Seja bem-vindo ao novo Fazer um Homem Correr Atrás!

Abolição da Escravatura

RedeSocial

Hoje, 13 de Maio, gostaria de promover uma Abolição especial. Não apenas a Abolição justa que lembramos anualmente pela passagem vergonhosa de nossa história, mas propor uma nova, capaz de captar a indignação, a revolta e muitas vezes até a incapacidade de ação que muitas de nós em algum momento da vida já experimentaram.

Eu quero em primeiro lugar propor a Abolição do Pensamento de Incapacidade ou até mesmo o pensamento na falta de Força de uma Mulher! Vejo que muitas ainda se utilizam daquela velha frase aprendida que ecoa por entre vossas cabeças, que diz em uníssono “Eu não consigo”.

Essa crença cega na falta de força de mudar o que não está bom, em dar um basta em determinadas situações, em colocar para fora de vossa vida quem não abastece vossa alma de alegria, em insistir que vosso coração mudou o nome para picadeiro, em aceitar comentários desrespeitosos, mesquinhos e grosseiros.

Meu voto?

Meu voto vai para o Resgate da Dignidade de cada Mulher, de cada coração destroçado por alienígenas exterminadores do amor humano. Vai acima de tudo para o “levantar” após o centésimo tombo tomado.

Para o escalar de uma montanha tão íngreme quanto os pensamentos limitantes presentes em vossas mentes. Vai para o pulso firme, fechado, contra cada criatura que acredite ser justo o abuso e ao escangalhamento dos sentimentos alheios.

Meu voto vai para a vida. Para todo ser que anda, voa, nada, respira e porque não “rasteja” (esse último foi pra mulherada com sangue nos olhos, afinal esse texto já estava muito sério…rs).

Mas agora eu quero o seu voto. O seu voto para a sua abolição. Afinal, eu não quero aqui ninguém vivendo feita escrava. Escrava do que?

Escrava desse relacionamento, escrava desse ser, escrava desse emprego, escrava desse chefe, escrava desse modelo de barriga chapada, escrava de ansiolítico, escrava de mãe, de pai, de irmã!

Chega de escravidão! Agora você é Dona de Engenho! Uma Grande Senhora! Aquela que manda e desmanda, que faz e desfaz, que muda de direção, de pensamento e de vontade a hora que bem entender. E por quê? Porque você é a Senhora de seu Destino! Não tem ninguém comandando lá em cima! Não existe outra vontade, a não ser o seu próprio arbítrio e no que você resolve acreditar todos os dias.

Eu nunca acho que eu me prejudiquei em alguma coisa. Jamais! Eu mudei! Tudo pra mim existe uma razão de ser. Se aquilo que eu aqui na cabeça queria e por algum motivo inexplicável não deu certo, mesmo eu fazendo tudo certo, então é porque aquilo não é pra mim. Pelo menos não era da forma que eu estava conduzindo, não daquele jeito, ou com aquela empresa, ou com aquela pessoa.

Eu nunca perco! Mesmo que aparentemente e na limitação de nossos olhos físicos, pareça que sim. Eu sempre faturo, mesmo no erro, mesmo na queda.

Chegou o momento da Abolição da Mulher a esses padrões impostos sei lá por quem e em qual tempo. Eu não sigo mais padrões. Eu não aceito mais o que não faz sentido. Eu não digo amém apenas porque alguém falou ou porque estava escrito num livro. Eu testo na minha própria vida. Se funcionou, ótimo! Se não funcionou, eu jogo fora.

Isso é liberdade! Isso é a Carta de Alforria que eu concedi a mim mesma e que hoje quero que você se conceda.

Sua vez!

********************

 

Ainda não se inscreveu para começar a receber meus e-mails? Então, cadastre-se logo abaixo.

 

Siga-me no twitter: @menruntoyou

SalvandoseuRelacionamentoComprarProsperidadeComprar7

MateaFadaGeleiaComprar

 

 

 

Posts relacionados

  1. FERNANDA LARCHER, 13 de maio de 2015 - 20:12

    Fe do Ceu!!! que loucuraaaa e essa desse guia de manifestacai rapida?!rs… to aguardando os proximos capitulos da manifestacao, mas vou te contar que so a viagem astral que eu tive ja valeu, agora entendi pq esses monges vivem meditando.
    Obrigado por dividir conosco isso!
    bjos

  2. Mah, 13 de maio de 2015 - 21:11

    Fer, minha duvida é sobre carreira, trabalho há seis anos em uma empresa de militares (uma associação) meu “colega” de trabalho, que por sinal divide, a sala comigo, acessa sites pornograficos, sei pelos historicos, dividimos mesma rede, ele acessa coisas que abomino, pedofilia, tipo: garota de treze anos perdendo a virgindade, com o primo, sangrando, na bruta, morena linda seios naturais se masturbando (sou morena e seios naturais) falei p chefe antigo e nada se resolveu , estamos em periodo de transição de diretoria, oque devo fazer neste momento? sei que é ele pois não sou eu, então é ele que acessa esses sites, como devo agir? minha vontade é socar a cara dele.

    • admin, 13 de maio de 2015 - 22:09

      Mah

      Mas pq vc se importa tanto com o q ele está fazendo?
      Agora…se ele vê pedofilia…denuncie o figura aqui: http://www.dpf.gov.br….e assista ao circo pegar fogo….

      bjs
      Fernanda

  3. Renatinha, 13 de maio de 2015 - 21:11

    Bom dia!!!!
    Fer, ótimo texto, como sempre.
    Deus te abençoe.
    Bjs

  4. Lívia, 14 de maio de 2015 - 4:28

    “Quando você se ama da forma que merece, ninguém que se chega a ti, terá a audácia de te amar menos que isso.”

    Deixo aqui para as meninas!

  5. lux, 14 de maio de 2015 - 7:58

    Fer quero fazer consultoria com vc..Como que eu faço. .bjo

  6. ANY, 14 de maio de 2015 - 9:08

    Vc sempre se superando!

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *