pão francês na chapa e um expresso”.

Nessa hora você notará claramente que ele ficará desnorteado. Sem rumo. Sem controle. Com cara de quem será esfaqueado a qualquer momento. Capaz até de ele olhar para suas mãos para ver se não tem uma machadinha!

Ficará claro que apesar do discurso brilhantemente digno de Steven Spielberg você captou perfeitamente tudo o que aconteceu. E o melhor de tudo não se abalou. Não gritou. Não disse um palavrão. Não questionou. Nada! Absolutamente nada!

O bicho vai ficar tão acuado que ali naquele momento ele compreenderá que com você dois paus não se faz uma canoa!  E que água benta não exorciza!  E que ele está sim na mira de uma bazuca apontada bem no meio das pernas, pronta para cumprir seu propósito: Exterminate!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

A Vitória por trás da Desilusão
mar 3rd, 2015 by admin

Radio15022015ArmadilhasMasculinasComprarRadio22022015

Qual de nós já não sofreu? Qual de nós nunca teve aquela sensação do pior pra sempre forever?

Minhas lembranças católicas teimam em vi a tona, afinal foram anos e anos de estudo de passagens, parábolas, milagres e versículos. Lembro-me de uma em especial que quero citar aqui:

“Todo vale será exaltado e todo monte e outeiro, abatido; o torto far-se-á direito e os lugares escabrosos, planos”. (Isaías 40:4).

O que isso significa em sua vida agora?

Que mesmo encontrando-nos num “vale” de profunda amargura e desespero, temos que de alguma forma procurar a tal figura de D(eu)s em nosso interior. E é justamente essa figura do Eu Maior presente em qualquer criatura, que fará com que compreendas que os acontecimentos externos, ou seja, essa realidade externa que enxergas com teus olhos físicos, não são de fato responsáveis pelos sentimentos experimentados por você nesse momento.

Eu sei o quanto é difícil olhar para o sofrimento que está impregnado justamente agora em seu peito e pensar “Mas como saio disso?”

E é aí que vem a chave para tudo: A inteligência infinita, o Poder Universal que rege o que chamamos de “realidade física” tem a capacidade de nos revelar a saída. E para qualquer coisa! E chega a assustar!

E como começamos? Como podemos mudar o que estamos vendo e não estamos gostando, a grande maioria me pergunta.

Eu gostaria que você lesse com atenção os pontos abaixo, pois são primordiais para sua real mudança e dessa forma a mudança efetiva em sua realidade a ser vivenciada.

Tente seguir os passos abaixo mesmo que despretensiosamente, mesmo não acreditando, mesmo tendo que fazer uma força imensa. Difícil? Trabalhoso? Até para nascer é trabalhoso, certo? Então vamos lá!

Para anotar no caderno, na tela do computador, na geladeira e colocar no meio do livro de cabeceira:

1)      Mude sua visão sobre algo que não lhe parece bom em sua vida e note como esse começará a se modificar. Não julgue. Apenas mude a visão. Qual visão? Qualquer uma diferente dessa atual;

2)      Existe um modo certo e outro que chamamos de “errado” para usarmos nossa mente. Seu trabalho consiste utilizar o modo que é o “certo” pra você. Nem que pra isso você tenha que ir contra família, amigos, sociedade e religião. E como saber qual é o jeito certo? Simples! Aquele que a faz se sentir bem e em paz;

3)      Sempre que tiver um problema, uma grande dúvida ou um impasse invoque a inteligência infinita do universo que se encontra pulsando dentro de você, apenas a espera de seu “start”. Você pode a qualquer momento invocá-la e permanecer em silêncio por alguns instantes, identificando dessa forma o “milagre” das inúmeras portas de saída que existem para cada caso;

4)      Seja grata por tudo o que a cerca. Até mesmo as pessoas que de algum modo e em sua inevitável ignorância e burrice tentam em vão roubar-lhe o que existe de mais precioso em você: Sua paz. Compreenda que são apenas pessoas, assim como nós, porém invadidas por insatisfações tão delirantes, que perderam até mesmo o sentido da vida que é sermos felizes;

5)      E para fechar, forme uma imagem em sua mente e assista ao SEU FINAL FELIZ. Imagine diariamente por apenas cinco minutos você satisfeita por seus sonhos já estarem sendo concretizados e você já planejando seu próximo intento. Apenas sinta o prazer em seu corpo e deixe o restante do trabalho a quem é de direito. Sua parte é só sentir!

A vitória por de trás da desilusão está justamente em nossa capacidade infalível de nos colocarmos em pé a cada tombo. E não é o que fazemos desde bebês? E ainda estamos aqui, não estamos? E seja onde for, aqui, lá, depois do “lá”, ainda estaremos conosco por toda eternidade.
********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

O que é a dor?
jan 8th, 2015 by admin

A dor funciona como um desfibrilador. Na hora em que é acionado dói, assusta, chacoalha, mas é primordial para fazer nosso coração pulsar novamente. Com a dor é a mesma coisa. Ela é primordial para nos colocar de volta no caminho daquilo que tanto desejamos.

Não quero dizer aqui, que sentir dor seja algo bom, divino, até mesmo um ato heroico, digno de aplausos. Porque vamos dizer o que é verdade, brasileiro adora uma desgraça para aplaudir a dor alheia. Não existe vitória ou glória na dor! Absolutamente!

Mas sem ela, seria impossível para nós humanos, imersos nessa camada densa chamada de “corpo”, compreendermos o que estamos fazendo conosco.

Doeu? Ok! Então diga a você mesma: “Eu entendi. Estou fazendo algo de errado comigo. O que será? Estou pensando algo que me desenvolvem sensações dolorosas? Estou me colocando em uma posição de menos valia? Estou permitindo ser invadida, insultada, pisada ou humilhada? Por quê? Por quem? Como?”

A vida é simples! Nosso corpo é uma máquina perfeita, funcionando na mais perfeita ordem. Ele é tão avançado, que deixa para trás qualquer aparelho tecnológico recém-lançado. É dotado de todos os artifícios capazes de dar-lhes todas as coordenadas às quais necessitam para desenvolverem o que vieram fazer aqui: Dominar a matéria.

Teu corpo a protege, a avisa, a alerta, condensa sua energia, guarda todos os seus “eus” e o permitem que falem todos ao mesmo tempo!

Ninguém veio para cá para sofrer, para resgatar não sei o que do passado. Nada pune ninguém.  Só o que existe é vibração e atração! O resto é trama de novela!

Logo, olhe para sua dor agora. Seja ela qual for! Por qual motivo for! Seja por quem for!

Ela é apenas um indicativo. Uma bússola dizendo: “Presta atenção criatura no que você está fazendo com você. Olhe! Mude a direção! Você está justamente na direção oposta do que você está querendo! Atenção! Acione o estabilizador, pois você entrou em uma turbulência! Saia dela! E arrume esse cabelo que está ridículo! Passe um batom demônia!”.

Por favor, identifique o que sua dor aí dentro quer tanto lhe mostrar. Seja uma boa aluna! Não perca tempo com coisas que a estão tirando do caminho você escolheu lá atrás. Se for uma pessoa, largue essa pessoa. Se for uma situação, saia dela!

Você sempre pode mudar tudo. Fazer tudo diferente. Ser outra pessoa, a partir do segundo seguinte! E pensem o que quiserem, achem o que bem entenderem. Afinal, eles não estão no seu corpo. Seu corpo é seu! Ele já foi habitado por você. Logo, quem sabe de sua vida e o que pode ou não ficar aí, é apenas você.

Opte por você!
********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

MateaFadaGeleiaComprar

 

Você quer mudança ou mão na cabeça?
nov 5th, 2014 by admin

Sabe o que eu comecei a notar ao longo desse tempo? Que muita gente vive na mutreta. Quer a mudança na cabeça, no para fora, para parecer ser aos outros, mas na verdade mesmo não quer mudança alguma. Quer na verdade que eu passe a mão na cabeça, conforte, apoie e coloque pra cima.

Isso é mudança, eu pergunto? Que falsa mudança é essa que na primeira adversidade, esquece tudo o que aprendeu e surta?

Não que eu também não tenha meus momentos de surto, raiva, vontade de fazer picadinho das pessoas e etc., mas isso dura apenas alguns poucos momentos. Eu tenho cabeça psica igual a todo mundo e ela não funciona diferente da sua. Assim que algo não muito agradável acontece, ela sai igual a uma cadela desvairada latindo todas as catástrofes que irão acontecer caso eu não corte meu próprio rabo.

A minha também faz isso, acredite! E não dá para fazê-la calar. O que eu faço? Simplesmente aceito esse pensamento. Eu o valido como qualquer outro. Porém olho para a outra porta e penso: “Se existe essa saída catastrófica que minha mente esta trazendo de acordo com ensinamentos que aprendi ao longo de minha vida, com a mais absoluta certeza existe mais de 100 mil maneiras de resolver essa mesma situação de outro jeito que eu nem imagino. Mas que existe, ah isso existe. E mesmo que seja algo realmente grave (que na maioria dos casos não é!), o que é essa “coisa” insignificante perto de toda minha eternidade? Qual é a real importância dessa pessoa ou dessa situação ao longo de minha jornada infinita de vivências e experiências? Nada! Um cisco! Nada versus nada! Totalmente descartável!”

Compreenderam o raciocínio? Nada tem tanta importância assim frente a tudo o que você ainda pode viver, criar, experimentar, seja aqui nesse planeta ou em outro lugar. Sei lá! Você se acabando de chorar por causa desse “MC Guime”, e lá no outro planeta que você irá fazer uma visitinha os homens parecem uma mistura de Aristóteles Onassis (Conta bancária), com Brad (a carcaça), Alexandre Frota (o pinto claro) e Bill Gates (a cabeça). Já imaginou! Posso ir agora? Já estou lá!

Quer mudança? Então faça por onde! Quer outro tipo de vida? Então mude a sua forma de ver as coisas! Pânico? Medo? Jogue fora! Além de não ajudá-la, a bloqueia e bloqueia o fluxo de suas coisas!

Se eu passo a mão na cabeça? Até passo! Mas eu quero ver a reação, eu quero ver a recuperação e acima de tudo quero ver a sua vontade de botar para quebrar.

ATENÇÃO: PESSOAL É AMANHÃ A PARTIR DAS 9H00 QUE O BANNER DIRECIONANDO PARA A LOJA VIRTUAL ESTARÁ DISPONÍVEL. O CARRINHO DE COMPRAS FICARÁ HABILITADO DO DIA 06/11 À 14/11 PARA QUE TODOS QUE EFETUARAM A COMPRA POSSAM EFETIVÁ-LA COM TRANQUILIDADE E SEM PÂNICO. A PARTIR DE 18/11 SERÁ MINISTRADA A AULA INAUGURAL E, PORTANTO PRECISO DE TODOS JUNTOS. AS AULAS FICARÃO DISPONÍVEIS 24 HORAS POR DIA 7 DIAS POR SEMANA, DURANTE DOIS MESES APÓS O TÉRMINO. PORTANTO BASTA QUE VOCÊ PROGRAME UMA HORA DE SEU TEMPO PARA ASSISTIR AOS VÍDEOS E COLOCAR EM PRÁTICA O QUE VAMOS DISCUTIR.

QUALQUER DÚVIDA, NÃO DEIXEM DE ENTRAR EM CONTATO COM O financeiro@fazerumhomemcorreratras.com.br.

********************

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7ModusComprar

Em que momento você apagou sua luz
jul 8th, 2014 by admin

Problemas e situações desagradáveis acontecem? Aos montes! Pessoas que odiamos e somos obrigadas muitas vezes a conviver? É igual banana, vem de penca! São namorados que nos decepcionam, são situações que nos jogam lá para baixo, são pessoas que destroem nossa autoestima e por aí.

Mas será que o que acontece em volta de nós tem a capacidade de apagar nossa luz? Ou será que somos nós mesmos que fazemos isso?

A mágoa está ai? Até está! Quanto tempo ela vai ficar? Depende. Não sabemos. Algumas em uma semana já se levantam outras dois anos, ou até mais.

Mas se tudo ocorre fora, se aí dentro você continua sendo você, intacta e intocável, porque você apaga sua luz? Porque você se abandona? Porque você larga tudo?

Claro que bem no começo não temos a vontade de fazer nada mesmo. Nossa única vontade é ficar na cama. Mas depois de um tempo nos parece que tem algo que insiste em nos impulsionar para cima e para frente.

Você acorda pela manhã e aquele maldito passarinho está cantando. O sol continua brilhando. O lixeiro continua passando. O mundo não parou! O Universo continuou se expandindo. E algo dentro de você incomoda, aperta, parecendo dizer “vai…vai…vai…”.

Mas você não quer ir. Você quer ficar. E na cama preferencialmente, toda coberta.

E então você percebe que a única coisa que você tem o controle, é de sua própria vida mesmo. O curso dela para direita ou para esquerda, para cima ou para baixo é seu. Você pilota! Você controla! E você muda a hora que quiser!

Engordou 10 quilos? Emagreceu 12? Desistiu de sua profissão, pois descobriu que odeia o que faz? Não vê qualquer perspectiva de felicidade? A vida perdeu a graça?

Não tem problema! Nada disso é problema! Sua alegria de viver pode voltar a qualquer momento. Imagine “Brad” vindo em sua direção e dizendo “I Love you, please come with me to Beverly Hills”. Ou Príncipe Harry dizendo “Grandma (ele falando para a Rainha) I’m falling love for a Brasilian Woman”. Imaginou? E ai? Qual foi a sensação? Dá uma coisa boa, não é mesmo?

O que comprova que mulher fica infeliz até a página dois. Ou melhor, até outro Cristo aparecer. Se aparece uma “carninha” igual, ou melhor, pronto! Problema resolvido!

O que eu estou querendo dizer é: Retome sua vida, segure as rédeas dela e de seu destino novamente. Deu tudo errado? Ok! Vamos fazer diferente então. Vamos mudar de emprego. Vamos mudar de área. Vamos mudar de homem. Mudar de casa. Mudar de cidade. Mudar de país. Você é a única pessoa que pode fazer alguma coisa por você. Eu posso até falar, explicar e dar o caminho das pedras. Mas o caminhar é só seu. A velocidade de suas passadas, apenas você poderá controlar. Eu sou apenas uma coadjuvante. Alguém que está dizendo que dá sim para mudar tudo. Que dá sim para deixar para trás todo o sofrimento, toda decepção e toda mágoa e criar uma nova estória. Vamos começar?

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ProsperidadeComprar

Só mudamos à beira do abismo
mai 28th, 2014 by admin

Outro dia estava assistindo a um filme chamado “O dia em que a Terra parou” com Jennifer Connelli e Keanu Reaves.  Inspirado no filme original feito em 1951, The Day The Earth Stood Still é um filme norte-americano que mostra a situação de uma invasão alienígena ao planeta Terra.

Em uma família normal, uma mulher é capturada pela polícia e levada para uma reunião com outros cientistas.

O objetivo é anunciar que em algumas horas, algo, semelhante a um asteróide se chocaria com a Terra, e estava se movendo rapidamente, o que dificultava a detenção do objeto misterioso.

Na verdade, o suposto asteróide era um globo gigante que fez um pouso suave no Central Park, em Nova Iorque. De dentro do globo, sai um homem e um robô gigante. O homem, (Klaatu), levou um tiro ao sair, mas recuperou-se e foi interrogado horas depois.

Depois desse dia, outros pequenos e grandes globos pousaram na Terra.

Helen Benson (Jennifer Connelly) é uma cientista que mantém contato com Klaatu (Keanu Reeves), um alienígena que veio à Terra para alertar sobre uma crise global. Ele deseja conversar com os líderes globais mas, por ser considerado hostil, passa a ser ameaçado pela humanidade.

Mas o que me chamou atenção no filme foram algumas frases muito bem colocadas, além de situações que demonstram claramente o funcionamento das leis da natureza e as leis do universo. Uma das frases é o título desse texto.

E se você parar para pensar verá que tenho razão, afinal quando foi que você realizou mudanças significativas em sua vida? Eu posso responder por mim, mas acredito pelos meus estudos e observações acerca do comportamento humano, que se trata de algo presente em todos de nossa espécie.

Veja que enquanto está tudo bem, ou seja, a vida está indo as mil maravilhas, nós permanecemos no mesmo estado. Nós não somos impulsionados para as verdadeiras mudanças que sabemos que precisamos fazer. Temos uma tendência a permanecer no que já é conhecido, no que é sabido, no que é aparentemente e ilusoriamente seguro.

Vejo constantemente pessoas que começam a estudar as leis do universo, iniciam sua aplicação prática e quando sua mudança de vibração inicia um processo de alinhamento com outro canal, procedendo dessa forma as mudanças necessárias para o fluxo da prosperidade, a tendência é o medo, o pavor, é achar que está dando tudo errado, quando na verdade são apenas ajustes sendo realizados.

Em outras palavras, quando justamente as leis começam a funcionar através de você iniciando mudanças muitas vezes até drásticas, temos a sensação de que tudo está fora de controle, que não está nada certo, que a vida não presta, que nada dá certo pra gente, que tudo é injusto, quando na verdade você está sendo apenas transferida de um local que não combina mais com sua vibração atual.

E isso acontece na vida profissional, afetiva, financeira, social, enfim, em várias áreas de nossa vida.

Quer ver um exemplo? Você estava marcando passo naquele empreguinho medíocre durante anos. Então você começa a aplicar a lei, muda a vibração e então você é demitida. Num primeiro momento você amaldiçoará o Universo, Deus, Einstein, e a árvore genealógica completa de seu chefe. Mas veja, como a lei da prosperidade pode ser aplicada, fazendo com que você ganhe mais, mude de vida, se você não larga o osso?

E na vida afetiva? A mesma coisa! Se você se coloca em outra posição, sai do paninho de chão e senta no trono de rainha, aquele estrupício que você chama de namorado de repente não te serve mais. Você precisa de um George (Clooney) em sua vida. Mas não! É claro que você prefere se acabar de chorar pelo motoboy (nada contra a motoboy)!

E então? Você vai confiar de verdade? Ou vai colar as placas frente à primeira mudança? Vai esperar estar com a corda no pescoço ou à beira do precipício para mudar?

Siga-me no twitter: @menruntoyou

Defesas_EnergéticasConsultoriaComprar

SaberDizerNaoComprar

FiqueporcimacomprarHomemComprarIIModusComprar

Não se permita ser “jantada”
dez 30th, 2013 by admin

Você se permite ser jantada? E usada e abusada?

Não reparou que de repente é justamente isso que andam fazendo com você? Até quando?

Vai lá, pegue um pouco de farinha e misture aí para que terceiros a fatiem como se fosse um belo filé! Se dê inteira de bandeja! Que valor é esse que você tem para você? Sim, pois o valor que você acredita que tenha é só o que importa. O que os outros acham ou pensam ou sentem, verdadeiramente não importa de fato. Não adianta todo mundo dizer que você é ótima, se você se acha uma porcaria!

O  que eu mais vejo nessa década é o pisoteamento em massa de mulheres. Nunca as mulheres foram tão massacradas, tão desvalorizadas e até mesmo desrespeitadas. E por homens tão desqualificados, tão “Zé-ninguém”, tão estrupícios, tão…tão…

E o pior não é isso! O pior é que essas mesmas mulheres olham para esses homens veem um Deus! E por mais que tentemos abrir os olhos e dizer que elas estão acima deles, elas não acreditam! E por quê? Porque elas foram condicionadas a acreditar piamente que estão abaixo deles, que são menos inteligentes, menos capazes e, portanto passíveis de qualquer tipo de tratamento.

Deixe qualquer pessoa invadir sua vida, para que você seja “jantada”, ali a sangue frio, devorada viva sem cerimônia! E essa pessoa vai cortá-la em pedacinhos, come-la vagarosamente, retirar toda a sua energia e depois ainda fazer você acreditar que “não foi suficiente”.

Será que você já escutou essa frase antes ou teve essa sensação? Sabe essa sensação de que por mais que você esteja fazendo, ou tentando controlar, ou tentando segurar, ou tentando prender, ainda assim não é o suficiente?

Que tal parar! Que tal largar! Isso é vida? Viver a mercê de uma ligação, uma mensagem, imagens de face book é vida? Olha bem, no que você anda se aprisionando. E é você quem está se colocando nessa prisão. Você está se colocando nessa posição, por livre e espontânea vontade. Chega! Diga chega!

Permita-se ter um novo ano, uma nova vida, uma nova você, novos interesses, novos sentimentos, uma nova paz de espírito, um novo corpo, um novo coração. Meio remendado, mas mesmo assim novo coração!

Se você continuar nessa moleza toda, ele não vai valoriza-la, pois afinal homem só respeita mulher forte e firme. Fada geleia não é levada a sério! E por favor, não lave a roupa e nem faça faxina a casa dele! Você não é mãe dele! Seja CAFA nunca geleia! Seja prostituta nunca a mãe!

Cafa é admirada, mãe empregada é facilmente trocada. A Namorada Prostituta é desejada, porém a Namorada Geleia é totalmente desvalorizada.

Qual você escolhe?

Siga-me no twitter: @menruntoyou

ConsultoriaComprar

Por quem você anda sofrendo?
set 24th, 2013 by admin

Registre-se no meu ao lado para receber a Newsletter diária

   

ATENÇÃO: PARA QUEM SE CADASTROU NOVAMENTE NO BLOG E NÃO RECEBEU A SENHA, INFORMO QUE A PARTIR DE AGORA, BASTA NA TELA DE LOGIN, CLICAR NA OPÇÃO “PERDEU A SENHA” E PREENCHER O E-MAIL DE CADASTRO”. O SISTEMA ENCAMINHARÁ UM NOVO E-MAIL.

Olha hoje eu vou falar! Vou falar tudo aqui e você vai ler com muita atenção! Porque quem você anda sofrendo hein? Vamos falar a verdade aqui!

Olha só a estirpe do ser:

1)      Ele não tem dinheiro (só por aqui eu já pararia…rs)

2)      Ele a faz de marionete. Ora ele quer, ora ele não quer. E você tem que estar à disposição dele, quando ele quer? Mas é claro que você está! Nós duas sabemos como a coisa se procede!

3)      Ele prefere ir beber com os amigos e a larga em casa sem qualquer cerimônia. E olha que não é algo esporádico e sadio. Não! Ele a larga em pleno final de semana!

4)      Ele diz na sua cara sem pestanejar, que “se você quiser é assim que será”, “que ele não corre atrás de mulher”, “que mulher tem de monte por aí”, “que se você não quer tem um monte que quer” entre outras pérolas. E você ainda tem a coragem de me dizer que “ele é muito orgulhoso”.

5)      Ele tira fotos na frente do espelho para postar em redes sociais.

6)      Ele paquera outras mulheres na sua cara e ainda a chama de “ciumenta maluca”.

7)      Ele envia fotos de mulher pelada e adora ver sua cara de insegurança.

8)      Ele joga vídeo game 24 horas por dia e ainda acha ruim quando você o interrompe.

9)      Ele diz que não sente mais o mesmo por você sem rodeios e ainda sugere terem um raio de um tal de relacionamento aberto, afinal ele precisa de sexo de vez em quando e nada como ter uma “cama” conhecida.

Está bom ou você quer mais?

E você? Como fica no meio disso tudo?

Eu digo: Chorando, sofrendo, estressada, angustiada, agoniada, com medo, em pânico. E por quem mesmo? Por “aquilo”, por “aquele” corpinho ridículo que você bem sabe que ele tem. Por aquela canela seca! Por aquele traseiro seco! Por aquela coisinha desmilinguida!

Quer sofrer? Sofra! Mas sofra com dignidade! Sofra pelo Eike Batista, pelo Hugh Jackman, pelo Popeye ou pelo Superman.  Mas não por um pobre coitado, requenguelo que não tem nem onde cair morto!

Vamos falar aqui o que é verdade: Eu prefiro chorar numa cama King Size, numa cobertura de frente para o mar, bebendo uma garrafa de proseco, do que sofrer num quarto e sala, em cima de um sofá-cama velho e rasgado. Ah, eu sou bem prática!

O pior não é isso! O pior é que você realmente acredita que ele seja a oitava maravilha do mundo. Todos olham e se perguntam o que foi que ela viu nele? Mas você enfiou na cabeça que ele é tudo na sua vida, que sem ele você jamais sorrirá novamente, que sua vida não tem graça sem aquele estrupício do lado. E agora? O que eu tenho que fazer para provar que homem tem de penca e de monte? Que ele é só um dentre os 20.000 que o Universo alinha com você nesse instante?

Com o que você anda se alinhando ultimamente? Ele é um traste? Então você está se alinhando com trastes! É simples assim!

Eu só me alinho a geração Eike Batista! (risos)

Para todo o resto de trastes de plantão eu só digo um mantra maravilhoso que eu aprendi que diz o seguinte: PASSA DAQUI! Isso mesmo! PASSSSSAAAAA DAAAAAQUIIII! (risos)

Que tal começar a seguir esse mantra espetacular e começar a trazer para sua vida homens que valem a pena? Está em suas mãos! É você quem traz para sua vida essas experiências, não é Deus! Ele não foi enviado por Deus! Foi só você quem trouxe para perto! Sendo assim, também tem o poder de mandá-lo para bem longe.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

Registre-se no site para receber os posts no menu ao lado!

O que não fazer no primeiro encontro?
set 22nd, 2013 by admin

Registre-se no meu ao lado para receber a Newsletter diária

O primeiro encontro é um tema que causa muitas dúvidas em nós mulheres, tanto para a roupa que devemos usar, como nos comportar, que lugar ir, o que podemos falar ou não, o que podemos perguntar ou não, ser mais santinha ou safadinha, enfim, quase surtamos.

Pois bem. Pensando em ajudá-las de forma direta e clara, criei as 10 regras básicas para garantir vários outros encontros e engatar um namoro rapidinho.

Vamos a elas:

Regra Número 1: Sorria, mas não gargalhe como uma hiena

Uma mulher que sorri com facilidade envia a mensagem que está feliz com ou sem ele. Isso para um homem soa como um “sonho”, pois ela já se sente feliz consigo mesma e, portanto mais interessante aos olhos dele.

Mas por favor, não gargalhe alto, escancarando os dentes e mostrando a garganta. É horrível! Medonho! Se ele disser algo muito engraçado, sorria gentilmente, mas sem gritos…credo!

Regra Número 2: Se vista sensual, mas nunca vulgar

Sabe aquela regra básica? Se mostrar em baixo, esconda em cima e vice-versa? É isso mesmo, principalmente em um primeiro encontro.  Se você optou por uma saia curta, por favor use uma camisa comportada. Se preferir valorizar o busto, então coloque uma saia ou calça mais comportada.

Uma mulher que se veste de forma vulgar, ou queria mostrar demais logo de cara, passará qual mensagem a um homem? Acertou quem disse: “Sou fácil, não me dê valor, trata-me como um lanchinho”.

Você quer ser respeitada, considerada, tratada como uma dama, logo, se vista como tal.

Regra Número 3: Seja leve e não uma metralhadora

Procure conversar sobre temas leves. Nunca vomite seus problemas, seu chefe grosso, sua família problemática, seus filhos adolescentes, a falta de dinheiro, sua barriga, seu traseiro, a plástica que gostaria de fazer, muito menos a sua nova dieta que corta carboidratos.

Afinal você é uma mulher troféu. E uma mulher troféu não vem com um caminhão de problemas, apenas com boas sensações, certo?

Regra Número 4: Sem detalhes de suas relações passadas

Se em algum momento ele perguntar sobre seus ex, apenas responda de forma sucinta da seguinte forma: “Optamos por caminhos diferentes, mas ele é uma ótima pessoa”. E ponto final! Nada de ficar contando as traições, a mediocridade dele, o desrespeito, nem nada parecido.

Falar de relações sexuais então está fora de cogitação. Afinal você é praticamente virgem!

Regra Número 5: Não invada a privacidade dele

Não faça um questionário como se fosse interrogatório, muito menos não faça perguntas pessoais que possam provocar dúvida referente ao seu caráter, exemplos: Quanto você ganha? Seu carro está financiado? Você tem casa própria? Você pensa em se casar? Quantos filhos quer ter? Prefere menino ou menina?

Regra Número 6: Vá a um lugar tranquilo

Na hora de decidirem aonde ir, opte por um lugar tranquilo onde possam conversar, sem música alta ou aglomeração. É importante nesse momento criar uma ligação entre vocês dois e em uma balada será impossível.

Regra Número 7: Cuidado com comidas e bebidas

Se forem a um restaurante muito cuidado com o que vai pedir para comer. Evite comidas que tenham muita salsinha ou qualquer “verdinho” solto. Isso pode ser desastroso. Imagine, você sorrindo com um objeto verde não identificado no dente. Mico né!

Cuidado também com comidas difíceis de comer, como empadas, asinha de frango, ou espaguete ao molho ao sugo.

Para bebidas, espere que ele ofereça primeiro. Não vá pedindo um vinho caro se você não sabe se ele tem dinheiro para pagar. Se ele não disser nada, opte primeiro por um suco. Não tem erro. Se depois ele quiser pedir algo mais caro, ele oferecerá.

Regra Número 8: Controle seus impulsos calientes

Sexo em um primeiro encontro está fora de cogitação. Antiquado? Pode até ser. Mas estou aqui para garantir a continuidade do relacionamento de vocês e não para ficar filosofando sobre feminismo. Então, contente-se com um beijo mais light de cara, seguido por um beijo mais profundo alguns segundos depois. E tchau! Adorei a noite, você é muito divertido e aquele abraço!

Regra Número 9: Não pergunte quando ele ligará

Essa agora é só para as poderosas. Quer deixá-lo com a pulga atrás da orelha e olhando para você como se fosse a última mulher na face da terra? Então apenas despeça-se com um forte abraço e diga que adorou a noite.

Não pergunte quando se encontrarão novamente. Não pergunte quando ele irá ligar. Nada!! Dê um sorriso maroto e entre na sua casa com convicção.

Advinha? Seu telefone irá tocar antes de você imaginar, ou ele mesmo antes que você entre já perguntará quando vocês podem se encontrar novamente.

Regra Número 10: Não ligue pra ele de forma alguma

Você acordou no dia seguinte com sensação de “tá dominado, tá tudo dominado”, porém as horas vão passando e seu telefone está num silêncio sombrio. A agonia só vai aumentando e os piores pensamentos começam a assaltar sua mente.

Querida, acalme-se. Muitos homens, diria 90% deles fazem isso. É o famoso tempo de carência que eles costumam dar para as mulheres e eles fazem isso por vários motivos, exemplos: Não querem que você pense que ele está de quatro, Querem que você fique desesperada pensando porque ele não ligou e etc.

Portanto, nunca ligue se ele não ligar. Espere calmamente. Tome um chá de camomila ou um calmante. Acredite, ele ligará. E quando isso acontecer, não pergunte por que ele demorou tanto para ligar. Apenas aja calmamente e seja gentil.

Abraços a todas!

Siga-me no twitter: @menruntoyou

Registre-se no site para receber os posts diários clicando aqui!

Não seja mulher lanche
set 22nd, 2013 by admin

 

Registre-se no meu ao lado para receber a Newsletter diária

Tenho visto e ouvido muitos casos de mulheres que se sujeitam a ser “lanchinho” de homem. Eles ligam para elas uma vez na semana para “sair”, ou melhor, para terem sexo. Isso mesmo, sexo, sem rodeios. Alguns ainda floreiam, contam uma estória do tipo “senti sua falta” ou a máxima “estou com saudades”, mas a verdade é uma só, por mais dolorida e triste que ela seja: Ele só quer sexo.

 

Minhas queridas amigas acordem enquanto é tempo! Não percam vosso precioso tempo, com homens desse tipo. Não seja uma mulher lanche!

 

Eu pergunto: Você se sente feliz assim? O que ele te dá te basta? Seus desejos e anseios se resumem há apenas algumas poucas horas por semana?

 

Então, continue assim…

 

Agora, se sua consciência, seu coração e sua alma dizem, pedem, imploram para que você pule fora, pois isso não está certo, não vire as costas para tais sentimentos. Escute o que sua alma diz. Ela sempre está certa. Sempre! Não vá contra suas convicções, seus sonhos, quem você é apenas para manter uma pessoa ao seu lado que em troca apenas lhe joga migalhas.

 

Outro dia uma amiga chorava porque seu “ficante” não queria assumir um relacionamento com ela. Quando digo relacionamento, digo namoro e não noivado ou casamento. Sim, um simples namoro. Isso porque eles já estavam nessa a mais de um ano. Ora um ano? Pouco tempo né? Se você assentiu com a cabeça positivamente, sinta-se estapeada.

 

Um ano já é tempo praticamente suficiente pra ele a pedir em casamento!!!! Agora, por qual motivo ele irá querer namorar ou assumir algo mais sério, com uma mulher que aceita tudo? O sexo é fácil, gratuito, sem esforço. Para que ele irá se esforçar? Estão captando onde quero chegar com essa conversa?

 

Sendo assim, se você tem dúvidas, se é um lanche ou uma candidata a namorada, ou ainda tem dúvidas, se seu relacionamento está fadado a virar Mac Donalds, no próximo post descreverei todas as regras e artimanhas para não cair nessa.

 

Regras para não ser lanchinho e virar namorada.

 

Regra Número 1: O Prazo

 

Um homem terá vontade de assumir uma relação mais séria, entre 3 meses a 6 meses. Isso significa que nos primeiros três meses ele estará ainda pensando o que de fato pode arrancar de você gratuitamente e até onde ele pode ir isso inclui esforço ou total falta de respeito. Afinal ele é homem e por via de regra são todos sonsos por natureza. Se após seis meses ele ainda continuar com as saídas semanais esporádicas, sem ainda ter tocado no assunto de você sair só com ele, não ficar no final de semana com você e não te ligar frequentemente, já afirmo: Ele não quer nada com a hora do Brasil, a não ser que você estenda uma mão de “PARE” como um guarda de trânsito e o faça entender.

 

Regra Número 2: Antes de três meses seja leve

 

Nos três primeiros meses, nem pense em tocar nas palavras Namoro, Relacionamento, Noivado, Casamento, Filhos e afins. Qualquer dessas palavras mágicas acionará um interruptor de “pane” na cabeça do infeliz e ele sairá correndo.  Saia com ele, ria, brinque, mas nunca toque no assunto namoro, nem por brincadeira. E se ele por acaso perguntar o que você acha sobre namoro e casamento, faça uma cara de “pensadora filósofa” e responda: “Acho você incrível…quem sabe…veremos”. E ponto final! Deixe-o pensar o que quiser e mude de assunto imediatamente.

 

Agora você deve estar se perguntando: “Mas porque eu tenho que agir assim?”

 

Simples! O que ele espera que você faça é saltitar num pé só como um saci pererê, quando ele tocar no assunto namoro. Só que ao contrário disso, você apenas considerará a hipótese calmamente e mudará de assunto, afinal ele não é tão maravilhoso assim e você não entrega seu coração de bandeja a qualquer um.

 

Veja não se trata de estratégias, mas de fato ter a verdadeira noção de quem você é e o que de fato quer para sua vida. E nos três primeiros meses você ainda não sabe onde está se metendo, certo?

 

Regra Número 3: Ao menor de desrespeito, cartão vermelho nele.

 

Vocês se conheceram a algumas semanas, se encontraram algumas vezes e agora você esperava que ele a convidasse para sair no final de semana, mas, no entanto, ele te convida no meio da semana. Ok! Até aqui tudo bem. Vocês saem e é muito bom, porém ele diz que nesse final de semana terá que ir a um evento de família e combina de se encontrarem na próxima semana. Ok também! Você pensa tudo bem.

 

Na outra semana, ele reaparece após uns três dias sem dar sinal de vida e a convida novamente para saírem. Vocês se encontram, é ótimo, mas ele diz que no final de semana vai viajar. Atenção ligue seu radar! Diga que tudo bem, não demonstre nenhum sinal de decepção. Só que na próxima semana, quando ele ligar convidando-a para sair, diga que está muito ocupada, mas que estará no final de semana livre e espere a reação dele. Se ele disser que no final de semana pra ele também estará difícil, apenas diga em tom passivo o seguinte: “vamos deixar para a próxima semana então” e se despeça de forma delicada.

 

Veja você não fez qualquer pergunta, não cobrou, não fez biquinho, muito menos cara de emburrada, mas apenas deixou claro que você não é uma idiota, que se ele quiser ter o prazer de sua companhia, então é melhor se esforçar, pois você não tolera mediocridade.

 

Regra Número  4: Não aceite se encontrar com ele após as 22 horas.

 

Caso ele ligue após as 22 horas querendo se encontrar com você, diga que está cansada e que já estava se preparando para dormir. Diga que poderão se encontrar amanhã ou depois, mas, por favor, não se encontre com ele. Um homem quando liga para uma mulher querendo se encontrar sem marcar com antecedência e após de certo horário, acredite, boas intenções ele não tem. Por mais que se sinta tentada a encontrá-lo, se fizer isso está se desvalorizando a si própria e aos olhos dele, acabando dessa forma com o respeito que ele tinha por você.

 

Regra Número 5: Atenção, seis meses saindo com o camarada e nada?

 

Se vocês estão saindo a seis meses numa média de uma vez por semana, apenas o suficiente para transarem, ligue a sirene e saia correndo. Ele está passando tempo com você. Está te tratando como disk sexo, gratuito. Uma saída para isso? Comece a se afastar, não atenda as ligações dele, deixe que ele sinta sua falta. Uma semana de sumiço faz milagres! Quando ele vier te procurar diga que estava muito ocupada e faça cara de paisagem. Acredite, ele vai se tocar.

 

Caso ele insista no comportamento, exponha seu ponto de vista sobre a situação, de forma clara, tranquila, sem choro, sem brigar, de uma forma que ele sinta que não está lidando com uma boboca que não percebe o que ele está tentando te transformar.

 

Regra Número 6: Mesmo com gelo ele ainda insiste.

 

Você deu o gelo de uma semana, ele veio atrás e você se encheu de esperança. Quando você pensa que ele tocará no assunto namoro, ele simplesmente volta com o mesmo comportamento. Isso é muito comum. Vejo esses casos toda semana. O que fazer? Mostre que você é uma fruta doce, porém com um caroço bem duro. Como? Agora você precisará de coragem e força….veja, você esperou o prazo de seis meses, você deu um gelo de uma semana e nada mudou, sendo assim o que resta fazer? Ser clara! Mas não de forma emocional, mas de maneira firme. Apenas diga: “Olha, eu gosto bastante de você, o acho muito divertido e adoro o tempo que passamos juntos, mas obviamente acho que queremos coisas diferentes e não tem nada de errado nisso, não o estou julgando, apenas dizendo que isso para mim é pouco.”

 

Apenas isso! E espere de forma passiva e tranquila e que ele lhe dirá. Pode ser que ele diga que sente o mesmo e queira enfim acertar as coisas ou pode ser que ele diga que ainda é muito cedo, para vocês não colocarem o carro na frente dos bois, ou tente levar o que você diz na brincadeira, desvirtuando o que você diz. Em qualquer uma dessas situações, apenas reafirme o que você disse da seguinte forma: “Não quero que se meta em algo ao qual não está preparado. Mas eu quero mais pra mim.”  Diga em seguida gentilmente que precisa desligar, por qualquer motivo e corte o contato.

 

Ele ainda vai tentar convencê-la a aceitar esse joguinho sujo, ligando, mandando mensagens pelo face book, por e-mail, por MSN, mas não caia nessa.

 

Se ele quiser mesmo estar com você, terá que se enquadrar nos seus critérios. Não tenha medo. Se ele não vier atrás de você, menos mal, você descobriu logo que isso não daria em nada. Melhor do que ficar anos com uma pessoa e depois ele lhe dar um pontapé, porque outra mulher mais esperta deu o famoso “Cartão Vermelho” antes que você.

Siga-me no twitter: @menruntoyou

Registre-se no site para receber os posts diários clicando aqui!

SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance:WordPress   »  Style:Ahren Ahimsa
© Todos os direitos reservados